O 4º festival CINEfoot começa com o lema “Futebol é mais que um jogo”.

Facebook.com/CINEfoot
Facebook.com/CINEfoot

A bola vai rolar nas telas do CINEfoot, festival de cinema de futebol, já na quarta edição. A sessão de abertura no Rio, nesta quinta-feira, 23 de maio, 20h30, no Espaço Itaú de Cinema, da Praia de Botafogo, faz uma homenagem a Sócrates. Exibe o filme “Os Rebeldes do Futebol”, ancorado por Eric Cantona, que tem o doutor como um dos cinco personagens (veja post anterior). E ainda tem o elogiado curta de Anna Azevedo sobre o extinto setor mais popular e folclórico do Maracanã: “Geral”. “The Heart of the Stadium”, o título em inglês, ajuda quem nunca ouviu falar em geral, que está sendo banida dos estádios, digo, arenas.
O festival CINEfoot segue no Rio até terça-feira, 28 de maio, no Espaço Itaú, no CCJF (Centro Cultural Justiça Federal), Ponto Cine (em Guadalupe) e no projeto Cinemão, em Manguinhos e na Cidade de Deus (confira aqui a programação carioca, dia a dia, sala por sala, sessão por sessão). Em 6 de junho, começa a seleção paulista do CINEfoot, no Museu do Futebol e no Espaço Itaú de Cinema da rua Augusta. Em Sampa, ai até dia 11 (confira aqui a programação de São Paulo). Durante a Copa das Confederações, rola um CINEfoot extraordinário em Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Fortaleza.

O “Mundial” de 1942 tem até cartaz oficial, no filme italiano

Tem longa-metragens como o hilário “documentário” [preste atenção nas aspas] A Copa Perdida/Il Mundial Dimenticato, curtas bacanas, trailers de novos filmes, concurso de vídeos sobre clubes objetos de paixão há 100 anos, até cópia restaurada de um clássico do cinema de futebol nacional: “Tostão, a Fera de Ouro” (que teve como trilha sonora o clássico samba “Aqui É o País do Futebol”, de Milton Nascimento e Fernando Brant). Tostão é outro dos homenageados nas noites de futebol no cinema, como os 60 anos de Zico, os centenários do clássico Botafogo x Flamengo, do título carioca de 1913 do América e de clubes como o Bonsucesso, os 80 anos do profissionalismo no futebol, os radialistas esportivos, o capitão Carlos Alberto Torres, o produtor Luiz Carlos Barreto…
Quanto custa a entrada? Nada! É de graça. Você só paga o refri, a pipoca e a camisa do seu time. Bola pro mato que é filme de campeonato. A Taça CINEfoot está em jogo para 13 filmes da Mostra Competitiva de Longa-Metragem (5 brasileiros e 8 internacionais). Participam da Mostra Competitiva de Curta-Metragem 20 filmes: 12 brasileiros e 8 internacionais. Confira os “convocados” dentro do post.

________________________________________________________________

  • FILMES SELECIONADOS / CINEFOOT RIO DE JANEIRO – 23 a 28 de maio

Mostra Competitiva de Longa-Metragem RJ:

1- A Copa Perdida, (de Lorenzo Garzella e Filippo Macelonni, Itália, 2012)

A Copa Perdida : http://www.flickr.com/photos/cinefoot
A Copa Perdida : http://www.flickr.com/photos/cinefoot

2- Bichos Criollos (de Diego Lombardi, Argentina, 2012)

Cartaz do filme “Bichos Criollos”, sobre o Argentinos Juniors

3- El Outro Fútbol (de Federico Peretti, Argentina, 2012)

4- Geral do Grêmio (de Juliano Kracker, RS, 2013)


5- Heleno (de José Henrique Fonseca, RJ, 2011)

Rodrigo Santoro como Heleno : atuação de placa
Rodrigo Santoro como Heleno : atuação de placa

6- A Vez das Mulheres (Ladie´s Turn, de Helene Harder, França, 2012)

7- Memórias do Chumbo – O Futebol nos Tempos do Condor (de Lúcio de Castro, RJ, 2012)

www.flickr.com/photos/cinefoot[/
http://www.flickr.com/photos/cinefoot%5B/

8- Montevideo (de Dragan Bjelogrlic, Sérvia, 2010)

http://www.flickr.com/photos/cinefoot
http://www.flickr.com/photos/cinefoot

9- Papão de 54 (de Alexandre Derlam, RS, 2006)

10- Pelada (de Gwendolyn Oxenham e Luke Boughten, USA, 2010)

11- Rimet – A Incrível História da Copa Do Mundo (de Cesar Meneghetti, Lorenzo Garzella e Filippo Macelonni, Itália, 2010)

Mostra Competitiva de Curta-Metragem RJ:

1- Amarildo (de Frederico Cardoso, RJ, 2013)

2- Apito (de Arne Ahrens, Polônia, 2012)

3- A Promessa de Gerônimo (de Luiz Menegaz, SP, 2013)

4- Azul (de Nina Tedesco, RJ, 2013)

5- Belo Horizonte FC (de Bellini Andrade, MG, 2012)

6- Tabelinha (Doppelpass, de Elke Weber-Moore, Alemanha, 2012)

7- O Barbeiro Futebolista (Hooligan Hairdresser, de Juan Manuel Aragón, Espanha, 2012)

8- Inesquecível (Inolvidable, de Diego Carballo e Daniel Carlón, Espanha, 2011)

9- Lila (de Sebastian Dietsch, Argentina, 2012)

10- Minha Circuncisão (Meine Beschneidung, de Arne Ahrens, Alemanha, 2013)

11- O Pai do Gol (de Luiz Ferraz, SP, 2012)

http://www.flickr.com/photos/cinefoot
José Silvério, “O Pai do Gol”: http://www.flickr.com/photos/cinefoot

12- O Travesseiro e o Escorpião (de Henrique Carvalhaes, SP, 2013)

13- Playday ( de Victor Santos, Portugal, 2012)

14- Ronaldo (de Jan Mettler e Jan-Eric Mack, Suíça, 2010)

15- Santos para Sempre na Pele (de Bruno Curti e Lorraine Lopes, SP, 2012)

16- Três no Tri (de Eduardo Souza Lima, RJ, 2013)

17- Túnel Azul (de Matias Godio e Maycon Melo, SC, 2009)

18- Um Time, 11 Judeus (de Lucas Fitipaldi, PE, 2013)

19- Zahy (de Felipe Bragança, RJ, 2012)

  • FILMES SELECIONADOS / CINEFOOT SÃO PAULO – 6 a 11 de junho

Mostra Competitiva de Longa-Metragem SP:

1- Bichos Criollos (de Diego Lombardi, Argentina, 2012)

2- Geral do Grêmio (de Juliano Kracker, RS, 2013)

3- A Vez das Mulheres (Ladie´s Turn, de Helene Harder, França, 2012)

4- Os Últimos Proletários do Futebol (Last Proletarians of Football, de Martin Jönsson and Carl Pontus Hjorthén, Suécia, 2011)

5- Memórias do Chumbo – O Futebol nos Tempos do Condor (de Lúcio de Castro, RJ, 2012)

6- Rimet – A Incrível História da Copa Do Mundo (de Cesar Meneghetti, Lorenzo Garzella e Filippo Macelonni, Itália, 2010)

7- Soberano 2 (de Carlos Nader e Maurício Arruda, SP, 2012)

Mostra Competitiva de Curta-Metragem SP:

1- Apito (de Arne Ahrens, Polônia, 2012)

2- A Procissão (de Rogério Zagallo, SP, 2013)

3- A Promessa de Gerônimo (de Luiz Menegaz, SP, 2013)

4- Belo Horizonte FC (de Bellini Andrade, MG, 2012)

5- Tabelinha (Doppelpass. de Elke Weber-Moore, Alemanha, 2012)

6- O Barbeiro Futebolista (Hooligan Hairdresser, de Juan Manuel Aragón, Espanha, 2012)


7- Inesquecível (Inolvidable, de Diego Carballo e Daniel Carlón, Espanha, 2011)

8- Lila (de Sebastian Dietsch, Argentina, 2012)

9- Minha Circuncisão (Meine Beschneidung, de Arne Ahrens, Alemanha, 2013)

10- O Pai do Gol (de Luiz Ferraz, SP, 2012)

11- O Travesseiro e o Escorpião (de Henrique Carvalhaes, SP, 2013)

12- Playday ( de Victor Santos, Portugal, 2012)

13- Ronaldo (de Jan Mettler e Jan-Eric Mack, Suíça, 2010)

14- Santos para Sempre na Pele (de Bruno Curti e Lorraine Lopes, SP, 2012)

15- Três no Tri (de Eduardo Souza Lima, RJ, 2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.