Destacado

Blanquivioleta fenomenal

Tem time da primeira divisão espanhola que pertence a brasileiro. O ex-goleador Ronaldo Fenômeno (que jogou tanto no Barça como no Real Madrid) virou o acionista majoritário do Real Valladolid, tradicional clube espanhol que voltou à La Liga nesta temporada 18-19.

facebook.com/RealValladolid

O blanquivioleta tem apenas um título, uma Copa da Liga espanhola (competição hoje extinta), em 1983-84, contra o Atleti. O torneio só teve quatro edições, nos anos 80, mas o Valladolid ficou bem na fita, porque os outros clubes que ganharam a Copa da Liga foram o Barça (duas vezes) e o Real Madrid.

No ranking histórico de La Liga, o Valladolid ocupa o 13º lugar, segundo o site oficial do clube. Não disputava a primeira divisão desde 2013-14 – no primeiro semestre de 2018, conquistou seu oitavo acesso à elite.

Continuar lendo “Blanquivioleta fenomenal”

#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.

#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.

Antes do Mundial de 2014, disputado no Brasil, o blog Fut Pop Clube encomendou à artista plástica mineira Lais Sobral ilustrações sobre os 32 países classificados para a Copa disputada no Brasil. Nesta #FlashbackFriday, vamos lembrar 20 mascotinhos inventados pela Lais Sobral para seleções que também participam da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Começando pelo bloco das quatro seleções já garantidas nas oitavas de final, até este nono dia de bola rolando. Rússia, Uruguai, França e Croácia.

Abaixo, uma galeria de mascotinhos bolados pela artista plástica em 2014 para 14 das 23 seleções que estão lutando por vaga nas oitavas em 2018! Começando pela arara azul que a Lais desenhou para homenagear o Brasil. A Colômbia é representada por um tigre – apelido do centroavante Falcao García.

Para terminar a série, mascotinho virtual da Costa Rica, que não tem mais chances de classificação, assim como Egito, Arábia Saudita, Marrocos e Peru.

Continuar lendo “#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.”

48 anos do Tri

48 anos do Tri

Grande achado num sebo ou feira de vinil, este LP traz gol a gol a campanha da seleção brasileira tricampeã do mundo, em vozes como as de Pedro Luiz e Fiori Gigliotti!
Também tem algumas músicas, como “Pra Frente Brasil” e “Camisa 12”, do homem-gol da MPB FC, Jorge Ben Jor. Aliás, sábado o ponta-de-lança do samba-rock toca em Sampa. Bora? Partiu, Espaço das Américas?
Presentão, hein? Rs!

A primeira estrela

DestacadoA primeira estrela

Oito de junho. Há sessenta anos, a Seleção Brasileira estreava no Mundial de 1958: 3 a 0 na Áustria, 2 de Mazzola e 1 de Nilton Santos, em Uddevalla. A campanha vitoriosa na Suécia é o tema de uma expo temporária do Museu do Futebol, em São Paulo: A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958. Fica até 9 de setembro, de terça a domingo.

Manchestes de jornais, fotos, vídeos, depoimentos, curiosidades, linha do tempo, interação…

Mas o gol de placa está debaixo de uma escada, num velho túnel de acesso de jogadores ao gramado do Pacaembu, aberto pela primeira vez para visitantes do Museu do Futebol. As imagens dos 90 minutos da grande final – Brasil 5×2 Suécia, dona da casa- sincronizados com as transmissões de rádio da Nacional do Rio (Jorge Cury, Osvaldo Moreira) e da Bandeirantes de S. Paulo (Edson Leite, Pedro Luiz). Trabalhão do torcedor Carlos Augusto Marconi. Continuar lendo “A primeira estrela”

Amor à camisa: Rayo Vallecano

Amor à camisa: Rayo Vallecano

Camisa desta sexta-feira: retrô que comemorou os 90 anos do Rayo Vallecano, em 2014.
O clube de Vallecas (bairro operário de Madrid) foi fundado em maio de 1924 como Agrupación Deportiva El Rayo. Note o escudo com as iniciais ADR. Hoje o distintivo tem RVM – as iniciais de Rayo Vallecano de Madrid.
E nesta semana de aniversário, agora, em 2018, o Rayito festejou a volta a La Liga.

Quem também subiu foi o Huesca.

Falta uma vaga, a ser definida em play-offs, entre os clubes do terceiro ao sexto lugar na Liga 123.

Caíram para segundona espanhola os tradicionais Dépor e Málaga e o Las Palmas.

La Roja 2018

La Roja 2018

A Seleção Espanhola vai para as cabeças, lutar pelo bi, ou vai decepcionar como no Brasil, quando saiu na primeira fase? La Roja do técnico Julen Lopetegui mandou muito bem nas Eliminatórias. E os clubes de La Liga têm dominado as taças europeias.

Vamos ver a lista dos 23 convocados hoje — com 6 jogadores do Real Madrid, finalista da Champions, 4 do Barça, campeão espanhol e da Copa do Rei, três do Atlético de Madrid, campeão da Liga Europa, mais atletas do Athletic, do Celta, da Real Sociedad, Valencia, 4 jogadores de Premier League (United, City, Chelsea e Arsenal representados), 1 do Bayern e 1 do Napoli.

Porteros:

  • Kepa Arrizabalaga (Athletic Club)
  • David De Gea (Manchester United)
  • Pepe Reina (Napoli)

Defensa:

  • Jordi Alba (Barça)
  • Azpilicueta (Chelsea)
  • Carvajal (Real Madrid)
  • Nacho (também do Real)
  • Monreal (Arsenal)
  • Odriozola (Real Sociedad)
  • Piqué (Barça)
  • Sergio Ramos (Real Madrid)

Centrocampistas:

  • Isco (Real Madrid)
  • Thiago Alcântara (Bayern)
  • Busquets (Barcelona)
  • David Silva (Manchester City)
  • Iniesta (Barça)
  • Saúl (Atlético de Madrid
  • Koke (também do Atleti)
  • Asensio (Real Madrid)

Delanteros:

  • Iago Aspas (Celta de Vigo)
  • Diego Costa (Atlético de Madrid)
  • Rodrigo Moreno (Valencia)
  • Lucas Vázquez (Real Madrid)

https://platform.twitter.com/widgets.js
Continuar lendo “La Roja 2018”

Os parceiros de Messi na Argentina 2018

Os parceiros de Messi na Argentina 2018

Atualizado em 9 de junho, depois dos cortes de Sergio Romero e Manuel Lanzini

A Seleção Albiceleste convocada por Jorge Sampaoli só tem três atletas de clubes argentinos (mesmo número da Seleção Brasileira e também o mesmo número da Argentina vice de 2014 – gracias, Paladar Negro). As ligas mais representadas são a inglesa (cinco jogadores), italiana (cinco), espanhola (três), portuguesa (dois), francesa (dois), holandesa, chinesa e, agora, mexicana.
ARQUEROS:

  • Sergio Romero (Man United)

* Chiquito foi cortado por lesão e substituído por Nahuel Guzmán, do Tigres, do México

  • Willy Caballero (Chelsea)
  • Franco Armani (River Plate)


DEFENSORES

  • Gabriel Mercado (Sevilla)
  • Cristian Ansaldi (Torino)
  • Nicolás Otamendi (Manchester City)
  • Federico Fazio (Roma)
  • Marcos Rojo (Manchester United)
  • Nicolás Tagliafico (Ajax)
  • Marcos Acuña (Sporting)

VOLANTES:

  • Javier Marcherano (Hebei China Fortune)
  • Eduardo Salvio (Benfica)
  • Lucas Biglia (Milan)
  • Giovani Lo Celso (PSG)
  • Éver Banega (Sevilla)
  • Manuel Lanzini (West Ham) Enzo Pérez (River)
  • Maximiliano Meza (Independiente)
  • Ángel Di María (PSG)
  • Cristian Pavón (Boca)

DELANTEROS:

  • Lionel Messi (Barça)
  • Paulo Dybala (Juve)
  • Gonzalo Higuaín (Juve)
  • Sergio Ag6uero (Manchester City)

* FIGURINHAS COM ASTERISCO –

Continuar lendo “Os parceiros de Messi na Argentina 2018”