100 anos do Derby paulista em livro e encontro de colecionadores de camisas.

100 anos do Derby paulista em livro e encontro de colecionadores de camisas.

Seis de maio de 1917. O primeiro “derby”. Primeiro Corinthians x Palmeiras – na época, Palestra Itália. E o Palestra venceu o primeiro clássico, 3 a 0, três gols de Caetano. Exatos cem anos depois, o centenário do dérbi é comemorado com uma espécie de “rodada dupla” no Museu do Futebol, localizado no estádio do Pacaembu. Neste sábado, Palmeiras e Corinthians homenageados no encontro de colecionadores de camisas, das 10 às 17h, no foyer do museu. E às 15, no auditório do museu, os jornalistas Celso Unzelte e PVC lançam o livro DERBY Corinthians x Palmeiras: 100 anos de Rivalidade” (editora In Book, 144 páginas). Ademir da Guia, Basílio, Evair e Zé Elias devem participar de um bate-papo. O preço do livro na tarde de lançamento será de 89 reais.

Continuar lendo “100 anos do Derby paulista em livro e encontro de colecionadores de camisas.”

Camisas de times do interior

Camisas de times do interior

É neste sábado, das 10h às 17h, no vão central do Pacaembu! O vigésimo-primeiro Encontro de Colecionadores de Camisas  tem como tema os mantos sagrados de clubes do interior.
Vai ter varal e estandes exibindo umas 3.000 camisas,  segundo o Museu do Futebol, que promove o encontro em parceria com os sites Minhas Camisas e Colecionadores FC. Trocas são liberadas.

unnamed
As camisas do flyer: São Caetano, São Bento, União São João, São José, Grêmio Novorizontino, Ituano e Internacional de Limeira – todos clubes paulistas.

Continuar lendo “Camisas de times do interior”

Rodada paulista do CINEfoot 2015

geraldinos2Saiu a programação completa da edição paulista do CINEfoot – festival de cinema 11036802_866215093413957_5276178551288061191_nde futebol, que vai de 26 de novembro a 1˚de dezembro, primeiro no auditório do Museu do Futebol (quinta a sábado) e depois no Espaço Itaú de Cinema (rua Augusta, sábado à terça) – entrada grátis em todas as sessões. Um pouco antes, no dia 26, o CINEfoot chega a Vitória (confira a programação capixaba aqui).

Chance para ver ou rever um monte de filmes bacanas sobre a história de times, de jogadores, de torcedores – como Geraldinos, vencedor da Taça CINEfoot de longa metragem na edição carioca do festival. Concorre de novo em Sampa: é um dos 15 longas e curtas brasileiros e internacionais que disputam a Taça CINEoot 2015 (veja post anterior).

Nas sessões especiais, tem estreia brasileira do documentário do Décio Lopes sobre o Orlando City e da série “Som das Torcidas”, produção da Central3 com direção de Pedro Asberg (“Democracia em Preto e Branco”; “Geraldinos”) e homenagens à diretora Lina Chamie e aos ex-jogadores Afonsinho e Ivair e ao XV de Piracicaba.

Confira a programação completa do sexto CINEfoot em Sampa dentro do post.

Continuar lendo “Rodada paulista do CINEfoot 2015”

Dois toques, duas dicas para o sabadão em Sampa e “Pira”.

  • No Museu do Futebol, em São Paulo, o sábado é de 17º Encontro de Colecionadores de Camisas, das 10h às 17h. Trocas liberadas. Sempre tem um varal temático (já teve de clubes centenários, de e alviverdes e alvinegros, por exemplo). Desta vez, o tema é o futebol feminino. Vai ter lançamento do livro “As Camisas da Seleção Brasileira desde 1914”, de Duda Sampaio (editado pela Contato Comunicação). O local é o foyer do Museu do Futebol, na monumental fachada do estádio do Pacaembu. No auditório do museu, das 10h às 13h, rolam debates sobre como o futebol feminino pode ter mais visibilidade. A entrada é de graça. image001
  • O Memofut – Grupo de Literatura e Memória do Futebol – faz uma reunião extra neste sábado, 29 de agosto, em Piracicaba. Na agenda, a partir de 10h, imagens de álbuns de figurinhas com times históricos do XV de Piracicaba. Às 10h30, tem bate-papo com o publicitário e professor Adolpho Queiroz, coautor, com Pedro Sakr, do livro “Gatão: Do XV ao Corinthians – Tributo à Trajetória de um Vencedor”. Vicente Naval Filho, o artilheiro Gatão, foi ídolo do XV de Piracicaba, campeão da Lei do Acesso, e no Corinthians, ganhou o título paulista de 1954. E das 11h15 ao meio-dia, a palestra “Foot Ball: como tudo começou”, com o pesquisador José Roberto Fornazza.
    Local: Auditório do Armazém 14 (Salão de Humor) do Parque Engenho Central – Av. Maurice Allain, 454 – Piracicaba – SP. Aproveite e veja a exposição temporária Museu do Futebol Na Área.

Continuar lendo “Dois toques, duas dicas para o sabadão em Sampa e “Pira”.”

Herr Pep | Guardiola Confidencial

Publicado em 14 de julho de 2015
10984102_894088160627793_2447121546588417667_n
Tem um livraço sobre futebol saindo em português. Herr Pep, detalhada e imersão do jornalista Martí Perarnau no primeiro ano de Guardiola no comando do Bayern de Munique, ganhou edição brasileira por uma nova editora, a Grande Área. O título aqui é Guardiola Confidencial. 408 páginas, R$ 44,90. Continuar lendo “Herr Pep | Guardiola Confidencial”

14º Encontro de Colecionadores de Camisas: Alviverdes x Alvinegros

Atualizado no domingo
ENCONTRO DE COLECIONADORES
IMG_20140913_211837Neste sábado, o foyer do Museu do Futebol, recebeu um encontro de colecionadores de uniformes alviverdes e alvinegros. E não teve só camisa do Palmeiras e do Corinthians, me explicou o Luiz Romano, um dos expositores.Teve camisa de outros times alvinegros e alviverdes. O próprio seu Luiz é um especialista em uniformes de times centenários, como o América de Minas, o América de Pernambuco ou o São Caetano Esporte Clube (que era alvinegro; não confundir com o azulão, A.D. São Caetano).

Continuar lendo “14º Encontro de Colecionadores de Camisas: Alviverdes x Alvinegros”

A expo Futebol de Papel.

A expo Futebol de Papel.

Publicado em 15 de abril de 2014
DSC03403
Vai só até domingo, 20 de abril, a mostra Futebol de Papelexposição temporária do Museu do Futebol.
Nessa época de mania de colecionar figurinhas, vale dar uma passada para conferir álbuns, postais, cartazes, selos, carteirinhas de sócio e 40 ingressos de Copas do Mundo. Tem também entrada de partidas históricas, como a cerimônia de inauguração do próprio estádio do Pacaembu (que abriga o Museu do Futebol), em 1940. Em 1961, o estádio recebeu o nome de Paulo Machado de Carvalho, que chefiou a delegação brasileira na Suécia, em 1958. E trouxe o bi, em 1962, do Chile.DSC03425DSC03412
O acervo pertence a 12 colecionadores, 5 clubes, à Biblioteca Nacional e ao Instituto Von Martius. Uma parte da mostra é de originais, em vitrines. Algumas coleções foram digitalizadas e são apresentadas num totem multimídia.DSC03404

Chama muita atenção o trabalho do torcedor João Batista dos Santos, que entre 1962 e 1981, fez à mão o “Nosso Jornal”, com notícias do futebol profissional e as informações do Grêmio Esportivo XXV de Janeiro, time de várzea do bairro paulistano de Perdizes. Impressionante. Lembra os fanzines, que explodiram no movimento punk.

DSC03408

Continuar lendo “A expo Futebol de Papel.”