Grande noite de Cinefoot em Sampa

Grande noite de Cinefoot em Sampa


No dia em que o planeta bola lamentou os 6 anos da morte de Sócrates, o festival Cinefoot exibiu um documentário sobre um título único do clube que revelou o Doutor: o Botafogo de Ribeirão Preto. A Pantera da Mogiana (treinada por Jorge Vieira) conquistou com um empate contra o São Paulo de Rubens Minelli, em pleno Morumbi, a Taça Cidade de São Paulo, equivalente ao primeiro turno do interminável Paulistão de 1977 (que acabaria sendo vencido pelo futuro time do Dr. Sócrates, o Corinthians, quebrando jejum de 23 anos). Quarenta anos depois,  a campanha histórica ganhou um belo tributo, o filme 77 Eternos Campeões”, de Igor Ramos (que tem livros sobre o Bota de Ribeirão, seu rival Comercial e o clássico Come-Fogo. Continuar lendo “Grande noite de Cinefoot em Sampa”

Doc sobre a erupção do futebol na Islândia abre o #Cinefoot de 2017 em Sampa .

Doc sobre a erupção do futebol na Islândia abre o #Cinefoot de 2017 em Sampa .

O oitavo Cinefoot chega a São Paulo com a estreia do documentário “Dentro de um Vulcão – A Ascensão do Futebol Islandês”, de Saevaer Gudmunsson. É nesta sexta-feira, às 20h30, Museu do Futebol, onde o festival fica até domingo. Na segunda e na terça, a bola rola na rua Augusta, na tela do Espaço Itaú de Cinema. São 23 filmes – sete concorrem à Taça Cinefoot de melhor longa e oito disputam a taça de melhor curta. Atenção para “Boca de Fogo”, que levantou a Taça Cinefoot de curta-metragem no Rio.

Inside a Volcano – The Rise of Icelandic Football
Dir. Saevar Gudmundsson (Doc, 86 min, cor, Full HD, Islândia e Inglaterra, 2016 ) LIVRE

O filme “Dentro de um Vulcão” conta a história da geração dourada da bola na Islândia – país com menor população do mundo (330 mil habitantes) a se classificar para a Copa do Mundo (a de 2018, na Rússia). O diretor do doc teve acesso total à seleção na histórica campanha da Eurocopa e revela a intimidade do grupo de jovens que cresceu ouvindo que o seu esporte preferido jamais alcançaria dias de glória na Islândia. Sessão especial, única, nesta sexta-feira, 1º de dezembro, às 20h30, no auditório do Museu do Futebol – estádio do Pacaembu. Entrada franca, sujeita à lotação da sala.
Veja o trailer dentro do post: Continuar lendo “Doc sobre a erupção do futebol na Islândia abre o #Cinefoot de 2017 em Sampa .”

“Let’s Play Two”: a paixão de Eddie Vedder por beisebol, Chicago Cubs e Wringley Field.

facebook.com/PearlJam/

Há muito tempo atrás, numa galáxia distante, ops, num lobby de hotel em Chicago, assim do nada um morador da cidade deu duas preciosas dicas a este que vos bloga. “Vá ver o Cubs jogar. E o Kingston Mines”. Aceitei a dica do bar de blues, dois palcos, som rolando até altas horas. Não fui ver o time de beisebol da ‘Windy City’. Já me arrependi. O Wringley Field é um senhor estádio, e ganhou um belo tributo (assim como ídolos do Chicago Cubs) no filme-concerto do Pearl Jam, “Let’s Play Two“. O cantor da banda, Eddie Vedder, vai ao estádio desde pequeno e é um fanático torcedor dos Cubs.

Continuar lendo ““Let’s Play Two”: a paixão de Eddie Vedder por beisebol, Chicago Cubs e Wringley Field.”

Mostra CINEfoot no Canal Brasil (2017)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Começou com o grande documentário sobre João Saldanha a segunda edição da Mostra CINEfoot, no Canal Brasil. Até o fim de novembro, toda quinta-feira, às 19h, tem longas, médias e curtas selecionados por Antônio Leal, do CINEfoot – com reapresentação às terças-feiras, 13h30.

Um belo esquenta para a edição 2017 do festival CINEfoot nos cinemas! No Rio, de 23 a 28 de novembro. Em SP, deve ser no começo de dezembro.

Completa esta primeira sessão, hoje, às 13h30, o curta “Três no Tri”.
Dentro do post, as sinopses dos filmes de acordo com o site do Canal Brasil.

Continuar lendo “Mostra CINEfoot no Canal Brasil (2017)”

Claret and blue

Este slideshow necessita de JavaScript.

Curioso: dois dos baixistas mais influentes da história do metal pesado são fanáticos por futebol. Torcem para times que tem as cores grená e azul e costumam usar instrumentos com cores e adesivos de seus times.

Steve Harris, do Iron Maiden, chegou a jogar na base do West Ham, da zona leste de Londres.

Geezer Butler, do todo poderoso Black Sabbath, sempre mostra sua paixão pelo Aston Villa. O clube do bairro de Aston, em Birmingham, berço do heavy metal, foi sete vezes campeão inglês, mas atualmente disputa a divisão logo abaixo da Premier League.

No filme “The End of the End”, que acompanha o último concerto da história do Sabbath, em Birmingham, exibido nesta quinta-feira em cinemas do mundo todo, Geezer não perdeu a chance de falar do seu Aston Villa.  E toca “Paranoid” com o baixo que tem um adesivo com o distintivo dos Villains

Da hora a ideia da produção do filme de reunir o trio Ozzy, Iommi e Butler em estúdio três dias depois do concerto final, para tocar “…”, “…” e “…”! Oooops… spoiler! Veja o filme nos cinemas se tiver chance. E quem for muito fã do Aston, digo, do Sabbath, pode levar um lencinho, porque é de emocionar.

A lamentar, só não ter rolado um acordo com o batera original, Bill Ward, pelo menos para os últimos shows, documentados no filme. Não que o Tommy Clufetos toque pouco, muito pelo contrário. Trailer dentro do post!

Continuar lendo “Claret and blue”

Inscrições abertas para o oitavo Cinefoot.

Inscrições abertas para o oitavo Cinefoot.

João Saldanha vai ser o homenageado do ano do Cinefoot, festival de cinema de futebol.  Neste 3 de julho, centenário de nascimento do João Sem Medo, o Cinefoot abriu as inscrições para esta oitava edição. O festival recebe inscrições de curtas e longas-metragens que tenham como abordagem principal o tema futebol. O Cinefoot trabalhos produzidos em qualquer suporte ou gênero e não há restrições quanto ao ano de realização da obra.

As inscrições para as Mostras Competitivas podem ser feitas até 28 de agosto de 2017, no site oficial: www.cinefoot.org. Continuar lendo “Inscrições abertas para o oitavo Cinefoot.”

“Iron Men”: documentário emocionante sobre a despedida do West Ham a Boleyn Ground.

Capinha do DVD do doc sobre a despedida a Boleyn Ground : facebook.com/IRONMEN2017

Que bom saber: a senhora Mabel Arnold, uma espécie de torcedora-símbolo do West Ham United, acabou de completar 101 anos! Cento e um! Oitenta e três como torcedora do claret and blue da zona leste de Londres. De 1968 a 2016, ela se sentou na mesma cadeira de Boleyn Ground | Upton Park, estádio do West Ham entre 1904 e 2016. “Iron Men, documentário de Paul Crompton e Suri Krishnamma (este, torcedor de carteirinha dos “Irons”) sobre os últimos dias dos 112 anos de história de Boleyn Ground e a (polêmica) mudança para o London Stadium, é um filme de personagens. O capitão do time, Mark Noble, o técnico Slaven Bilic, os donos do clube (David Gold, David Sullivan, Karren Brady)… mas são os torcedores como a centenária hammer Mabel Arnold que roubam o show. Ainda bem! Continuar lendo ““Iron Men”: documentário emocionante sobre a despedida do West Ham a Boleyn Ground.”