“Geraldinos”, na última rodada da Mostra Cinefoot.

“Geraldinos”, na última rodada da Mostra Cinefoot.

“Geraldinos”, filme vencedor da Taça Cinefoot 2015 nas seleções carioca e paulista do festival de cinema de futebol, encerra a mostra Cinefoot, no Canal Brasil. Nesta sexta-feira, 22h, com reprise na terça-feira, 13h30. Vale a pena ver ou rever o doc, que também está disponível para aluguel no Now.

Continuar lendo ““Geraldinos”, na última rodada da Mostra Cinefoot.”

Os “Belos Sonhos” de um torcedor do Torino.

Os “Belos Sonhos” de um torcedor do Torino.


Mãe e filho de 9 anos dançam um twist animadamente. A linda relação mãe e filho vai terminar bruscamente. Por quê, Deus? Por quê, pai? Massimo vai passar a vida em busca de respostas. É a história real do jornalista italiano Massimo Gramellini, torcedor do Torino por influência do pai. Não sei se é o melhor filme para ver no período de Festas (estreou às vésperas do Natal”), mas “Belos Sonhos”, dirigido por Marco Bellocchio (“Diabo no Corpo”, “Vincere”, “Bom Dia, Noite”) é, sim, um belo filme. Vi durante a Mostra de Cinema de São Paulo (2016) e quero rever.

Poster italiano de "Belos Sonhos". Classificação: 14 anos.
Poster italiano de “Belos Sonhos”. Classificação: 14 anos.

Os filmes de Bellocchio (homenageado na Mostra 2016) são assim, cheios de questões psicológicas, por cento valem ver e rever. Este aqui (que abriu a Quinzena de Realizadores em Cannes 2016) ainda tem cenas de paixão pelo futebol, especialmente relativas ao Torino, time de Massimo Gramellini, autor do livro que inspirou “Belos Sonhos” – morou ao lado do estádio Comunale e inclusive há uma cena de reencontro entre pai e filho durante uma homenagem às vitimas à tragédia de Superga, que dizimou o Grande Torino.

Dentro do post, sinopse, ficha e uma cena de futebol de “Belos Sonhos”. Quem souber em que estádio foi filmada essa cena, pode deixar comentário no post. Não acredito que seja o Comunale, de Turim, que hoje tem cobertura.
Continuar lendo “Os “Belos Sonhos” de um torcedor do Torino.”

Bola na tela: “Meninos de Kichute’.

Bola na tela: “Meninos de Kichute’.


Raro longa-metragem de ficção nacional sobre futebol. O filme de Luca Amberg inspirado no livro de mesmo nome de Márcio Américo se passa nos anos do “Eu te amo meu Brasil” e parece até feito nos anos 70, de tão cuidada a reconstituição de época. Quem está na faixa dos 40 anos vai se lembrar dos tempos de aulas de Moral e Cívica, álbuns de figurinhas, revistas de mulher pelada, Magiclik, carros Brasília, Kharman Ghia, Dodge Dart, Canal 100, sonorizado com a versão instrumental de ”Na Cadência do Samba (Que Bonito É)”, e claro, a chuteira Kichute do título – e antes que alguém identifique a primeira música do trailer e do filme com o ufanismo do “Brasil gigante”, noto que é possível identificar no papel do pai o Estado violento, repressor e mentiroso. Ótimos diálogos, ótimas atuações (especialmente de Werner Schünemann, Vivianne Pasmanter, Arlete Salles e o protagonista Lucas Alexandre, bem dirigido como todo o elenco “juvenil), boa trilha sonora da época, a cargo de Netinho, dos Incríveis: Casa das Máquinas, Secos e Molhados, Sergio Sampaio, Os Incríveis.

É certamente um dos nossos melhores filmes sobre futebol – e sobre amizade e descobertas. Uma espécie de “Conta Comigo” brasileiro. Prêmio: melhor filme do júri popular na 34ª Mostra de Cinema de São Paulo.

Continuar lendo “Bola na tela: “Meninos de Kichute’.”

Real Madrid é penta, no ano de CR7.

Real Madrid
Flâmula do Real Madrid, pentacampeão mundial de clubes. Os ‘blancos’, que venceram a chamada Copa Intercontinental em 1960 (contra o Peñarol), 1998 (Vasco) e 2002 (Olimpia), ganharam o Mundial de Clubes da Fifa em 2014 (contra o San Lorenzo) e agora em 2016, ao derrotar o Kashima Antlers na prorrogação. 4-2.

Terceiro título madridista em 2016 (ganhou Champions e Supercopa da Uefa). Ano de Cristiano Ronaldo, que ainda conquistou a Euro com Portugal, e a Bola de Ouro (“France Football”) – hoje foi mais uma vez decisivo, ao marcar um triplete em Yokohama.

Mas o destaque do torneio foi o Kashima Antlers (campeão japonês) dirigido por Masatada Ishii. Soube vencer o Atlético Nacional,campeão da Libertadores, por 3×0, é verdade que beneficiado por uma jogada (mal) decidida com ajuda de vídeo. Definiu a semifinal no segundo tempo, com rápidos contra-ataques. Continuar lendo “Real Madrid é penta, no ano de CR7.”

Camisas de times do interior

Camisas de times do interior

É neste sábado, das 10h às 17h, no vão central do Pacaembu! O vigésimo-primeiro Encontro de Colecionadores de Camisas  tem como tema os mantos sagrados de clubes do interior.
Vai ter varal e estandes exibindo umas 3.000 camisas,  segundo o Museu do Futebol, que promove o encontro em parceria com os sites Minhas Camisas e Colecionadores FC. Trocas são liberadas.

unnamed
As camisas do flyer: São Caetano, São Bento, União São João, São José, Grêmio Novorizontino, Ituano e Internacional de Limeira – todos clubes paulistas.

Continuar lendo “Camisas de times do interior”

O som do Barça

Que músicas rolam nos aparelhos de Messi, Suárez e Neymar?

Dois dias depois do anúncio da tabelinha Deezer-Manchester United, hoje foi a vez de um acordo semelhante da plataforma digital de música com o Barça.
15493472_10155037160229305_2025427842813806126_o
Vai se chamar The Sound of Barça o canal de música oficial do clube catalão, com listas de reprodução oficiais do Barça e de seus atletas, como o trio MSN. Com a parceria entre clube e Deezer, mais de 100 músicas representativas do Barça estarão disponíveis para os fãs que seguirem o canal.

Continuar lendo “O som do Barça”

Supersonic

Supersonic

os_1sht_mech_27x40_final_rgb-203x300Enquanto o City de Guardiola passava maus bocados em Leicester (4-2), o festival SIM São Paulo exibia um documentário (muito bom) sobre a saudosa banda de dois irmãos fanáticos pelo time azul de Manchester. “Oasis: Supersonic”, cujo lançamento coincide com os 20 anos dos megaconcertos do grupo de Noel e Liam Gallagher em Knebworth – e também em Maine Road, antigo estádio dos citizens. Em especial Liam não perde uma chance de ser fotografado ou filmado com algum abrigo do City. Esses criadores de grandes hits (e de “algumas”  confusões) são fanáticos pelo MCFC. Sobram até algumas caneladas pros lados do West Ham em “Supersonic”, o doc.  Confira o trailer abaixo…
Continuar lendo “Supersonic”