Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.

Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.
Aí, Steve Harris, o time de futebol do Iron Maiden poderia jogar com esse uniforme bolado pelo Matheus Viana…

A temporada 2017-18 do campeonato inglês começou com um jogão, sete gols, duas viradas: Arsenal 4×3 Leicester City. Aproveito a primeira rodada da Premier League da vida real para compartilhar um golaço do designer brasileiro Matheus de Souza Viana. Ele “viajou” (no bom sentido e entre aspas) criando camisas de futebol e distintivos para 20 bandas de rock inglesas, dos Beatles aos Arctic Monkeys. Saiu antes na página Idea Fixa (que me foi indicada pelo batera Vlad Rocha).

Pra começar, o designer botou uma coroa em forma de cabelo moicano, do leãozinho da Premier League, que você pode ver na imagem destacada, no alto deste post. E chegou a incluir nos “mantos sagrados” das sacrossantas bandas as marcas de fornecedores habituais de equipamento esportivo (adidas, Nike, Puma, Umbro) e até patrocinadores de peito, ligados a marcas de equipamentos musicais, como fabricantes de guitarras (Fender, Gibson, Rickenbacker, Epiphone). Demais! O campeonato de bandas imaginado pelo designer Matheus Viana tem muito classic rock entre os favoritos ao título: Beatles, Stones, Who, Queen…

Este slideshow necessita de JavaScript.

É um trabalho pessoal do Matheus Viana, um exercício criativo, sem patrocínios nem fins lucrativos, ou seja, não vão ser vendidas camisas com esse visual. Olha as ideias

A ideia é brincar com a hipótese de misturar o futebol e o rock’n’roll, pensando em como poderia ser o campeonato inglês de futebol se fosse disputado por bandas inglesas de rock”, explica o designer.

Então, vejam como seriam os visuais do triunvirato do rock pesado inglês do final dos 60 -Sabbath, Led, Purple- e o progressivo Pink Floyd, do Roger Waters, um fanático torcedor do Arsenal.

O Lemmy não estava nem aí para futebol, mas o pesado e rápido Motörhead também entra na liga virtual do Matheus Viana, além dos punk rockers do Clash (Joe Strummer é dos blues, torcedor do Chelsea) e dos Sex Pistols (John Lydon fanático gunner, Steve Jones e Paul Cook, também eram blues).

Será que nos estádios desse campeonato virtual, o fã-clube do Police adotaria “Every Breath You Take” como uma espécie de “You’ll Never Walk Alone”?

Home Kit imaginário do The Police, por Matheus Viana.

Repare nas mangas da imaginária camiseta do Joy Division – o designer Matheus Viana se inspirou na capa do discão “Unknown Pleasures”.

Mais ideias criativas dentro do post.

Continuar lendo “Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.”

Tostão especial no @CasualF00tball #22.

Tostão especial no @CasualF00tball #22.

Ele foi um dos maiores… numa das maiores seleções de todos os tempos. Brilhou com a camisa celeste 5 estrelas (e também com a branca) do Cruzeiro. Não teve muito tempo no Vasco. Teve que parar. Estudou medicina. Virou doutor. Doutor Eduardo. Voltou ao futebol, como comentarista de TV e depois colunista, parada obrigatória para os olhos. Tostão é o tema do novo programa Casual Football, apresentado pelos parceiros Pedro Tattoo e Clayton Fagundes. Direção de Tattoo e Felipe Duarte. Pauta: Júlio César. Clique abaixo para ver.


Continuar lendo “Tostão especial no @CasualF00tball #22.”

Episódio 3 do #RotasDaBola mostra La Bombonera em noite de Libertadores.

Episódio 3 do #RotasDaBola mostra La Bombonera em noite de Libertadores.

Quem tem medo do La Bombonera? Os bastidores de um jogo decisivo num dos estádios mais temidos do Mundo!
O episodio três do Rotas da Bola mostra a histórica partida entre o Boca e o Nacional do Uruguai, pelas quartas de final da Libertadores 2016.
É só dar play e viajar conosco! Que tal?
https://www.facebook.com/rotasdabola/

Continuar lendo “Episódio 3 do #RotasDaBola mostra La Bombonera em noite de Libertadores.”

Uma coleção de camisas centenárias no programa “Tresloucados”

Já falamos aqui da nova versão dos “Loucos por Futebol” (saudoso programa da ESPN Brasil), o “Tresloucados”, um programa veiculado no You Tube com três dos “loucos”, o Celso Unzelte, o PVC e o Marcelo Duarte. O “Tresloucados” cresce com a presença de um convidado, como o Luiz Romano, que coleciona camisas de futebol… só de clubes centenários!  Veja o programa com o seu Luiz Romano, um dos últimos de 2015.

Que legal! E o Luiz Romano ficou bem com a camisa do Fernando Prass!

Posts relacionados:

São 50 edições do “Tresloucados” no ar (para ver todos, clique aqui). Que esses loucos tenham vida longa na rede também!

Continuar lendo “Uma coleção de camisas centenárias no programa “Tresloucados””

No ar, ou melhor, na rede, “Casual Football”.

Quinta-feira é dia de Casual Football, o programa sobre futebol gringo da loja Atrox Casual Club, que vende exclusivamente camisas e outros produtos de times internacionais (veja post anterior).

O primeiro programa da série Casual Football falou do glorioso West Ham United, desde a fundação, como Thames Ironworks FC, a mudança das cores, os ídolos, as revelações da “academia de futebol”, a paixão de roqueiros como o Steve Harris, o baixista mais rápido da zona leste de Londres, e os punks do Cockney Rejects e uma coisa que não sabia: o mestre do suspense, Alfred Hitchcock, era um torcedor dos hammers!

Bem legal! O Casual Football é apresentado por Clayton Fagundes, Renato Martins e Pedro Tattoo e já colocou no ar especiais sobre o St. Pauli, o dérbi entre Celtic e Rangers (Old Firm), Eric Cantona, Newcastle United e o Napoli. Convidados especiais podem fazer uma ponta no programa contando sua experiência acompanhando os assuntos escolhidos. Continuar lendo “No ar, ou melhor, na rede, “Casual Football”.”

Podcast sobre o Athletic

A nova catedraç de San Mamés. @futpopclube
A nova catedral de San Mamés. @futpopclube

Convidamos o amigo Raphael Sanz, de família basca, que nos apresentou a torcida do maior representante futebolístico do Euskadi. A forte identidade regional, as rivalidades com os clubes madrilenhos, muito folclore e rock cantado em euskara, ressonando desde a Herri Norte, que faz pulsar o renovado San Mamés.bannermenor_SDT_estreia-730x360
Por falar na série Som das Torcidas, da Central3 (veja post anterior), os podcasts que inspiraram a primeira temporada em vídeo contam com mais de 70 programa. O podcast Som das Torcidas #71 fala do Athletic Club, de Bilbao, a influência dos ingleses, a ligação com o Atlético de Madrid (que nasceu como filial do clube de Bilbao), os anos sob Franco, as principais características – como só ter jogadores de origem basca, a torcida dos leones e, claro, cantos e músicas ouvidos em San Mamés. Ao lado do convidado Raphael Sanz, os titulares do programa rolam bandas como Escorbuto, Su Ta Gar e M.C.D. (Me Cago en Dios). Confesso que não conhecia a versão em castelhano do hino do Athletic – completamente diferente do hino que se ouve na ‘catedral’.

Dá pra ouvir e baixar o programa aqui. Uma boa pra ouvir no trânsito!
Continuar lendo “Podcast sobre o Athletic”