Saiu a seleção do 3º CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol


O CINEfoot – Festival de Cinema de Futebol – anunciou na sua página os filmes convocados para a copa, digo, para mostra competitiva, no Rio de Janeiro (entre 24 e 29 de maio no Arteplex da praia de Botafogo) e em São Paulo (de 31 de maio a 5 junho no Museu do Futebol e Reserva Cultural). Vale a Taça CINEfoot.
Bola pro mato que o jogo é de campeonato, então. Confira a lista dos longas que participam da mostra competitiva no Rio:

Longa-metragens que participam da mostra competitiva em São Paulo:

Disputam a Taça CINEfoot na mostra de curtas-metragens no Rio:

    •  “Desatando Nós” (de Luciana Queiroz e Roberto Studart, BA, 2010). Doc sobre o futebol baiano. Confira o trailer.
    • “Espírito Santo F.C.” (de Andre Ehrlich Lucas e Lucas Vetekesky, ES, 2011)
    • “Gaúchos Canarinhos” (de Rene Goya Filho, RS, 2007)
    •  “Haram” (de Benoit Martin, França, 2010)
    •  “Home Away” (de Wassim Sookia, Ilhas Mauricio, 2011)
    • “I Don’t Blame the Beautiful Game” (de Christopher Arccella, EUA, 2010)
    • “Länderspiel” (de Sven e Nadine Schrader, Alemanha, 2011)
    • L´Equip Petit” (de Roger Gómez e Davi Resines, Espanha, 2011). Adorável curta sobre uma equipe que nunca tinha vencido, sequer marcado um gol, o Margatânia FC. Candidato a filme fofo do festival! Confira trailer no site da produtora.
    •  “Libre Directo” (de Bernabé Rico, Espanha, 2011)
    •  “Los Cerveceros de Quilmes” (de Andreas Geipel, Franz Sickinger, Shooresh Fezoni, Alemanha, 2011). A vez dos “hinchas” do Quilmes Atlético Clube, “o decano do futebol da Argentina”, por ser o clube mais antigo (1887!).
    • “Tempi Suplementari” (de Margherita Ferri, Itália, 2012)
    •  “Trainerbank” (de Martin Emmerting, Alemanha, 2010)
    •  “Vai Pro Gol” (de Felipe D´Andrea, SP, 2012). Como o nome sugere, sobre futebol de botão, ou como preferem os federados, futebol de mesa.
  • “Zimbú” (de Marcos Strassburger Souza, SP, 2011)

E por fim, os curtas convocados para a mostra competitiva em SP:

      • “Gaúchos Canarinhos” (de Rene Goya Filho, RS, 2007)
      •  “Home Away” (de Wassim Sookia, Ilhas Mauricio, 2011)
      • “I Don’t Blame the Beautiful Game” (de Christopher Arccella, EUA, 2010)
      • “Juventus Rumo a Tóquio” – o excelente curta de  Rogério Zagallo, Andrea Kurachi e Helena Tahira, sobre uma tarde decisiva na rua Javari. Confira como foi a pré-estreia, em 2009.
      • “Länderspiel” (de Sven e Nadine Schrader, Alemanha, 2011)
      • “L´Equip Petit” (de Roger Gómez e Davi Resines, Espanha, 2011)
      •  “Libre Directo” (de Bernabé Rico, Espanha, 2011)
      • “Rivellino” (de Marcos Fabio Katudjian, SP, 2011)
      • Ser Campeão É Detalhe: Democracia Corinthiana” (de Gustavo Forti Leitão e Caetano Tola Biasi, SP, 2011)
      • “Um Jogo, Uma Paixão” (de Otávio Paranhos, SP, 2009)
      •  “Vai Pro Gol” (de Felipe D´Andrea, SP, 2012). Como o nome sugere, fala sobre futebol de botão, ou como preferem os federados, futebol de mesa.
      • “Zimbú” (de Marcos Strassburger Souza, SP, 2011)

Outros links


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.