Dois toques, duas dicas para o sabadão em Sampa e “Pira”.

  • No Museu do Futebol, em São Paulo, o sábado é de 17º Encontro de Colecionadores de Camisas, das 10h às 17h. Trocas liberadas. Sempre tem um varal temático (já teve de clubes centenários, de e alviverdes e alvinegros, por exemplo). Desta vez, o tema é o futebol feminino. Vai ter lançamento do livro “As Camisas da Seleção Brasileira desde 1914”, de Duda Sampaio (editado pela Contato Comunicação). O local é o foyer do Museu do Futebol, na monumental fachada do estádio do Pacaembu. No auditório do museu, das 10h às 13h, rolam debates sobre como o futebol feminino pode ter mais visibilidade. A entrada é de graça. image001
  • O Memofut – Grupo de Literatura e Memória do Futebol – faz uma reunião extra neste sábado, 29 de agosto, em Piracicaba. Na agenda, a partir de 10h, imagens de álbuns de figurinhas com times históricos do XV de Piracicaba. Às 10h30, tem bate-papo com o publicitário e professor Adolpho Queiroz, coautor, com Pedro Sakr, do livro “Gatão: Do XV ao Corinthians – Tributo à Trajetória de um Vencedor”. Vicente Naval Filho, o artilheiro Gatão, foi ídolo do XV de Piracicaba, campeão da Lei do Acesso, e no Corinthians, ganhou o título paulista de 1954. E das 11h15 ao meio-dia, a palestra “Foot Ball: como tudo começou”, com o pesquisador José Roberto Fornazza.
    Local: Auditório do Armazém 14 (Salão de Humor) do Parque Engenho Central – Av. Maurice Allain, 454 – Piracicaba – SP. Aproveite e veja a exposição temporária Museu do Futebol Na Área.

Continuar lendo “Dois toques, duas dicas para o sabadão em Sampa e “Pira”.”

Amor à camisa – versão internacional.

Amor à camisa – versão internacional.

DSC07229
Há duas semanas, quando estava preparando o post para o Dia do Rock, sobre os times de botão de bandas roqueiras feitos pela Botões Clássicos, conheci a Atrox Casual Club. Uma ótima sacada do Renato Martins: a primeira loja de São Paulo especializada em produtos de clubes estrangeiros – e só de times de fora. Um mercado que vai muito além de Barça e Real Madrid. Camisas oficiais, jaquetas, bonés, toucas, cachecóis e canecas, principalmente da Europa e América do Sul.

DSC07236
Udinese

No sábado da visita, rolava na Galeria Ouro Velho, na rua Augusta, a Copa Atrox de Futebol de Botão, organizada pelo Luciano, que faz os Botões Clássicos, e patrocinada pela loja Atrox. As fotos são todas deste dia. Tinha uma arara inteira quase que só com camisas do West Ham United.

DSC07218
Uma arara inteira quase que só do West Ham

Renato Martins teve loja de discos na galeria do rock, girou o Brasil e o mundo como empresário dos Ratos de Porão e até hoje traz shows de bandas de metal e hardcore pro Brasil. Lá fora ele torce pro West Ham. Mas os torcedores do Millwall, rival dos hammers, são bem-vindos à Atrox. Só mesmo em São Paulo…

DSC07234
Para o chá da tarde

Confira mais fotos dentro do post.
Continuar lendo “Amor à camisa – versão internacional.”

Vilanova Artigas, o arquiteto do Morumbi

Vilanova Artigas, o arquiteto do Morumbi

Arquivo Histórico do São Paulo FC : sãopaulofc.net
Arquivo Histórico do São Paulo FC : sãopaulofc.net

Este 23 de junho de 2015 marcou o centenário de nascimento do arquiteto modernista João Batista Vilanova Artigas, que fez o primeiro projeto do estádio do Morumbi. Vilanova Artigas foi um dos fundadores da chamada Escola Paulista de Arquitetura e adepto do brutalismo – onde a estrutura, o concreto fica bem aparente. Antes da instalação de cadeiras, de inúmeros camarotes, esse estilo era mais visível no Morumbi, mas inda é possível percebê-lo quando você anda debaixo das arquibancadas do estádio do tricolor paulista.

Segundo o site do São Paulo, o escritório de Vilanova Artigas, Gastão Rachou Jr, José Carlos Pinto, Carlos Cascaldi e David Ottoni derrotou outras duas propostas porque previa uma capacidade maior, 120 mil pessoas, tinha menor custo e manutenção mais barata. O projeto original previa a divisão das arquibancadas em quatro níveis e não trẽs como hoje. Em 1954, Vilanova Artigas doou ao clube os direitos do projeto, que foi sendo modificado. Uma parte do estádio foi inaugurada em 1960, na vitória de 1×0 sobre o Sporting – gol histórico de Peixinho (também teve um amistoso contra o Nacional do Uruguai). Em 1970, a segunda inauguração, novamente contra um time português: São Paulo 1 x1 Porto. O estádio poderia receber então 150 mil pessoas – e o 2º jogo da final do campeonato paulista de 1977, entre Corinthians e Ponte Preta, chegou bem perto disso.

Depois, o estádio foi “encolhendo”, encolhendo, para maior conforto e segurança. Hoje a capacidade é de 67 mil pessoas. 

Continuar lendo “Vilanova Artigas, o arquiteto do Morumbi”

Convite_lan;amento_bolarolou_finalOKNa ressaca pós-Copa, saem menos livros sobre futebol? Tome! Vem aí “A Bola Rolou – O Velódromo Paulista e os Espetáculos de Futebol – 1895 – 1916″, de
Wilson Gambeta, pela Editora SESI/SP – LUDENS. São 448 páginas. E o preço sugerido pela editora é de R$ 49,90. Dica do pessoal do MemoFut. Quem já leu, recomendou.

Aqui em São Paulo, “A Bola Rolou” vai ser lançado em 2 de junho de 2015, às 19h30, na Livraria Martins Fones (avenida Paulista, 509. Metrô: Brigadeiro). Antes, às 18h30, Gambeta participa de uma mesa-redonda com os professores da USP José Geraldo Vinci de Moraes e Flávio de Campos.

Dentro do post, as informações do site da editora. Continuar lendo “De Letra: “A Bola Rolou – O Velódromo Paulista e os Espetáculos de Futebol – 1895 – 1916”.”

Não faltam estádios para turnês como a do Pearl Jam, que volta em novembro/2015.

O segundo show do PEARL JAM no Morumbi, em 2011: uma aula de rock! https://colunademusica.wordpress.com/2011/11/05/pearl-jam-morumbi-sao-paulo-04112011-aula-de-rock/
O segundo show do PEARL JAM no Morumbi, em 2011: uma aula de rock! https://colunademusica.wordpress.com/2011/11/05/pearl-jam-morumbi-sao-paulo-04112011-aula-de-rock/


Aí, sim!

O Pearl Jam anunciou as datas da sua Latin American Tour, que baixa por aqui em novembro 2015. Os cinco em estádios de futebol – três deles usados no Mundial 2014.

  • 11 de novembro – Porto Alegre – primeiro megashow de rock na Arena do Grêmio.
  • 14/11 –  S. Paulo – o Pearl Jam volta ao Morumbi, quatro anos depois de 2 shows no estádio!
  • 17/11 – Brasília – Estádio Nacional Mané Garrincha.
  • 20/11 – Belo Horizonte – Mineirão.
  • 22/11 – Rio de Janeiro – o PJ estreia no Maracanã.

Continuar lendo “Não faltam estádios para turnês como a do Pearl Jam, que volta em novembro/2015.”

14º Encontro de Colecionadores de Camisas: Alviverdes x Alvinegros

Atualizado no domingo
ENCONTRO DE COLECIONADORES
IMG_20140913_211837Neste sábado, o foyer do Museu do Futebol, recebeu um encontro de colecionadores de uniformes alviverdes e alvinegros. E não teve só camisa do Palmeiras e do Corinthians, me explicou o Luiz Romano, um dos expositores.Teve camisa de outros times alvinegros e alviverdes. O próprio seu Luiz é um especialista em uniformes de times centenários, como o América de Minas, o América de Pernambuco ou o São Caetano Esporte Clube (que era alvinegro; não confundir com o azulão, A.D. São Caetano).

Continuar lendo “14º Encontro de Colecionadores de Camisas: Alviverdes x Alvinegros”

Bola na tela do Anima Mundi

ILH-web-still-04-130214-562x354A página do curta “I Love Hooligans” no Facebook define o filme como um documentário animado. É uma produção belgo-holandesa de 2013, feita em 2D e 3D, e dura 15 minutos. Fala de um hooligan gay que esconde sua identidade para sobreviver no mundo do futebol.
No Anima Mundi 2014, abre a sessão Curtas 14. Nesta quarta, 6 de agosto, 22h30, sala 3 do Espaço Itaú de Cinema. E quinta, 7 de agosto, 19h, na sala 2. Continuar lendo “Bola na tela do Anima Mundi”