Seleção paulista do CINEfoot 2015. Vale taça!

11700847_947461825289283_3787933161936121062_o
Uma boa notícia pro torcedor/espectador de Sampa é que está chegando a etapa 11036802_866215093413957_5276178551288061191_npaulista do festival CINEfoot, todo dedicado aos filmes de futebol. Começa em 26 de novembro e vai até 1º de dezembro, primeiro no auditório do Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu, e depois no Espaço Itaú de Cinema da rua Augusta – todas as sessões de graça. Foram 156 inscrições. E para a seleção paulista, ficaram 15 filmes. Vamos ver que longas e curtas concorrem à Taça CINEfoot 2015.
CINEFOOT SÃO PAULO / MOSTRA COMPETITIVA DE LONGA-METRAGEM

1) E18hteam (Eighteam, de Juan Rodriguez-Briso, Espanha/Zâmbia). Sinopse: a ressurreição da equipe nacional de futebol da Zâmbia por meio de sua estrela, Kalusha, depois de perder 18 companheiros em um acidente de avião no Gabão em 1993. Kalusha enfrenta uma estrada de reconstrução de 18 anos até o destino fazer sua jogada: no Gabão, Zâmbia torna-se campeão africano depois de 18 longas batidas de pênaltis. Vale conferir, não? Dia 29, domingo, 19h, Espaço Itaú da Augusta.

2) Geraldinos (de Pedro Asbeg, Renato Martins, RJ). Documentário sobre os personagens da extinta geral do Maracanã. Foi o vencedor da Taça CINEfoot de longa-metragem no Rio. Sábado, dia 28, 21h, Espaço Itaú da rua Augusta. Saiba mais aqui ou no post anterior.

1522909_531443780327215_2136754061374261784_o

3) Isto é Söderstadion (de Andreas Bjunér, Suécia). Mostra a tristeza dos torcedores do  Hammarby na despedida do Söderstadion, antes de ter que dividir estádio com o clube rival.

4) Loucura que Apaixona minha Cidade (Locura que Enamora mi Ciudad, de Maximiliano Baldi, Argentina). Doc sobre o Talleres, de Córdoba, clube que completou sem centenário em 2013.

 

5) Meninos da Vila – A Magia do Santos (de Katia Lund, SP). A codiretora de “Cidade de Deus” investiga a fábrica de talentos do Santos. Passa no sábado 28 de novembro, na sessão das 19h, no Espaço Itaú de Cinema (rua Augusta).

6) Mundial, as Maiores Apostas (Mundial. Gra o wszystko, de Michal Bielawski, Polônia). O filme apresenta experiências dos principais jogadores do time da Polônia entrelaçadas a relatos de membros do movimento Solidariedade, presos,  que acompanharam a Copa de 1982 pela TV. Passa em 30 de novembro, 21h, no Espaço Itaú da rua Augusta, numa sessão mais política, junto com a segunda parte de Rebeldes do Futebol.

7) Nhô Quim, o Caipira Centenário (de Bruna Epiphanio, SP). Cáxara de fosfre, cúspere de grilo, bícaro de pato, gooor! Quinze, cra cra crá! Bom documentário sobre o estilo XV de Piracicaba de ser. Passa dia 30, uma segunda, na mesma sessão do filme do Ugo Giorgetti, às 19h, no Espaço Itaú da Augusta. Saiba mais aqui ou no post anterior.10551624_794774777229357_649466779066034514_o-1-1

Para a mostra de curtas, o CINEfoot selecionou 8 filmes, cinco deles brasileiros. Tem até um do Ugo Giorgetti sobre o extinto Comercial FC, da capital. Confira a convocação.

Continuar lendo “Seleção paulista do CINEfoot 2015. Vale taça!”

Espanha, sua linda!

Espanha, sua linda!

Está de volta a liga das estrelas! A bola já rola no campeonato espanhol. Houve algumas perdas, como as recentes vendas de Pedro (do Barça pro Chelsea) e a do zagueiro argentino Otamendi (do Valencia pro Manchester City). O Sevilla negociou seu melhor atacante pro Milan. Xavi foi pro Qatar. Casillas foi pro Porto. Por outro lado, o Real Madrid trouxe Kovacic da Inter e Danilo e Casemiro dos Dragões.  Também do Porto – como vende bem! – o Atlético de Madrid trouxe Jackson Martínez. Perdeu Arda Turan pro Barça, mas a estreia vai ser apenas em 2016. Os trios MSN e BBC continuam firmes.

Convido vocês a refazer virtualmente os giros do Fut Pop Clube por dez dos vinte estádios da primeira divisão!

Começando pelo Camp Nou!

camp nou 018
Este ano o blog acompanhou in loco a grande vitória do Barça sobre o PSG, no caminho de Berlim. Em 2011, viu o Pep Team conquistar a Supercopa no segundo e nervoso El Clasico contra o Real de Mourinho.

Também revisitei o Campo de Fútbol de Vallecas, do guerreiro Rayo Vallecano. Detalhe: foi contra o vizinho rico, o Real Madrid.

Campo de Vallecas.
Campo de Vallecas.

Continuar lendo “Espanha, sua linda!”

Atlético de Madrid 2015-16.

Atualizado em agosto de 2015

O Atleti ficou no grupo C da Champions, com o Benfica, Galatasaray e Astana, do Casaquistão.

Detalhe da nova camisa
Detalhe da nova camisa

Conseguirá Diego Simeone remontar o Club Atlético de Madrid mais uma vez? Perdeu Miranda, perdeu Mandzukic, perdeu o ídolo Arda Turan… em compensação ganhou o excelente atacante colombiano Jackson Martínez (ex-Porto) e trouxe o lateral Filipe Luís de volta.

11705332_10153443724207389_5607747427633360284_n Continuar lendo “Atlético de Madrid 2015-16.”

Atlético de Madrid 2020. Estádio novo. Técnico: El Cholo !?

A mídia espanhola noticia que o Atlético de Madrid quer a renovação até 2020 do contrato do técnico argentino Diego “El Cholo” Simeone. Segundo o texto de Juan Gato, do “Vozpópuli”, o atual campeão de La Liga já começou a negociar com o treinador a extensão do atual contrato, de 2017 até 2020. El Cholo sabe do interesse do clube e, segundo Juan Gato, do “Vozpópuli”, pede a contratação de estrelas como Reus (acabou de renovar com o Borussia), a volta do goleiro Courtois e o passe do atacante uruguaio Cavani (PSG), além de jovens que já se destacam: o filho Giovanni Simeone (atacante do River Plate e da Albiceleste sub-20) e o zagueiro Emanuel Mammana (também do River e Argentina Sub-20).
Para ajudar nos sonhos, os colconheros contam com um novo investidor, o magnata chinês Wang Jianlin, que comprou 20% do Atlético de Madrid. E um dos objetivos da renovação com Simeone seria garantir uma transição tranquila do Calderón pro novo estádio, deixando o torcedor mais tranquilo. Vai ser (pelo menos) a quinta mudança de estádio do time desde a fundação, em 1903. Estádio novo, técnico ganhador, mais dinheiro, astros da bola… é o projeto Atlético 2020.

Coleção de memorabilia @Futpopclube
Coleção de memorabilia @Futpopclube

O Atlético de Madrid está construindo um estádio para uns 67 mil rojiblancos – capaz de receber quase 15 mil colchoneros a mais que o Vicente Calderón (que fica à beira do rio Manzanares, uma área recentemente reurbanizada e que há tempos a prefeitura de Madri estava de olho). La Peineta deveria ser o estádio olímpico se rolassem os Jogos Olímpicos de Madri 2020. Como a Olimpíada vai ser em Tóquio, o projeto mudou e La Peineta vai ser se tornar um estádio só do Atleti, só de futebol, sem pista de atletismo. A principal avenida de acesso ao estádio (que sobe perto de 3 estações do Metrô madrilenho) vai se chamar Luís Aragonés (1938-2014), ídolo atlético como jogador e treinador, mister campeão da Euro 2008 com La Roja.

Deve ser uma dureza pro torcedor de carteirinha do Atlético de Madrid pensar em deixar o Vicente Calderón... FOTO @Futpopclube
Deve ser uma dureza pro torcedor de carteirinha do Atlético de Madrid pensar em deixar o Calderón… FOTO @Futpopclube

 

  • Posts relacionados:

Continuar lendo “Atlético de Madrid 2020. Estádio novo. Técnico: El Cholo !?”

Atlético de Madrid 2014-15

Atualizando em setembro de 2014.

O atacante Antoine Griezmann, 23 anos, destaque da França e da Real Sociedad, é o novo jogador do campeão espanhol.
Ele se junta ao croata Mario Mandzukic, que estava no Bayern desde 2012, e vai usar na temporada 2014-15 a camisa do Atlético de Madrid. Continuar lendo “Atlético de Madrid 2014-15”

Espetáculo da torcida do Atlético de Madrid.

image

Ontem vi um show de uma banda espanhola chamada Baron Rojo. Quase 3 horas de rock and roll pesado (fotos, pitacos e setlist breve na Coluna de Música). Hoje o concerto foi da torcida do Atlético de Madrid. Que joga junto com o time de Simeone. Por si, o estádio Vicente Calderón já tem uma das melhores atmosferas pro futebol que já vi. Clima de Copa sem as frescuras do Mundial.

image

A festa só não foi maior porque o travessão e o goleiro do Málaga impediram a vitória do Atleti. Willy Caballero é argentino como Cholo Simeone, técnico e grande ídolo dessa equipe.

image

O hino, as músicas de estádios e um refrão com o nome de outro técnico ídolo, Luis Aragonés, ajudam a empurrar esse time.
Agora ficou tudo pra última rodada. Continuar lendo “Espetáculo da torcida do Atlético de Madrid.”

Time – e torcida – de guerreiros.

Ganar, ganar, ganar y volver a ganar“,o  lema de Luis Aragonés, ídolo dos #rojiblancos como jogador e técnico (morreu há 2 meses), foi lembrado pelo mosaico da torcida no Calderón.

http://clubatleticodemadrid.com/
http://clubatleticodemadrid.com/

Depois de 40 anos, o Atlético de Madrid volta a uma semifinal de Champions. A principal competição europeia ainda se chamava Copa dos Campeões quando o Atleti chegou. Na temporada 1973/74, perdeu a final da Europa para um tal de Bayern. Mas os colchoneros disputaram a Copa Intercontinental (ou Mundial de Clubes, ao gosto do freguês) porque os bávaros desistiram. E em duas partidas contra o então o bicho-papão da Libertadores, Independiente de Avellaneda, cá e lá, o Atlético foi campeão do mundo. Na virada do milênio, o Atlético (que nunca tinha caído na liga espanhola) passou duas temporadas no inferno da segundona. Nos últimos anos, voltou a ganhar copas. Liga Europa (2 vezes), Supercopa de Europa (outras duas), uma Copa do Rei (2013). O time em que brilharam os brasileiros Luís Pereira, Leivinha e Juninho Paulista, hoje tem o excelente zagueiro Miranda, o lateral Filipe Luís e os Diegos (Costa e Ribas – o ex-santista foi importantíssimo nestas quartas de final). O grande e tradicionalíssimo clube espanhol voltou a crescer, no meio da dicotomia Real Madrid x Barça. E nesta temporada (2013-14), o time de guerreiros de Diego Simeone voltou a disputar pra valer a liga espanhola, com chances reais de título. Lidera a competição neste momento. Mas a última partida é fora de casa. Contra o Barcelona que o #Atleti eliminou hoje da Europa. Koke, 1×0. Fora o show de bolas na trave. Este bravíssimo Atleti está entre os quatro melhores da Europa, ao lado do campeão Bayern, que eliminou o Man United, do Chelsea e do vizinho Real Madrid, que tem um quintal bem maior e eliminou um também bravo Borussia Dortmund. Sorteio das semifinais na sexta-feira. 7h, horário de Brasília. Boa sorte, guerreiro! Continuar lendo “Time – e torcida – de guerreiros.”

Até onde pode ir este Atlético de Madrid?

dscn1905
“Yo me voy al Manzanares/al estádio Vicente Calderón/donde acuden a millares/los que gustan de emoción…”

O Atlético de Madrid avançou  às quartas da Champions. Tá certo que o Milan não é mais o mesmo, mas os #rojiblancos venceram com autoridade. 4 a 1. Um time guerreiro, com a marca do técnico Diego Simeone, que mostra técnica e garra encarnadas por outro Diego, o brasileiro Diego Costa, que vem ao Brasil na Copa com a camisa da Espanha.

Sem a mesma grana e elenco de Real Madrid e Barcelona, com quem disputa ponto a ponto a liga espanhola, terá fôlego o Atlético para conciliar as duas competições?

Será que os colchoneros podem chegar à final, em 24 de maio, no estádio do Benfica, em Lisboa? Eu já tô tentando meu ingresso… Continuar lendo “Até onde pode ir este Atlético de Madrid?”

Uma decisão de cinema.

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Neymar deve ter, nas últimas duas quarta-feiras deste mês, sua primeira decisão no futebol espanhol (não considerando o troféu Joan Gamper). Barcelona – campeão da liga nacional – e Atlético de Madrid – campeão da Copa do Rei – abrem a temporada disputando a Supercopa de España. São duas partidas, a primeira em Madrid (21 de agosto, no Vicente Calderón) e a segunda em Barcelona.  E essa segunda partida, em 28 de agosto, será transmitida do Camp Nou ao vivo para uma rede de 33 cinemas no Brasil (18h de Brasília). O Barça de Messi, Neymar, Xavi, Iniesta e companhia enfrenta o Atlético de Madrid do ex-blaugrana David Villa e dos brasileiros Filipe Luís, Miranda e Baptistão (que se destacou no Rayo Vallecano). Mais detalhes dentro do post.
Continuar lendo “Uma decisão de cinema.”

Atlético de Madrid e Fiorentina fizeram a maior festa para seus novos atacantes.

"Maravilla" FOTO A.G.  http://www.clubatleticodemadrid.com/ | https://www.facebook.com/AtleticodeMadrid
“Maravilla” FOTO A.G. http://www.clubatleticodemadrid.com/ | https://www.facebook.com/AtleticodeMadrid

A apresentação de David Villa com a 9 do Atlético de Madrid levou 20 mil rojiblancos ao estádio Vicente Calderón.
O site da Fiorentina diz que o “Mario Gomez Day” reuniu 20 mil pessoas no Stadio Artemio Franchi (a página do clube fala em 30 mil). O “bomber” alemão vai vestir a 33 no clube viola.

Continuar lendo “Atlético de Madrid e Fiorentina fizeram a maior festa para seus novos atacantes.”