Bola na Tela: “Take the Ball, Pass the Ball”.

Bola na Tela: “Take the Ball, Pass the Ball”.

Post publicado em 9 de novembro de 2018

Take the ball, pass the ball.

O mantra repetido pelo hoje técnico do Manchester City dá o nome ao documentário coproduzido pela catalã Zoomsport e pela Universal Pictures com colaboração da Mediapro. Take the Ball, Pass the Ball (ou Toca y Pasa el Balón, no título em castelhano) trata dos quatro anos de Pep Guardiola no Barça. Passa em cinemas da Catalunha e da Inglaterra nesta sexta-feira. Ainda em novembro, vai ter sessões únicas em outras cidades da Europa (confira aqui).

Xavi, Iniesta, Piqué, Daniel Alves, Henry, Puyol, Busquets, Mascherano, Abidal, Eto’o e, claro, Messi dão seus depoimentos sobre a era Guardiola.

Duncan McMath, Graham Hunter, Marc Guillén e Víctor M. Gros assinam o documentário, baseado no livro “Barça – A Construção e a Trajetória do Melhor FC Barcelona de Todos os Tempos”, de Graham Hunter, publicado no Brasil pela Grande Área.

Continuar lendo “Bola na Tela: “Take the Ball, Pass the Ball”.”

25 anos de um título que mudou a história do Barça

20 de maio de 2017

fcbarcelona.com

Na Copa dos Campeões de 1961, em Berna, Suíça, o Barça bateu na trave. Literalmente. Quatro bolas na trave. 3 a 2 para o Benfica campeão. Sevilha, 1986. O Barça perdeu a taça nos pênaltis para o Steua Bucareste. Wembley, 1992: no palco sagrado do futebol, com um gol do holandês Ronald Koeman a 9 minutos do fim da prorrogação, derrotou a Sampdoria. Imagino que muitos blaugranas já pensavam: “de novo, pênaltis?”. Só que não.  Enfim, o Barça campeão europeu – a primeira de suas cinco copas de Europa. Continuar lendo “25 anos de um título que mudou a história do Barça”

… e o Man City foi o que mais gastou.

O bilionário Manchester City consumiu o equivalente a 213 milhões de euros (por exemplo, o Barça gastou 122) para aumentar ainda mais o brilho de sua ‘máquina’, sem falar na contratação do ‘piloto’ mais falado do mundo, o técnico catalão Pep Guardiola. Vai pegar fogo o Grupo C da Champions, onde o City vai pegar exatamente o Barça onde Pep surgiu pro mundo, o Celtic e o Borussia Monchengladbach.

Bravo! https://www.facebook.com/mancity
Bravo! https://www.facebook.com/mancity

IN> Claudio Bravo (goleiro bicampeão da Copa América pelo Chile, bicampeão espanhol e da Copa do Rei, em 2015 vencedor da Champions e Mundial pelo Barça). Quer saber exatamente por que Guardiola fez questão de contratar o goleiro chileno? Leia a detalhada reportagem de Adam Bate, Sky Sports. E mais, muito mais: John Stones (zagueiro, ex-Everton), Leroy Sané (ponta, ex-Schalke), Ilkay Gündogan (meio-campo, Alemanha, ex-Borussia Dortmund), Nolito (centroavante, seleção da Espanha, ex-Celta)
Na virada do ano novo, chega o ótimo atacante Gabriel Jesus, campeão olímpico, já comprado do Palmeiras. O City também contratou Marlos Moreno, campeão da Libertadores pelo Atlético Nacional, já emprestado ao Deportivo La Coruña e Oleksandr Zinchenko (Ufa), emprestado ao PSV.
< OUT : Joe Hart (emprestado ao Torino), Mangala (emprestado ao Valencia), Nasri (emprestado ao Sevilla), Wilfried Bony (emprestado ao Stoke).
Técnico: Pep Guardiola, o novo amigo do jovem torcedor citizen Braydon Bent. Vale ver a corrida no táxi do Pep…

Outras *** estrelas ***: Kompany, Zabaleta, Sterling, Agüero, Navas, DeBruyne, David Silva, Touré.

Brasileiros: Fernandinho e Fernando vão ter a companhia de Gabriel Jesus em 2017.

Elenco completo: Continuar lendo “… e o Man City foi o que mais gastou.”

Manchester City 2016-2017

Manchester City 2016-2017

Imagine trocar todo o visual de um time de futebol, tanto na internet, como no estádio, na sede, na papelada etc. O Manchester City começou a semana de roupa nova – o uniforme da Nike para a temporada 2016-2017 já saiu com o escudo redesenhado dos citizens  – e de técnico novo, Pep Guardiola. O treinador mais badalado do mundo,  tricampeão alemão pelo Bayern – sem falar nos catorze títulos da era Guardiola no Barça.

13568904_1076525139050760_246396041888193276_o
Home kit: Man City 16-17 (Nike)

Guardiola já tem reforços como o atacante Nolito (ex-Celta de Vigo), que fo cobiçado pelo Barça, e o meia Gundogan (ex-Borussia) que vão se juntar a astros como Agüero, David Silva, De Bruyne, Nasri, Navas, Sterling, Yaya Touré, o capitão Kompany. O treinador catalão bateu um papo com um torcedor ilustre e fanático do City, o roqueiro Noel Gallagher. Mandaram bem nas perguntas… Se você tem 20 minutos, vale conferir o vídeo abaixo, divulgado pelos citizens no You Tube (há legendas em espanhol).


Pra dar uma ajudinha ao Pep a cantar “Blue Moon”, um hino para os torcedores do Man City, (re)convocamos o irmão do Noel, o Liam Gallagher, que há cinco anos participou do lançamento da camisa 2011-12 do City (então vestido pela Umbro) e ao mesmo tempo lançou um single da sua banda Beady Eye. Continuar lendo “Manchester City 2016-2017”

E agora, Josep?

Quando a temporada 2016-17 começar, o Manchester City vai ter não só um novo escudo, como um novo técnico. E que técnico: Pep Guardiola, que está terminando seu contrato de três anos com o Bayern e já tinha anunciado que não renovaria com os bávaros. O “de Santpedor” era um sonho de consumo do rico time azul de Madchester faz tempo – lá estão camaradas de Guardiola nos tempos de Barça, o diretor executivo Ferran Soriano e o diretor de futebol Txiki Begiristain.

E vice-versa. Pep queria disputar a Premier League, assim como quer dirigir a seleção brasileira um dia.  O comunicado oficial foi divulgado nesta segunda-feira pelo City.
12640307_10156566532020455_4401052900183680722_o
Como fica o ânimo do técnico dos citizens, Manuel Pellegrini, o engenheiro, a partir de agora? E o Bayern? Seus jogadores, suas torcidas? Continuar lendo “E agora, Josep?”

Dica de leitura: “Guardiola Confidencial”.

3-4-3? 4-3-3? 4-1-4-1? Para Pep Guardiola, essas nomenclaturas de sistemas táticos de futebol são como números de telefone. E o treinador odeia a expressão tiki-taka, ficar tocando a bola apenas por tocar. Quer ganhar, sempre, e do seu jeito de jogar futebol. No livro
10984102_894088160627793_2447121546588417667_nGuardiola Confidencial (Herr Pep, na premiada versão original),  o jornalista Martí Perarnau conta que o treinador catalão atirou no lixo um jornal que destacou uma declaração de Lotthar Matthaus (“o tiki-taka chegou à Bavária”). Martí Perarnau mergulhou na primeira das três temporadas de Guardiola no comando do Bayern, teve acesso total aos treinos e bastidores, em troca do compromisso de só revelar depois que a temporada 2013-14 acabasse. “No livro, você pode escrever tudo o que ver e criticar tudo o que quiser, mas durante a temporada não conte fora o que descobrir dentro do Bayen”, disse Guardiola. Em 2015, o livraço de Perarnau ganhou edição brasileira por uma nova editora, a Grande Área. O título aqui é Guardiola Confidencial. 408 páginas, R$ 44,90. Continuar lendo “Dica de leitura: “Guardiola Confidencial”.”