25 anos de um título que mudou a história do Barça

20 de maio de 2017

fcbarcelona.com

Na Copa dos Campeões de 1961, em Berna, Suíça, o Barça bateu na trave. Literalmente. Quatro bolas na trave. 3 a 2 para o Benfica campeão. Sevilha, 1986. O Barça perdeu a taça nos pênaltis para o Steua Bucareste. Wembley, 1992: no palco sagrado do futebol, com um gol do holandês Ronald Koeman a 9 minutos do fim da prorrogação, derrotou a Sampdoria. Imagino que muitos blaugranas já pensavam: “de novo, pênaltis?”. Só que não.  Enfim, o Barça campeão europeu – a primeira de suas cinco copas de Europa.

 

O Barça jogou com o seu segundo uniforme na época, laranja, hoje histórico e raríssimo – deveria ser relançado pela Nike! Na pose já como campeão, aparece com a tradicional camisa 1, azul e grená, sobre o uniforme laranja. As camisas eram feitas pela Melba, fabricante de Barcelona, mesmo.

fcbarcelona.com

Esse escrete do Barça ficou conhecido como Dream Team.  Zubizarreta, Nando, Koeman, Ferrer, Pep Guardiola (depois Alesanco), Eusebio, Bakero, Rodriguez, Salinas (depois Goikoetxea), Laudrup e Stoitchkov. A Samp, de branco, tinha jogadores como Pagliuca, Vierchowod, Toninho Cerezo, Lombardo e Viali.

Técnico? Cruyff, que estabeleceu o DNA do Barcelona que a gente conhece hoje. O site da CNN foi mais radical: “a partida que mudou o futebol (leia aqui)”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s