Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.

Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.
Aí, Steve Harris, o time de futebol do Iron Maiden poderia jogar com esse uniforme bolado pelo Matheus Viana…

A temporada 2017-18 do campeonato inglês começou com um jogão, sete gols, duas viradas: Arsenal 4×3 Leicester City. Aproveito a primeira rodada da Premier League da vida real para compartilhar um golaço do designer brasileiro Matheus de Souza Viana. Ele “viajou” (no bom sentido e entre aspas) criando camisas de futebol e distintivos para 20 bandas de rock inglesas, dos Beatles aos Arctic Monkeys. Saiu antes na página Idea Fixa (que me foi indicada pelo batera Vlad Rocha).

Pra começar, o designer botou uma coroa em forma de cabelo moicano, do leãozinho da Premier League, que você pode ver na imagem destacada, no alto deste post. E chegou a incluir nos “mantos sagrados” das sacrossantas bandas as marcas de fornecedores habituais de equipamento esportivo (adidas, Nike, Puma, Umbro) e até patrocinadores de peito, ligados a marcas de equipamentos musicais, como fabricantes de guitarras (Fender, Gibson, Rickenbacker, Epiphone). Demais! O campeonato de bandas imaginado pelo designer Matheus Viana tem muito classic rock entre os favoritos ao título: Beatles, Stones, Who, Queen…

Este slideshow necessita de JavaScript.

É um trabalho pessoal do Matheus Viana, um exercício criativo, sem patrocínios nem fins lucrativos, ou seja, não vão ser vendidas camisas com esse visual. Olha as ideias

A ideia é brincar com a hipótese de misturar o futebol e o rock’n’roll, pensando em como poderia ser o campeonato inglês de futebol se fosse disputado por bandas inglesas de rock”, explica o designer.

Então, vejam como seriam os visuais do triunvirato do rock pesado inglês do final dos 60 -Sabbath, Led, Purple- e o progressivo Pink Floyd, do Roger Waters, um fanático torcedor do Arsenal.

O Lemmy não estava nem aí para futebol, mas o pesado e rápido Motörhead também entra na liga virtual do Matheus Viana, além dos punk rockers do Clash (Joe Strummer é dos blues, torcedor do Chelsea) e dos Sex Pistols (John Lydon fanático gunner, Steve Jones e Paul Cook, também eram blues).

Será que nos estádios desse campeonato virtual, o fã-clube do Police adotaria “Every Breath You Take” como uma espécie de “You’ll Never Walk Alone”?

Home Kit imaginário do The Police, por Matheus Viana.

Repare nas mangas da imaginária camiseta do Joy Division – o designer Matheus Viana se inspirou na capa do discão “Unknown Pleasures”.

Mais ideias criativas dentro do post.

Continuar lendo “Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.”

La Liga Santander 17-18

La Liga Santander 17-18

Saiu hoje a tabela do campeonato espanhol 2017-18. Os clássicos Barça-Madrid vão ser em 20 de dezembro, no Bernabéu, e em 6 de maio de 2018, antepenúltima rodada, no Camp Nou. Na primeira rodada, em um mês, no fim de semana de 19 e 20 de agosto teremos:

  • O Dépor recebe o todo poderoso Real Madrid de Zidane, campeão de Liga e Champions.
  • Levante x Villarreal
  • Celta x Real Sociedad
  • O Barça de Ernesto Valverde estreia na Liga recebendo o Betis. Com ou sem Neymar, eis a questão.
  • Leganés x Alavés
  • Sevilla x Espanyol
  • Athletic x Getafe
  • Málaga x Eibar
  • O caçula Girona faz seu primeiro jogo “ever” na 1ª divisão em casa, contra o Atlético de Madrid de escudo novo aí. Histórico!
  • Valencia x Las Palmas

Aliás, o Atlético de Madrid faz as 3 primeiras partidas fora, para estrear no estádio novo, Wanda Metropolitano, em 16 ou 17 de setembro, contra o Málaga. Confira o calendário todo aqui.

Já se conhecem os principais uniformes dos 20 clubes que vão disputar a temporada 17-18 de La Liga. A alemã adidas veste cinco clubes: o Real Madrid, o Valencia, a Real Sociedad, o Real Betis e o Celta de Vigo.  E a americana Nike, três: o Barça, o Atlético de Madrid e o Málaga.

A Joma fornece os uniformes de quatro clubes: Espanyol, Villarreal, Leganés e Getafe, de volta à La Liga.

O Athletic começa nesta temporada o contrato com a americana New Balance, que continua com o Sevilla. A italiana Macron fornece as #equipaciones do Dépor de La Coruña e do Levante, que também está de volta à primeira.

A Umbro volta à La Liga Santander com a camisa do Girona, clube catalão que estreia na primeira divisão. A marca espanhola Kelme acaba de começar o acordo com o Deportivo Alavés. A Puma Football mantém negócio com o Eibar. E a Acerbis continua a fazer os uniformes de Las Palmas.

Clique em qualquer imagem da galeria abaixo para ver os detalhes dos “home kits” dos 20 clubes da primeira espanhola em 2017-18.

Dentro do post, as segundas camisas e, quando disponíveis, os terceiros uniformes. Continuar lendo “La Liga Santander 17-18”

O time mais rico do mundo

O time mais rico do mundo

Facebook:  73 milhões de curtidas e contando. Instagram: 17,7 milhões.
Twitter: mais de 11,2 milhões. Google +: quase sete milhões de seguidores.
São os números (em 25/05/17) das redes sociais do Manchester United, o time de futebol mais rico do mundo (Deloitte Football Money divulgado em 2017), mesmo tendo chegado apenas em quinto lugar no Inglês 2015-16. Receita de 689 milhões de euros, quase setenta milhõezinhos a mais que Barça e Real Madrid na temporada 15-16, analisada pelo relatório mais recente da Deloitte. Fruto dos grandes contratos (Chevrolet, adidas), direitos de transmissão de TV, mais a grana que Old Trafford movimenta em dias de jogos (e fora deles!).
No começo de março de 2017, tive a oportunidade de fazer o tour pelo museu do United, que fica dentro do estádio Old Trafford. Como já era um finzinho de tarde, não dava mais para acessar o campo. Era pegar ou largar.

O uniforme do Newton Heath, no começo da linha do tempo do United

A flamulinha ao lado indica o ano de fundação: 1878. Primeiro como Newton Heath, que era verde e amarelo (em 1992, a Umbro fez um terceiro uniforme com o visual verde-amarelo). Só passou a ser chamado Manchester United em 1902. Desde 1910, os Red Devils estão em Old Trafford,  investimento inicial de 40 mil libras, na grande Manchester. Infelizmente, a história do time vermelho tem uma coisa em comum com o Verdão do oeste catarinense. Em fevereiro de 1958, um acidente de avião em Munique acabou com parte de uma jovem geração promissora e já vitoriosa, os Busby Babes, comandados por Sir Matt Busby – que sobreviveu à tragédia de Munique.

Primeira página do Daily Herald, fevereiro de 1958.

Para um brasileiro, é impossível não lembrar da tragédia da Chapecoense em 2016, impossível não se emocionar na sala dedicada aos Busby Babes, que tem vários painéis e gavetas forradas de jornais de 1958.

Homenagem a Matt Busby

Sir Bobby Charlton, Denis Law e George Best, o quinto beatle, o primeiro football star na Inglaterra. 470 partidas, 179 gols pelo Manchester. Com a United Trinity dos Red Devils em campo, Busby levou o United à primeira de três Copas/Ligas dos Campeões, em 1967-68. Dez anos depois da tragédia.

Continuar lendo “O time mais rico do mundo”

Museu do Chelsea: cultura de futebol e música pop.

Museu do Chelsea: cultura de futebol e música pop.

Publicado em 12 de maio de 2017

Tours por estádios e museus de times são um clássico para o torcedor/simpatizante de algum time e para o fã de futebol de modo geral. Fiz a visita ao Chelsea Football Club em março de 2017 e este post aqui é sobre a parte do museu dos #blues neste tour, que pode incluir uma visita (guiada) pelo interior do estádio Stamford Bridge, com acesso ao vestiários, setor de imprensa e beirinha do gramado. Adultos pagam 19 libras pela tour que junta estádio e museu (mais recomendando para quem não conhece Stamford Bridge). Metrô: Fulham Broadway. O ponto de encontro da tour fica ao lado da Matthew Harding Standing, uma das tribunas do estádio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Um bom espaço é dedicado ao elenco que conquistou título europeu, a Champions League 2011-12. Na Europa, o Chelsea também tem duas Recopas, uma Supercopa e uma Liga Europa.

Com a conquista da Premier League 2016-17, o Chelsea tem seis títulos ingleses de primeira divisão. O primeiro foi o da temporada 1954-55, quando a Football League Division I era a elite. De 2004-05 para cá, foram cinco ligas. Na época da visita, eram quatro as taças da Premier League no museu.

A Premier League de 2016-17 já já se junta a estas quatro copas.

Continuar lendo “Museu do Chelsea: cultura de futebol e música pop.”

As camisas 2017 do Vasco e os 90 anos do caldeirão de São Januário.

As camisas 2017 do Vasco e os 90 anos do caldeirão de São Januário.

Neste 21 de abril em que o estádio de São Januário completou 90 anos, a Umbro apresentou os novos uniformes 1 e 2 do Vasco da Gama. Ambos contém homenagens ao aniversário do caldeirão cruzmaltino.
Em 2017, o novo primeiro uniforme do Vasco, preto, com a tradicional faixa diagonal branca na frente e nas costas, tem gola polo preta com detalhe em branco e chega às lojas com duas modelagens: game, igual à que os jogadores usam, e fan, mais confortável para os torcedores.

Dentro do post, os detalhes do segundo uniforme. Continuar lendo “As camisas 2017 do Vasco e os 90 anos do caldeirão de São Januário.”

Terceira camisa do Cruzeiro 2016, em homenagem aos campeões de 1966.

Terceira camisa do Cruzeiro 2016, em homenagem aos campeões de 1966.

Chega às lojas oficiais do Cruzeiro nesta segunda-feira, 21/11/2016 (e em outras lojas de material esportivo dia 26) o novo uniforme 3 da Raposa, lançado neste domingo no empate em 2×2 contra o Santos.

cruzeiro
Uniforme 3 do Cruzeiro 2016 (Umbro)

Os uniformes feitos pela Umbro em estilo retrô (até nos logotipos dos patrocinadores) representam uma homenagem à conquista da Taça Brasil de 1966 (nas finais, o Cruzeiro goleou o então pentacampeão Santos por 6 a 2 no Mineirão e voltou a vencer no Pacaembu, por 3×2). Em 2010, a CBF unificou os títulos da Taça Brasil e Robertão de 1959 a 1970 com o Brasileirão. E passou a considerar o Cruzeiro campeão brasileiro em 1966.fb_img_1480013206681
Continuar lendo “Terceira camisa do Cruzeiro 2016, em homenagem aos campeões de 1966.”