Les Bleus 2018

Les Bleus 2018

O técnico da França, Didier Deschamps, convocou três jogadores do PSG, três do Olympique, três do Monaco, um do Lyon, dois do Chelsea, dois do Barça, dois do Atleti, um do Real, um do Sevilla e também um jogador de cada uma destas equipes: Tottenham, Man City, Man United, Bayern, Stuttgart e Juve. Ou seja, atletas acostumados às principais ligas europeias. A Équipe de France vai disputar as vagas do grupo C contra Austrália, Peru e Dinamarca.
Gardiens (goleiros):

  • Aréola, Paris Saint-Germain
  • Lloris, Tottenham
  • Mandanda, Olympique de Marselha

Défenseurs (defensores):

  • Lucas Hernández, Atlético de Madrid
  • Kimpembe, Paris Saint-Germain
  • Mendy, Manchester City
  • Pavard, Stuttgart
  • Rami, Olympique de Marselha
  • Sidibé, Monaco
  • Umtiti, Barcelona
  • Varane, Real Madrid

Milieux de terrain (meio-campistas:

  • Kanté, Chelsea
  • Matuidi, Juventus
  • N’Zonzi, Sevilla
  • Pogba, Manchester United
  • Tolisso, Bayern

(Attaquants) atacantes:

  • Dembélé, Barcelona
  • Fekir, Lyon
  • Giroud. Chelsea
  • Griezmann, Atlético de Madrid
  • Lemar, Monaco
  • Mbappé, Paris Saint-Germain
  • Thauvin, Olympique de Marselha

*FIGURINHAS COM ASTERISCO:

Continuar lendo “Les Bleus 2018”

A jovem Inglaterra para a Copa 2018

A jovem Inglaterra para a Copa 2018

Gostei de um vídeo da Footbal Association: a federação inglesa anunciou os 23 convocados pelo técnico Gareth Southgate para a Copa na Rússia com um clip divertido e bem produzido.


E não é só o vídeo da convocação que tem uma linguagem pra atrair a molecada. Jovem técnico, Southgate convocou um English Team com apenas cinco remanescentes do ‘grupo da morte’ no Mundial 2014, disputado aqui no Brasil. O Tottenham é o clube mais representado (5 jogadores dos Spurs), à frente do novo campeão inglês, Man City (quatro atletas), Man United (também quatro), Liverpool (dois do finalista da Champions foram chamados), Leicester (dois do antepenúltimo campeão inglês). O Chelsea, campeão da temporada passada, tem o experiente Cahill no time que vai à Rússia e mais o jovem Ruben Loftus-Cheek, emprestado ao Crystal Palace.Arsenal, Everton, Stoke, Burnley cederam um cada.
Goleiros:

  • Jack Butland, Stoke City, 25 anos
  • Jordan Pickford, Everton, 24 anos
  • Nick Pope, Burnley, 26 anos

Defensores:

  • Ashley Young, Manchester United, 33 anos
  • Gary Cahill, Chelsea, 33.
  • John Stones, Manchester City, 24.
  • Kieran Trippier, Tottenham Hotspur, 28 anos
  • Kyle Walker, Manchester City, 28 anos.
  • Danny Rose, Tottenham, 28 anos.
  • Fabian Delph, Manchester City, 29 anos
  • Harry Maguire, Leicester City, 25.
  • Phil Jones,Manchester United, 26 anos
  • Trent Alexander-Arnold, Liverpool,20 anos, chamado pela primeira vez para a seleção principal

Meio-campistas:

  • Eric Dier, do Tottenham, 24 anos.
  • Jesse Lingard, Manchester United, 26 anos
  • Ruben Loftus-Cheek, estava no Crystal Palace, emprestado pelo Chelsea, 22 anos
  • Jordan Henderson, Liverpool, 27
  • Dele Alli, Tottenham, 22 anos

Atacantes:

Retrô: Tottenham Hotspur 1978

Retrô: Tottenham Hotspur 1978

A camisa desta sexta-feira. Retrô do Tottenham Hotspur 1978, quando chegaram os argentinos Osvaldo Ardiles e Ricardo Villa. Tem o selo da Admiral, marca que vestiu os Spurs de 1977 a 80.

Ossie Ardiles e Ricky Villa chegaram a White Hart Lane como campeões do mundo, depois da Copa de 1978. Continuar lendo “Retrô: Tottenham Hotspur 1978”

Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018

Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018

Foram dez jogos em cerca de 20 dias. Dez estádios diferentes, oito deles inéditos para o blog Fut Pop Clube. Abaixo, um resumo do #RolêDoFutPopClube, temporada 2018, por campos da Inglaterra e Espanha.

  • Tottenham Hotspur 2×0 Huddersfield Town FC, Wembley Stadium, 3 de março de 2018.

    Vitória do Tottenham em Wembley, 3 de março de 2018.

Conhecer Wembley era um sonho de muitos anos – infelizmente não visitei o estádio como era antes. A temporada inteira dos Spurs no estádio nacional da Inglaterra, casa oficial da seleção inglesa, proporcionou a oportunidade. Ok, não foi nenhum clássico, mas uma partida em que os lillywhites consolidaram a boa campanha na Premier League 2017-2018 com mais uma vitória, pela 29ª rodada. Fui pra ver Harry Kane e acabei assistindo ao sul-coreano Son brilhar, marcando os dois gols. Atmosfera muito bacana, que já começa no caminho entre a estação Wembley Park e o estádio. Tente resistir à oferta de programas, cachecóis, pins e até flâmulas nas bancas e mãos dos vendedores…

Wembley, 3/03/2018

O brasileiro Lucas Moura (São Paulo, PSG) entrou no final, puxou algumas bolas, mas não foi muito adiante em contra-ataques. 68.311 espectadores contribuíram para o belo espetáculo. Mais desse jogo no post anterior. Dias depois, os Spurs seriam eliminados da Champions pela Juve dentro de Wembley.

  • Crystal Palace 2×3 Manchester United, Selhurst Park, 5 de março de 2018
Selhurst Park, março de 2018.

Dois dias depois do jogo do Tottenham, ainda pela rodada 29 da Premier, FutPopClube foi ao sul de Londres numa segunda-feira à noite conhecer o estádio do Crystal Palace, numa partida emocionante contra o Man United, de José Mourinho. Vinte e oito mil pessoas no Selhurst Park, que é um alçapão – tive a sensação que aquilo é um barril de pólvora que pode explodir a qualquer momento. Panela de pressão total, tribunas grudadas no campo. Uma torcida participante o tempo todo empurrou o Palace, que abriu 2×0. Mas quando Mourinho mandou o United pra frente, no segundo tempo, o time da casa não resistiu. E perdeu de virada no finalzinho. Claro que a torcida do azul e vermelho do sul de Londres ficou p… da vida (o time vai lutar pra não cair), mas deu show a partida toda. Ouça um dos cantos:

Não sei se por ser um jogo contra o Manchester United, mas Selhurst Park confirmou todas as expectativas e até as superou. Um dos melhores ambientes futboleros encontrados nesta viagem, se não o melhor. Parabéns, Palace! Se cair, que volte logo. Mais neste post aqui.

Continuar lendo “Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018”

Sul-coreano Son definiu a vitória do Tottenham Hotspur contra o Huddersfield, em Wembley.

Sul-coreano Son definiu a vitória do Tottenham Hotspur contra o Huddersfield, em Wembley.

Wembley, 3 de março de 2018


Camisa 7 do Tottenham, o rapidinho sul-coreano Heung-Min Son fez os dois gols na vitória dos lillywhites contra o Huddersfield Town, para 68.411 espectadores em Wembley.
No primeiro, bola de Harry Kane para Dele Alli, que deu passe açucarado para Son. O sul-coreano teve calma e classe para limpar o goleiro Jonas Lössl e tocar pro fundo das redes. Eram decorridos 27 minutos do primeiro tempo.

No segundo tempo, quando o Huddersfield parecia querer empatar, o mesmo trio resolveu. Dele Alli recuperou a bola, Kane lançou para Son marcar de cabeça, no canto inverso do goleiro.

O brasileiro Lucas Moura entrou faltando 7-10 minutos.

Ele é rápido, tem classe”, comentaram os torcedores do Spurs perto deste que vos bloga.

Só que em vez de aproveitar essa velocidade, nos minutos em campo Lucas recuperava a bola, num rebote, e tocava para alguém puxar o contra-ataque.

Num dos quatro corners, ficou a torcida do Huddersfield, que fez barulho. Já principal canto dos torcedores do time da casa é o “come on you, Spurs” (#COYS virou hashtag) e quando berrado a plenos pulmões por quase 68 mil pessoas, ficou impressionante (a acústica de Wembley é bem marcante).

Na temporada 2017-18, o estádio nacional da Inglaterra, casa da seleção inglesa, palco de finais da Copa da Inglaterra, da Copa da Liga inglesa e das finais das divisões de acesso, é também a casa do Tottenham Hotspur, que está terminando de construir um novo e moderníssimo estádio no local do anterior, White Hart Lane. Nessa temporada, os Spurs mandam em Wembley todos os jogos caseiros, como os de Premier League e os de Champions. Bela oportunidade para o blog Fut Pop Clube conhecer o tempo do futebol, sede das Olimpíadas de 1948 e da Copa do Mundo de 1966, totalmente reconstruído nos anos 2000 (o novo Wembley foi reaberto em 2007 e comporta 90 mil espectadores).

E o estádio e suas redondezas estão completamente preparados para receber o Tottenham, como se fosse o dono da casa, mesmo. Nome e símbolos do clube do norte londrino estão espalhados dentro e fora do estádio – a loja do estádio vende tudo quanto é produto dos Spurs, mas não exclusivamente. Encontrei muitos produtos da seleção inglesa, na real a ‘dona’ da casa, e até algo de outros clubes (do rival Arsenal, Chelsea, United, City).

Wembley Park é a principal estação de metrô de acesso ao estádio, embora não a única. Dela já dá pra ver o estádio.

No fim da jornada, o supertelão externo informa o placar final da partida – alíás, um resultado completamente justo.

O novo visual do Tottenham Hotspur

O novo visual do Tottenham Hotspur

Depois de cinco temporadas com a Under Armour, os Spurs agora ganham uma bolada (consta que 25 milhões de libras por ano) da Nike, que revelou os uniformes do clube do Norte de Londres para a temporada 2017-18. A campanha de lançamento inseriu imagens dos jogadores sobre o novo estádio, que está sendo erguido no lugar de White Hart Lane.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

A camisa titular é bastante básica. Mas como a de visitante, tem uma novidade: um escudo envolvendo o cockerel, o galinho que é o símbolo dos Spurs. Homenagem à dobradinha da temporada 1960-61: o Tottenham foi o primeiro a conquistar campeonato inglês e Copa da Inglaterra no pós-guerra (veja a foto histórica do time campeão no fim do post).

Spurs de Nike: #HomeKit #THFC 17-18

Continuar lendo “O novo visual do Tottenham Hotspur”

Na próxima Premier League, um caçulinha veterano!

15271835_1413881975312229_4057729162999693931_o
Escudo do Huddersfield Town, via Face oficial do clube: facebook.com/htafcdotcom/

Este é o distintivo do Huddersfield Town, que ao vencer o Reading nos pênaltis na final do play-off de acesso, se somou ao Newcastle e ao Brighton & Hove Albion entre as novas camisas da Premier League 2017-18. Os #terriers têm história na elite do futebol inglês antes da Premier League (criada em 1992).

O Huddersfield Town Association Football Club, fundado em 1908, foi tricampeão inglês (de primeira divisão) entre 1923-24 e 1925-26. Mas de 1971-72 até agora andou pela segunda, terceira e até quarta divisões. Os terriers foram treinados por Herbert Chapman, o inventor do sistema WM, bicampeão com o Huddersfield e também com o Arsenal, e três décadas depois por Bill Shankly, ídolo e estátua no Liverpool.
A Premier League saudou o Huddersfield Town como a 49ª equipe a participar da competição – considerando a liga criada em 92. O Brighton também é “caçula” neste formato.

Abaixo, os 49 clubes que disputaram a Premier League desde a temporada 1992-93, incluindo os dois “caçulas” (em negrito os que vão participar da próxima temporada).

  1. Arsenal
  2. Aston Villa – 7 vezes campeão inglês, continua na Championship (segundona), pra tristeza do baixista Geezer Butler
  3. Barnsley – continua na segunda divisão.
  4. Birmingham City – também disputa a segundona
  5. Blackburn Rovers – agora rebaixado para a League One (terceira divisão)
  6. Blackpool – agora promovido para a League One
  7. Bolton Wanderers – acabou de ser promovido para a Championship
  8. Bournemouth
  9. Bradford City – está na League One (terceirona)
  10. Brighton & Hove Albion
  11. Burnley
  12. Cardiff City -hoje disputa a segundona
  13. Charlton Athletic – em grave crise, disputa a League One (terceirona)
  14. Chelsea
  15. Coventry City – agora rebaixado para a League Two, a terceirona
  16. Crystal Palace
  17. Derby County – está na segundona (Championship)
  18. Everton
  19. Fulham – continua na Championship
  20. Huddersfield Town
  21. Hull City – rebaixado agora para a Championship
  22. Ipswich Town – também na segunda divisão
  23. Leeds United – continua na Championship
  24. Leicester City
  25. Liverpool
  26. Manchester City
  27. Manchester United
  28. Middlesbrough – rebaixado para a Championship
  29. Newcastle United – de volta!
  30. Norwich City – está na Championship
  31. Nottingham Forest – o bicampeão europeu permanece na Championship, e olha, tem que agradecer, porque quase caiu!
  32. Oldham Athletic – disputa a League One (terceirona)
  33. Portsmouth -promovido para a League One
  34. Queens Park Rangers – continua na Champioship (segunda divisão)
  35. Reading – permanece na Championship
  36. Sheffield United – o time de coração do def leppard Joe Elliot foi promovido para a Championship
  37. Sheffield Wednesday – vai ter clássico na Championship!
  38. Southampton
  39. Stoke City
  40. Sunderland – rebaixado para a Championship
  41. Swansea City
  42. Swindon Town -agora rebaixado para a League Two, a terceirona
  43. Tottenham Hotspur
  44. Watford
  45. West Bromwich Albion
  46. West Ham United 
  47. Wigan Athletic – agora rebaixado para a League One
  48. Wimbledon – está na League One (terceirona)
  49. Wolverhampton Wanderers – o time que conta com a torcida do vocalista Robert Plant hoje disputa a segundona

Continuar lendo “Na próxima Premier League, um caçulinha veterano!”