Para Eduardo Galeano, não havia estádio vazio.

Para Eduardo Galeano, não havia estádio vazio.

O escritor Eduardo Galeano, que morreu em abril de 2015, tinha quase 10 anos quando a seleção de seu país ganhou a Copa do Mundo de 1950 (era de 3 de setembro de 1940). “Hincha” do “bolsillo”, o Nacional, tricolor de Montevidéu, e amante do futebol, mesmo que a camiseta do jogador não tivesse um bolso e fosse aurinegra, Galeano convida o leitor do clássico “Futebol ao Sol e à Sombra(L&PM) a entrar num estádio vazio.

… Pare no meio do campo e escute. Não há nada menos vazio que um estádio vazio. Não há nada menos mudo que as arquibancadas sem ninguém. O estádio Centenario, de Montevidéu, suspira de nostalgia pelas glórias do futebol uruguaio. O Maracanã continua chorando a derrota brasileira no Mundial de 50. Na Bombonera de Buenos Aires, trepidam tambores de há meio século. Das profundezas do estádio Azteca, ressoam os ecos dos cânticos cerimoniais do antigo jogo mexicano de pelota. Fala em catalão o cimento do Camp Nou, e em euskera conversam as arquibancadas do San Mamés, em Bilbao…

Não tem como entrar mais num estádio em dias sem futebol,  ou naquelas tours que alguns clubes fazem, sem lembrar de Eduardo Galeano, craque do sonhos (“jogava muito bem, era uma maravilha, mas só de noite, enquanto dormia”). O texto acima é um dos muitos gols do seu livro Futebol ao Sol e À Sombra.

Dentro do post, o texto do site da editora sobre o livro. Continuar lendo “Para Eduardo Galeano, não havia estádio vazio.”

Espanha, sua linda!

Espanha, sua linda!

Está de volta a liga das estrelas! A bola já rola no campeonato espanhol. Houve algumas perdas, como as recentes vendas de Pedro (do Barça pro Chelsea) e a do zagueiro argentino Otamendi (do Valencia pro Manchester City). O Sevilla negociou seu melhor atacante pro Milan. Xavi foi pro Qatar. Casillas foi pro Porto. Por outro lado, o Real Madrid trouxe Kovacic da Inter e Danilo e Casemiro dos Dragões.  Também do Porto – como vende bem! – o Atlético de Madrid trouxe Jackson Martínez. Perdeu Arda Turan pro Barça, mas a estreia vai ser apenas em 2016. Os trios MSN e BBC continuam firmes.

Convido vocês a refazer virtualmente os giros do Fut Pop Clube por dez dos vinte estádios da primeira divisão!

Começando pelo Camp Nou!

camp nou 018
Este ano o blog acompanhou in loco a grande vitória do Barça sobre o PSG, no caminho de Berlim. Em 2011, viu o Pep Team conquistar a Supercopa no segundo e nervoso El Clasico contra o Real de Mourinho.

Também revisitei o Campo de Fútbol de Vallecas, do guerreiro Rayo Vallecano. Detalhe: foi contra o vizinho rico, o Real Madrid.

Campo de Vallecas.
Campo de Vallecas.

Continuar lendo “Espanha, sua linda!”

Athletic Club supercampeão. E a gabarra não saiu em Bilbao.

Athletic Club supercampeão. E a gabarra não saiu em Bilbao.

DSC07196
Flâmula do Athletic Club, campeão da Supercopa da Espanha depois de 31 anos. A única Supercopa anterior dos leones foi em 1984, que o time de Bilbao ganhou automaticamente ao faturar o doblete: La Liga + Copa do Rei. Curioso é que se em 2015 o regulamento ainda fosse assim, o Barça de Lucho, Messi e cia também teria  faturado essa taça automaticamente, já que é o campeão da liga e da copa. A partir de 1996, se alguém ganha essa dobradinha, o campeão da Liga decide a Supercopa com o vice da Copa do Rei.

Galeria dos títulos do Athletic:

  • La Liga: 8 títulos, os últimos dois na primeira metade dos anos 80 . 1929-30, 30-31, 33-34, 35-36, 55-56, 42-43, 82-83, 83-84.
  • Copa do Rei: para o Athletic, são 24 copas. 1902 (como Bizcaia), 1903, 1904, 1910, 1911, 1914, 1915, 1916, 1921, 1923, 1930, 1931, 1932, 1933, 1943, 1944, 1945, 1950, 1955, 1956, 1958, 1969, 1973 e 1984. A federação espanhola não reconhece a de 1902, conquistada pelo Bizcaia, formado por jogadores do Athletic e do Bilbao, que no ano seguinte se uniriam formando o atual Athletic Club.
  • Supercopa: duas vezes; Em 1984 pelo doblete, e agora em 2015
  • Copa Eva Duarte: 1950. A Copa Eva Duarte é considerada precursora da Supercopa. Mais neste post aqui.
  • Campeonato regional: 18

A questão agora é saber se o Athletic vai sair pelo rio Nervión, que corta Bilbao, na gabarra, esta barcaça da foto. É que o calendário também vai apertar o calo do Athletic. Quinta-feira tem jogo decisivo na Eslováquia, contra o Žilina. Fase de mata-mata da Liga Europa.

La gabarra!
La gabarra!

Procissão na gabarra é uma tradição dos leones que não acontece desde os meados dos 80, quando o Athletic ganhou os seus (agora) penúltimos títulos.

Olhando o site do clube, nada previsto ainda. Não deve sair, mesmo. Seria legal sair, sim, afinal, a Supercopa foi uma conquista espetacular, em cima de um grande Barça. Continuar lendo “Athletic Club supercampeão. E a gabarra não saiu em Bilbao.”

Moda La Liga 2015-16: as camisas do campeonato espanhol.

Moda La Liga 2015-16: as camisas do campeonato espanhol.

Quase todos os times da primeira divisão do futebol espanhol já divulgaram suas novas camisetas para a temporada 2015-16. Confira, em ordem alfabética.

A primeira camisa do Athletic Club desta temporada vem com listras beeeem mais largas. Confira mais aqui.

Camiseta principal do Athletic 2015-16
Camiseta principal do Athletic 2015-16 (Nike)

A segunda camisa dos leones de Bilbao é preta e cinza.

Continuar lendo “Moda La Liga 2015-16: as camisas do campeonato espanhol.”

Aúpa! Athletic Club 2015-16.

Aúpa! Athletic Club 2015-16.

Atualizado em agosto


O Athletic Club, tradicionalíssimo time de Bilbao, nunca caiu no campeonato espanhol. Começou a temporada 2015-16 conquistando a Supercopa da Espanha depois de 31 anos, contra um Barça campeão de quase tudo, passou prea fase de grupos da Liga Europa, mas derrapou nas duas primeiras rodadas de La Liga – e ainda tem a Copa do Rei pela frente! Ufa e  #AúpaAthletic!
galeria74017

  • >Chegaram > Raúl García (ex-Atlético de Madrid), Eneko Bóveda (Eibar), Javi Eraso (estava no Leganés), Gorka Elustondo (defendia a Real Sociedad)
  • < Saiu< Iraola (New York City FC)
  • Jovem ídolo: Iker Muniain, acabou de renovar contrato por mais 4 anos.

FA15_FB_WE_CLUBKIT_Bilbao_Muniain-003_native_1600

  • Destaque na temporada 14-15: Iñaki Williams, o primeiro negro a marcar gol com a camisa rojiblanca do Athletic. Tem origens liberianas e ganesas, mas nasceu no País Basco.
  • Técnico: Ernesto Valverde.
  • Uniformes: Nike. O fabricante americano revelou a a nova “indumentária” dos leones: desta vez, a primeira “equipación” do Athletic tem apenas 5 listras. Elas ficaram bem mais largas. Muniain, Iñaki Williams, o atacante Aduriz, o capitão Gurpegui, o goleiro Iraizos e o meio-campo Iturraspe participaram da apresentação oficial do primeiro uniforme rojiblanco, no prédio mais alto de Bilbao, a Torre Iberdrola (entre o Guggenhein e o novo San Mamés).
    11692739_974804762551286_5375336177074509923_n
    Aduriz, Muniain, o capitão Gurpegui, o goleiro Iraizoz, Iturraspe e Iñaki Williams na apresentação do 1º uniforme.

    galeria74018
    Três listras vermelhas e duas brancas na frente

Continuar lendo “Aúpa! Athletic Club 2015-16.”

“Oito Sobrenomes Bascos”. #8ApellidosVascos.

A comédia ficou um bom tempo em cartaz no cine Callao, centro de Madri
A comédia ficou um bom tempo em cartaz no cine Callao, centro de Madri

O comediante espanhol Dani Rovira (malagueño e malaguista como Antonio Banderas) estreou no cinema na pele de Rafa Quirós, torcedor de carteirinha do Real Betis (sócio nº  14.430), que tem 3 autógrafos do ídolo bético Gordillo (jogou dos 70 aos 90, foi lateral de seleção da Espanha), a canção “Sevilla Tiene Un Color Especial” (Los del Rio) como som do toque do celular e nunca tinha saído da Andaluzia. Até que conhece a basca Amaia (interpretada pela guapísima Claro Lago (perdão, Rovira). Na vida real, Dani e Clara formam uma “pareja” desde 2014, ano de lançamento de “Ocho Apellidos Vascos”, que bateu um bolão na bilheteria – recorde do cinema do espanhol.

DSC07210 (1)O ‘pegador’ andaluz se apaixona e vai atrás da bela basca, que tinha levado um fora do noivo Antxon- casamento e vestido já preparados – e resiste ao charme andaluz. Mas ela bola um plano pra iludir o pai (show do ator Karra Elejalde), fazendo Rafaz passar por Antxon. Carmen Machi também arrebenta se passando por mãe do falso noivo Antxon-Rafa. Aí que entram os oito “apellidos” (sobrenomes) do título. Alguns relacionados ao esporte. A saber:

  • 543110_358646797590019_999017630_nGabilondo – meio-campo que jogou na Real Sociedad e no Athletic.
  • Urdangarín – ex-jogador de handebol, ídolo do Barça (tem uma camiseta 7 no ginásio do Barça) que se casou com Cristina, filha do rei Juan Carlos, e virou pivô do maior escândalo de corrupção da monarquia
  • Zubizarreta – ex-goleiro do Athletic, Barça, Valencia e seleção espanhola. Foi diretor do Barcelona até pouco.
  • Arguiñano – sobrenome do cozinheiro e apresentador Karlos Arguiñano.
  • Igartiburu – sobrenome da apresentadora Anne Igartiburu.
  • Erentxun – cantor Mikel Erentxun
  • Otegi – sobrenome de um político independentista basco, militante do ETA, que está preso.
  • Clemente. Pressionado, Rafa olha para um poster do Athletic campeão do começo dos anos 80, com o treinador Javier Clemente junto com o elenco, na gabarra.

Jpeg

Outra referência ao futebol é o refrão “Illa, illa, illa, Euskadi maravilla”. Que Rafa improvisa lembrando da musiquinha do atacante David Villa. O Athletic e Betis apoiaram o filme. E com a volta dos béticos à primeira divisão, voltaremos a ver esse confronto em La Liga. Os atores que fazem os chapas de Rafa/Dani Rovira na película são Alberto López (torcedor do Sevilla) e Alfonso Sánchez (que é Betis).
O filme tem direção de Emilio Martínez-Lázaro – de “Las Palabras de Max” (1977), Urso de Ouro em Berlim,  e “El otro lado de la cama” (2002), entre outros. Roteiro: Borja Cobeaga y Diego San José.
Bem que “Ocho Apellidos Bascos” poderia passar por aqui. Claro, é uma comédia que pra arrancar mais risadas requer algum conhecimento da vida na Espanha, das questões regionais, da cultura pop. Mas acredito que teria bom público num festival ou em cinemas como o Caixa Belas Artes e o Reserva Cultural. [já está no Netflix, usando também o título americano, “Spanish Affair”] 

Vai ter uma continuação, “Nueve Apellidos Vascos”. Que vai se chamar… “Ocho Apellidos Catalanes”… estreou lá em novembro.

Dani Rovira (que também faz comédia stand-up e TV) já estreou seu segundo filme, “Ahora o Nunca”. Clara Lago – nova namoradinha da Espanha – também está na fita. Seria bom vê-la como chica Almodóvar. Aliás, todos desse elenco formidável.
Continuar lendo ““Oito Sobrenomes Bascos”. #8ApellidosVascos.”

Reis de copa! O Barça ganha seu sexto #doblete e vai pra Berlim em busca da segunda tríplice coroa.

logo copa del rey_1_1O Athletic Club é um time tradicional – podemos dizer que é também mais que um clube – e sua torcida é fanática. Foi em massa ao Camp Nou, com ingressos divididos, chegou a ser maioria e deu um show – a esperada vaia ao hino espanhol à parte. Algo que lembrou um pouco a invasão corintiana ao Maracanã, na semifinal do Brasileirão 1976. Pela primeira vez, o Barça jogou de “visitante” no seu próprio estádio. Tivemos dois mosaicos, um de cada lado do gigantesco estádio da travessera Les Corts.

E se a torcida do Athletic está de parabéns, o time de Luis Henrique tem Messi. Um gol digno de prêmio Puskás – tuitou o pessoal do Canal Barça (ou de Maradona?) e outro com faro de camisa 9. Neymar fez o gol do meio. Iñaki Williams diminui pros leones. Barça campeão da Copa do Rei pela 27ª vez.

La Liga + La Copa 2014-15. Os culés já tinham faturado o doblete em 1951-52 (ano do Barça das cinco copas), 1952-53, 1958-59 (era Helenio Herrera), 1997-98 (era Louis Van Gaal), 2008-09 (ano da tríplice coroa e das seis copas, na era Guardiola).

Luis Henrique, Messi, Suárez, Neymar, Daniel Alves e a dupla Iniesta / Xavi não vão descansar esta semana até conseguirem a sonhada Champions League e a tríplice coroa. Só que esse também é o objetivo dos talentosos e incansáveis Tévez, Pogba, Buffon, Chielini e cia bianconera. A Juve também conseguiu seu doblete na Itália: campeonato e Coppa.

Flâmula do Barça
Vai ter #mosaico no Camp Nou. E a #gabarra, vai sair em Bilbao?

Vai ter #mosaico no Camp Nou. E a #gabarra, vai sair em Bilbao?

DSC07195

Gabarra de brinquedo, no Museu Marítimo de Bilbao
Gabarra de brinquedo, no Museu Marítimo de Bilbao

Athletic e Barcelona decidem a Copa do Rei 2014-15 no Camp Nou, neste sábado, 16h30, horário de Brasília. Escrevi primeiro o nome dos leones de Bilbao porque mesmo que a final seja no Camp Nou – longe de ser um campo neutro -, o mando vai ser do Athletic. Inclusive o Barça vai usar o vestiário do visitante! Tudo porque o Athletic é um clube mais velho, foi fundado em 1898. O Barça, em 1889. Os dois times são os reis de copa, os maiores campeões da Copa del Rey. Os blaugranas têm 26 taças, os rojiblancos, 23. Caso o Athletic ganhe sua 24ª Copa do Rei, os jogadores vão desfilar por Bilbao… numa barcaça! A gabarra! Um rolê que os leones não fazem pelo rio Bilbao desde 1984. Ano em que o Athletic conquistaram um doblete. O bi da Liga espanhola e a própria Copa do Rei (contra um Barça com Maradona, batalha campal e tudo)- as últimas taças dos athleticzales.  Dá para imaginar o que seria essa “procissão” pelo rio que dá nome à bela Bilbao, 31 anos depois? Na internet, há vídeos que mostram a comemoração rojiblanca na primeira metade dos anos 80. Muito legal! Aliás, no começo dos anos 80, quase que só deu time basco em La Liga. A Real Sociedad ganhou um bicampeonato e o Athletic outro bi. Algo quase impensável hoje em dia. Infelizmente.

Gabarra Athletic, hoje no museu naval de Bilbao. FOTO @futpopclube
Gabarra Athletic, hoje no museu marítimo de Bilbao. FOTO @futpopclube

Será que a gabarra vai sair este ano? O certo é neste sábado vai ter mais um belo mosaico da torcida do Barça! Que sonha com o doblete neste sábado  -La Liga + La Copa. E com o triplete, a tríplice coroa, na última final da temporada europeia. A final da Champions, em Berlim, sábado que vem. Seria um começo espetacular para Luis Henrique. O começo de uma nova era.

facebook,com/fcbarcelona
facebook,com/fcbarcelona

Continuar lendo “Vai ter #mosaico no Camp Nou. E a #gabarra, vai sair em Bilbao?”