Amando e odiando Maradona

Não, não dá para ficar indiferente à Maradona, El Diego de La Gente como diz o título de sua autobiografia, cuja capinha ilustra o post. O cara está sempre no fio da navalha. Gosta de viver perigosamente. Quando mergulhou nas drogas, quando pulava alucinadamente quase pra fora do camarote na Bombonera, quando escalou uma Argentina super ofensiva e se descuidou da defesa no Mundial 2010. Deu no que deu. Por mais amado pelo povo que seja, Maradona caiu do comando da albiceleste esta semana. Lembro de pelo menos mais um livro sobre Don Diego: Hand of God – The Life of Diego Maradona, Soccer’s Fallen Star, do Jimmy Burns (que também fez um livro sobre o Barcelona, “A Paixão de um Povo”). Dá para ler um trechinho aqui.

Quem pode garantir que o Brasil ganharia mesmo o tetra na Copa de 94 SE Maradona não tivesse sido pego no exame antidoping?

Para nós, jornalistas e blogueiros, Maradona é um excelente personagem. Músicas sobre Diego? Inúmeras! Só Manu Chao gravou duas. Santa Maradona, ainda com a banda Mano Negra. E a linda La Vida Tombola, CD La Radiolina. O curioso site não-oficial Maradona10.com tem uma lista (parcial) de músicas, como a emocionante La Mano de Dios, do cantor Rodrigo (Potro Rodrigo), amigo de Don Diego. “Maradoo, Maradoo… Olé, olé, olé olé, Diego, Diego…”

Filmes? Pelo menos dois, exibidos em recentes mostras de cinema. Maradona de Kusturica, documentário totalmente pessoal, como se fosse um fanzine, um blog, do diretor sérvio Emir Kusturica. Foi lançado recentemente em DVD pela Europa Filmes e pode ser alugado em locadoras. Em 2006, vi na Mostra o extremo Amando a Maradona (cartaz abaixo), com direito a esquisitices como a Igreja Maradoniana, casamentos no estádio … Não basta tatuar a fé…

amando a maradona
Mas bem que esse personagem de predileção dos jornalistas poderia voltar a acertar uns golaços, para o bem dele… e do futebol.

Ah, sim, Diego poderia parar com a ladainha Maradona x Pelé, quem foi melhor… É claro que foi Leônidas da Silva… Hahaha! Brincadeira, tá, pessoal?

Benfica e o Estádio da Luz

Visita que fiz à sede do Benfica, o imenso Estádio da Luz, que os adeptos encarnados também chamam de catedral. O Estádio da Luz foi erguido para a Euro 2004, ao lado da antiga casa benfiquista, de mesmo nome, depois demolida (deu lugar à construção de um condomínio). A visita é semelhante às outras tours, guiadas ou não, por grandes estádios. É possível circular por vários setores, como tribuna presidencial, camarotes, balneário (vestiário), salas de imprensa e TV e uma descida até o relvado (gramado). A questão é que o Estádio da Luz – novinho em folha – realmente é imponente. Aparenta comportar até mais do que os 65 mil espectadores (capacidade oficial). Continuar lendo “Benfica e o Estádio da Luz”

A Seleção de Mano Menezes

O novo treinador do Brasil, Mano Menezes, acaba de convocar  sua primeira Seleção.
Goleiros: Jefferson, Renan (Avaí), Vítor.
Laterais: André Santos, Daniel Alves, Marcelo (Real Madrid) e Rafael (Manchester).

David Luiz em capa recente da revista "Mística", do Benfica: campeão português

ZagueirosDavid Luiz (Benfica), Henrique (Racing Santander), Rever, Thiago Silva
Volantes: Hernanes, Jucilei, Lucas, Ramires, Sandro.

Meias: Carlos Eduardo, Ederson (Lyon), Paulo Henrique Ganso

Atacantes: Alexandre Pato, André (do Santos), Diego Tardelli, Neymar e Robinho.

Muitas caras novas. E aí, gostou?

Fluminense, 108. E o Dia do Fico.

Nesta semana, o Fluminense completou 108 anos. Quase ganhou um “presente de grego” dois dias depois do aniversário. Ficar sem o técnico Muricy Ramalho (agora que chegou à liderança e está montando um time muito bom) seria um balde de água fria. Mas o clube decidiu peitar a CBF e exigiu que Muricy cumpra seu contrato. Não será supresa se o Flu sofrer retaliações nos bastidores – da maneira que o tricolor paulista está sofrendo – com veto ao Morumbi 2014 e mudança na abertura de janela de transferência. O livro que ilustra este post, Fluminense Football Club – História, Conquistas e Glórias no Futebol , é uma pesquisa bacana e bem ilustrada do Antônio Carlos Napoleão, editado pela Mauad. Parece-me que está esgotado, uma pena. Mas quem sabe se a história que o tricolor está construindo em 2010 não entra numa reedição desse volume ou rende outro livro? Hoje a torcida tricolor fez festa pela permanência do treinador. É cedo para dizer se Muricy ganhará seu quarto Brasileirão. Mas vai brigar pelos primeiros lugares com todas suas armas e bolas paradas – e tem time pra isso.

Arranco de Varsóvia,”Na Cadência do Samba”.


Três grandes músicas sobre futebol num disco só. O grupo carioca Arranco de Varsóvia marcou esses três golaços, um atrás do outro, no terceiro disco, “Na Cadência do Samba (gravadora Dubas):

  • “1×0 (Um a Zero)”, clássico do choro de Pixinguinha e Benedito Lacerda, versão cantada, com a letra do Nelson Angelo, que se encaixou perfeitamente no time que já estava ganhando…
  • “Na Cadência do Samba (Que Bonito É)”, clássico de Luiz Bandeira, a melô do Canal 100. Pa pa pá, pa pá…
  • e ainda a bonita “Futebol”, de Naná Vasconcelos.

Na Cadência do Samba“, o disco, capinha ao lado, ainda tem a ótima “Badêjo ou Badéjo” e sambas de Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Jorge Aragão etc etc etc.

Participe da enquete sobre canções de futebol, na Coluna de Música do Fut Pop Clube.

Liga das Estrelas

Barcelona x Real: 28 de novembro, no Camp Nou
Real x Barcelona: 17 de abril de 2011, no Bernabéu

Saiu a tabela do futebol campeão do mundo, o da Espanha! Para quem já estava com saudade da chamada Liga das Estrelas, a temporada 2010-11 começa no último fim de semana de agosto, entre 28 e 29/08/10. O bicampeão Barcelona estreia fora de casa, em Santander, contra o Racing. O Barça que não pára de se reforçar (já trouxe o artilheiro Villa e o lateral-esquerdo Adriano, brasileiro que defendia o Sevilla). O Real Madrid de José Mourinho contará com o argentino Di Maria entre os galáticos e também larga fora de casa, em Mallorca, contra o Real Mallorca.

Confira:
Visita ao Camp Nou e Museu do Barça!
Passeio pelo estádio Santiago Bernabéu e Real Madrid!

Dia do Futebol. 110 anos do Rio Grande.

19 de julho: 110 anos do Sport Club Rio Grande, considerado o mais velho time de futebol do Brasil (a Ponte Preta é de 11 de agosto de 1900 e clubes mais antigos, como Flamengo e Vasco, começaram em outros esportes). Essa é uma daquelas maravilhosas curiosidades que a gente aprendia em enciclopédias como o saudoso “Manual do Zé Carioca” (devo ter comprado 2 ou 3 edições e lamento não ter guardado uma!) e foram bem lembrados hoje pelo Blog do Juca e pelo e-mail amigo do seu Domingos D´Angelo. Que acrescentam: a data de fundação do Rio Grande (RS) -“o mais velho do Brasil”-virou Dia do Futebol.