Kunstrasen: rap alemão para a Copa

Taí a nova música dessa dupla de Osnabrück. O Kunstrasen faz algumas músicas sobre futebol, com clips divertidos, e como prometido na entrevista de fevereiro aqui no blog, acabam de lançar um rap para o Mundial de 2014. Pra quem nunca estudou alemão, dá para entender pouco mais que “Ipanema” e “Alemanha” (em português, mesmo). Mas o som é bom e tem balanço. Continuar lendo “Kunstrasen: rap alemão para a Copa”

Hino do Bahia #trieletrizado

Armandinho

… Vamos conquistar mais um tento… Bahêa, Bahêa, Bahêa!

É o jeito como a torcida do tricolor de aço canta o hino do Bahia, de autoria de Adroaldo Ribeiro Costa.
Arrasa-quarteirão que abre este LP, o terceiro disco do trio elétrico Armandinho, Dodô & Osmar, lançado em 1977, um achado recente em vinil num sebo de Pinheiros, em São Paulo (saca o filme “Durval Discos”? É por ali…).

Armandinho, filho de Osmar, criador dos trios elétricos com Dodô, é Bahia, como Moraes Moreira, que canta, compõe e também toca guitarra no disco.

Que delícia de som dessa guitarrinha baiana!Ainda tem clássicos do frevo de Jabob Bittencourt, Nelson Ferreira, Levino Ferreira…  Continuar lendo “Hino do Bahia #trieletrizado”

Whisky a Go Grêmio

Roupa Nova
Só o voleio de Zé Roberto e a bela defesa de Martinez já valeram ter ficado acordado até tarde, para ver a goleada do Grêmio contra o Atlético Nacional, da Colômbia, na Arena do Grêmio.
Uma vitória em ritmo de “Whisky a Go Go”, canção de Sullivan e Massadas gravada pelo Roupa Nova em 1984, que a Geral do Grêmio adaptou há alguns anos. E veio na mudança do Olímpico para a Arena.
Continuar lendo “Whisky a Go Grêmio”

Troca-troca já foi tema de música de Jorge Ben Jor.

15219_366848486769850_857745890_nJadson já estreou pelo Corinthians. Alexandre Pato foi apresentado nesta terça pelo São Paulo. O troca-troca entre os tricolores paulista e carioca não vai rolar – pelo menos por enquanto, São Paulo e Fluminense não vão trocar Osvaldo e Wagner.
A propósito, o GloboEsporte.com fez uma lista de trocas famosas entre grandes clubes brasileiros. Uma delas mexeu com o futebol carioca em meados dos anos 70. O Fluminense de Francisco Horta mandou pro Flamengo o goleiro Roberto, o lateral Toninho e o atacante Zé Roberto – todos atuaram,Toninho mais,  na campanha do título carioca de 1975. E o Flu trouxe da Gávea o goleiro Renato, o lateral Rodrigues Neto e o atacante argentino Doval.
16

Francisco Horta, o cartola tricolor, ainda fez um troca-troca com o Botafogo. Mandou Manfrini e Mário Sérgio, levou Dirceu.
E com o Vasco. Para ter Miguel, Horta cedeu o zagueiro Abel, o lateral Marco Antônio e o meio-campo Zé Mario. Chacoalhou o mercado. E foi bicampeão carioca. E essa “trocação” toda foi o tema de uma música de Jorge Ben Jor, ainda Jorge Ben, mesmo, no LP  “A Banda do Zé Pretinho“, que chegou para animar a festa em 1978 via Som Livre. Está fora de catálogo – meu exemplar é um LP de vinil, recentemente achado numa feirinha de discos em Sampa.
O álbum, que Ben dedica “ao mais Flamengo” e “ao mais anti-Flamengo”, está cheio de referências ao futebol, especialmente no lado A.
“Troca-Troca” é uma gentil homenagem a Francisco Horta (“fez voltar ao Rio de Janeiro/a época de ouro da capital do futebol”). E tem mais:
O clássico “Cadê o Penalty” (aqui respeito a grafia inglesa do encarte) foi regravado pelo Skank, na sua estreia pelo selo Chaos/Sony Music, no começo dos anos 90.

Penalty, penalty, penalty, penalty, penalty/Cadê o penalty/que não deram pra gente/no primeiro tempo…

“Era uma Vez 13 Pontos” narra o destino que um trio de sortudos vai dar para o prêmio da loteria esportiva, fechando um irrepreensível lado a. Continuar lendo “Troca-troca já foi tema de música de Jorge Ben Jor.”

Hip hop da Copa: a dupla Kunstrasen faz rap para apoiar a seleção da Alemanha.

Publicado em 7 de fevereiro e atualizado em 5 de junho de 2014.

  • A dupla Kunstrasen, do norte da Alemanha, manda ver um rap com ginga sobre futebol (e não só futebol, como veremos na #e-entrevista a seguir). Eles são torcedores do VFL Osnabrück, que está na terceira divisão da Alemanha (a 3.Bundesliga); fazem músicas pro time de coração, mas também se mostram conectados com a elite do futebol alemão e europeu. Fizeram sons para apoiar a seleção alemã nas Copas de 2006 e 2010, Euro 2008 e 2012, e se preparam para o tri, digo, um rap alemão para a Copa de 2014. Fica pronto em junho.


Conheci o som dos alemães do Kunstrasen um pouco antes da final da Champions League 2013, graças a uma dica do Sportblog, do Guardian. Não dava para entender nada do rap sobre a final alemã da Champions, mas o som era muito bom. E a cultura de futebol nas camisas… o clip bem feito, com artes maneiras… tudo chamou minha atenção. Entrei em contato com o pessoal pela página do Kunstrasen no Facebook. E fiz uma #e-entrevista, uma entrevista por e-mail, em inglês, que traduzo abaixo, no meio de muitos clips do Kunstrasen.

Quantas músicas sobre futebol vocês já gravaram?

Lutz-Philipp Harbaum, KUNSTRASEN – Este ano nós vamos gravar nossa quinta música de futebol sobre Copa do Mundo ou Eurocopa. Começamos em 2006, quando o Mundial foi na Alemanha. A cada dois anos, nós gravamos uma música pra apoias a seleção alemã. Além disso, gravamos músicas sobre outros assuntos.

  • Veja abaixo o clip da música que o Kunstrasen lançou com Jon Donson para o Mundial 2010.


Alguns cantores e compositores populares brasileiros tem músicas sobre futebol. Conhecem algum?

Lutz-Philipp Harbaum, KUNSTRASEN – Não, mas gostaríamos de conhecê-los. Tenho certeza que são são bons.

Ok, vou mandar alguns links para conhecerem. Vocês dois torcem para o Osnabrück… gostam de ir ao estádio? Como é a “clima” dos jogos, na terceira divisão alemã,  a 3. Bundesliga?

Lutz-Philipp Harbaum, KUNSTRASEN – Nós dois somos de Osnabrück, uma pequena cidade no norte da Alemanha, que é bem conhecida excelente atmosfera num pequeno estádio. Mesmo na 3. Bundesliga, às vezes há mais de 10.000 torcedores, o que é muito bom. Nós dois amamos o Osnabrück e tentamos ir ao estádio sempre que possível. Já fizemos duas músicas para o time.


E a 1.Bundesliga? Gostam de alguma time da primeira divisão alemã ou … só do Osnabrück?

KUNSTRASEN – Moritz só torce para o Osnabruck, Lutz adora o Borussia Dortmund desde 1989. Se você torce para o Osnabrück na terceira divisão, é bom ter um time da primeira Bundesliga pra torcer também.


Lisboa pode ver em maio outra final alemã da Champions?

KUNSTRASEN – Esperamos que sim. Não gostamos muito do Bayern, mas achamos que eles vão para final porque são provavelmente o melhor time do mundo no momento. Esperamos que o Dortmund possa derrotá-los!

Viram as manifestações aqui no Brasil durante a Copa das Confederações, em 2013?

KUNSTRASEN –  Sim, nós vimos os protestos e esperamos que encontrem uma solução. Não achamos bom se pessoas pobres nas favelas tenham que sair por causa dos planos comerciais da Fifa. Esperamos que o futebol possa ajudar as pessoas no mundo, especialmente as pessoas pobres.

Gostariam de assistir à Copa do Mundo no Brasil?

Lutz-Philipp Harbaum, KUNSTRASEN–  Claro. O Brasil é uma das nações mais eufóricas por futebol e tem uma grande história no futebol. Esperamos que a seleção de vocês fique no torneio até a final. Isso seria bom para a atmosfera da competição. Gostaríamos de ir aos jogos na Copa do Mundo, mas acho que não vamos: é muito longe e temos que trabalhar em junho.

  • Agora, clip feito para a Euro 2008:


Quem vai ganhar a Copa?
KUNSTRASEN –  É a vez da Alemanha!

  • Abaixo, clip feito para a Euro 2012:


Teremos uma música do Kunstrasen sobre a Copa?

Lutz-Philipp Harbaum, KUNSTRASEN –  Com certeza! Nós já temos algumas ideias e o nome da música, que ainda é um segredo. Acho que vamos gravar a música e fazer o vídeo em maio. A música será publicada em junho!
ATUALIZANDO. Eis o rap do Kunstrasen para a Copa 2014!


Continuar lendo “Hip hop da Copa: a dupla Kunstrasen faz rap para apoiar a seleção da Alemanha.”

Voa canarinho, voa: o ex-lateral Junior participa do debate sobre futebol & música

1899894_521134994674531_571603531_n
Capinha de “Povo Feliz” / “Pagode da Seleção”: o compacto best-seller de Junior, ex-lateral do Flamengo e da Seleção

Não é mole, não, não é mole, não. Junior, o ex-lateral campeão de tudo pelo Flamengo, hoje comentarista, vendeu mais de meio milhão de compactos, quando gravou o samba que se tornou a trilha perfeita da mágica seleção de Telê Santana na Copa de 1982. Um escrete que não ganhou a Copa, mas conquistou o mundo. “Povo Feliz”, de Memeco e Nonô, gravada pelo Junior antes do Mundial de 82, é a melô do “Voa canarinho, voa”. Junior é um dos convidados da mesa-redonda que abre a “Futebol no País da Música”, série de shows inspirada pelo livro do jornalista Beto Xavier, também presente no debate desta sexta-feira, 7 de fevereiro, a partir de 21 no CCBB do Rio (saiba mais no post anterior).

Continuar lendo “Voa canarinho, voa: o ex-lateral Junior participa do debate sobre futebol & música”

Banda Bate Bola

Coluna de Música Fut Pop Clube

Saiu em 2013 o CD da Banda Bate Bola, uma seleção de dez músicas da MPB boleira, a música popular que canta o futebol. Espero que seja só o primeiro da banda formada por Afonso Machado (bandolim, arranjos instrumentais), Ruy Faria (ex-MPB-4, voz e arranjos vocais), Tiago Machado (filho de Afonso; violão, cavaquinho, arranjos instrumentais) e Chico Faria (arranjos vocais; é filho de Ruy e da Cynara, do Quarteto em Cy, outro grupo vocal que gravou um belo disco com canções de Chico Buarque). A BBB (Banda Bate Bola, no caso) conta ainda com Diego Zangado na bateria e João Faria no baixo (no CD, Pretinho da Serrinha toca percussão).

http://www.ruyfaria.com/banda-bate-bola/
http://www.ruyfaria.com/banda-bate-bola/
  • E a Banda Bate Bola é uma das atrações da série de shows inspirada pelo livro do Beto Xavier, “Futebol no País da Música”, durante três fins de semana de fevereiro, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio. A Banda Bate Bola vai tocar no segundo fim de semana da série, 14 e 15 de fevereiro, 21h, numa noite que ainda terá Kleiton & Kledir, na tenda externa do CCBB carioca. Ingressos a 10 reais (5 a meia).

Já que canções que falam de futebol são uma das paixões da Coluna de Música e do Fut Pop Clube, vamos fazer um faixa a faixa do CD Banda Bate Bola. Continuar lendo “Banda Bate Bola”