Old Trafford, o teatro dos sonhos.

Old Trafford, o teatro dos sonhos.
  • Old Trafford.
  • Dono: Manchester United
  • Inauguração: 19 de fevereiro de 1910
  • Primeiro jogo: United 3×4 Liverpool
  • Transporte: Old Trafford está perto de quatro estações da Metrolink,a rede de tram, moderno bonde de Manchester: Exchange Quays, Old Trafford, Trafford Bar e Mediacity UK. Para quem sai do centro de Manchester, pode pegar o Metrolink no sentido Altrincham.
  • Capacidade atual: 75.653 pessoas
  • 55 mil torcedores têm season tickets, ou seja, acesso garantido a todos os jogos.


No dia seguinte ao tour pelo museu do Manchester United (post anterior), um dos pontos altos destes anos todos indo a estádios de futebol. Conhecer Old Trafford, uma das catedrais da bola, o teatro dos sonhos para os torcedores red devils. Melhor ainda, durante um jogo, em que o United recebeu o Bournemouth, pela rodada #27 da Premier Leaguer 2016-17, que seria conquistada pelo Chelsea. 

Rooney na batida…

Um rápido histórico do estádio. Inaugurado em 1910, num clássico contra o Liverpool (que terminou 3×4…), Old Trafford já recebeu decisão da Copa da Inglaterra no ano seguinte. Foi devastado durante ataques aéreos alemães em 1940 e 41 (o United teve que jogar no estádio do City na época, Maine Road). Também sediou três partidas do grupo do Brasil no Mundial de 1966 (mas não do então escrete bicampeão), foi todo reformado nos anos 90 depois das grandes tragédias nos estádios ingleses e em 2003 recebeu uma final italiana da Champions, em que o Milan superou a Juve nos pênaltis. É o maior estádio de um clube na Inglaterra, com 76 mil lugares.

Teatro dos sonhos

Na partida contra o Bournemouth, em março de 2017, o United jogou com as feras quase todas. De Gea, Valencia, Phil Jones, Shawm , Carrick, Pogba, Mata, Martial, Rooney, Ibrahimovic, que perdeu um pênalti quando o jogo já estava 1×1, Fellaini, Lingard e Rashford entraram no decorrer da partida. Marcos Rojo marcou o gol do time da casa. Joshua King empatou.

Preste atenção neste homem: ele vai perder o pênalti.

O visitante jogou ‘na dele’ e conseguiu levar um pontinho para o sul da Inglaterra. Estádio quase completo, imagine 75 mil pessoas gritando, atmosfera vibrante, sim, mas o que me chamou muito a atenção foi a participação pra lá de ativa da torcida do Bournemouth. Os gritos de United! United! cresceram no segundo tempo, para empurrar os diabos vermelhos em busca de uma vitória, que no fim não rolou.

Placar final na “estreia” do blog Fut Pop Clube em Old Trafford, 4 de março de 2017.

Continuar lendo “Old Trafford, o teatro dos sonhos.”

United! United! Campeão da Liga Europa, campeão de tudo.

United! United! Campeão da Liga Europa, campeão de tudo.
Para Manchester. Foto publicada pela página oficial do MUFC, depois da conquista: facebook.com/manchesterunited

Na semana em que a cidade de Manchester foi alvo de um ataque covarde, que matou e feriu crianças e adolescentes num show de Ariana Grande, um pouco de alegria, ao menos para o lado vermelho da cidade. O Manchester United conquistou a Europa League 2016-17. E agora tem no trophy room de Old Trafford todos os títulos possíveis: campeonato inglês (Premier League), Copa da Inglaterra, Copa da Liga, Community Shield ( a Supercopa da Inglaterra), Intercontinental e Mundial, Recopa da Europa, Supercopa da Uefa, Champions… faltava a Liga Europa. Não falta mais. Haja prateleira!

A campanha: Continuar lendo “United! United! Campeão da Liga Europa, campeão de tudo.”

Luto no planeta rock

11263077_1003028916381448_1570847073118570836_o
lacasaca..com

Não, Aladdin Sane não era do River Plate ou do Rayo Vallecano. O genial David Bowie (1947-2016) não estava nem aí para o futebol e não torcia pra nenhum time, como o Lemmy (líder do Motörhead, que nos deixou no finalzinho de 2015). Sem grilos. O planeta bola – que hoje premiou os melhores de 2015, como o extraterrestre Lionel Messi – não deixou de prestar sua homenagens a David Robert Jones, londrino do Brixton.

Como a bela imagem que ilustra este post, arte do blog argentino La Casaca, que em 2015 adaptou a capa do  LP “Aladdin Sane” para uma camisa de futebol. Dica do Futebol no País da Música, novo blog do jornalista Beto Xavier.

Quem sabe se ele tivesse nascido mais ao norte, perto do Arsenal do Nick Hornby ou do Tottenham do pai da Amy, ou a leste de Londres, casa do West Ham United, de tantos roqueiros, do metal ao punk.

Por sinal, o eterno técnico do Arsenal,  o francês Arsene Wenger, foi perguntado sobre a morte de Bowie numa das tradicionais coletivas que os profissionais de futebol estão acostumados a dar. E falou bonito.

Sou fã da música de Bowie, claro. A mensagem que ele deu pra minha geração foi importante, depois da segunda Guerra Mundial. Seja forte o bastante para ser você mesmo”.

Depois dessa, Wenger inspirou até ilustração com a maquiagem do Aladdin Sane.

Continuar lendo “Luto no planeta rock”

#Euro2016: a nova camiseta da Espanha, atual bicampeã. #LaRoja!

A Adidas apresentou hoje, na Ciudad del Fútbol de Las Rozas, perto de Madri, a a camisa que a seleção espanhola vai usar na França, para tentar o tricampeonato consecutivo da Eurocopa. Clássica, sem muita frescura, com um quê de retrô a camisa nova de #LaRoja. Gostei!

Camiseta nova da Espanha, modelo Euro 2016. adidas.
Camiseta nova da Espanha, modelo Euro 2016. adidas.

A seleção da Espanha começa a usar o novo kit nos amistosos contra Inglaterra e Bélgica. Depois de jogar toda de vermelho na decepcionante campanha no Brasil 2014, o calção volta a ser azul.

O capitão Casillas comandou até selfie com os bicampeões…
12193812_855730951189516_1791697446255502910_n
… e olha o resultado da foto, que o agora goleiro do Porto publicou na sua conta no Twitter.

//platform.twitter.com/widgets.js Continuar lendo “#Euro2016: a nova camiseta da Espanha, atual bicampeã. #LaRoja!”

Manchester United 2014-2015

O colombiano Falcao García, que interessava muito à galáxia Real Madrid, foi emprestado pelo Monaco ao Manchester United. Falcao García é apelidado de El Tigre. Por isso, republico a linda ilustração que a artista pástica Lais Sobral fez pro blog, nesta série aqui.

Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

Outro reforço de nível Copa do Mundo foi o defensor Daley Blind (seleção da Holanda, Ajax).

Sem falar no argentino que herda a camisa 7 que já foi de Cristiano Ronaldo. Ángel Di María, destaque da décima Champions conquistada pelo Real Madrid, agora é um red devilPela bagatela de quase 60 milhões de libras.

Outras novidades e uniformes do United para a temporada que já está rolando. Continuar lendo “Manchester United 2014-2015”

Só dá Espanha!


Pé-quente a canção do Estopa, “Showtime 2.0”, música oficial da seleção da Espanha, neste bicampeonato consecutivo da Europa – terceiro título de La Roja na Eurocopa (1964 + 2008 + 2012). O Estopa, grupo de Cornellà (Catalunha) formado pelos irmãos David e José Muñoz, lançou pouco antes da Euro 2012 a versão “futbolera” de “Showtime”, que foi hino da seleção espanhola de basquete, também composto e gravado pela dupla. O dinheiro será revertido para projetos de apoio a jogadores desempregados e em situação de risco social, da associação espanhola dos futebolistas. A letra do Estopa fala do futebol ´tiki-taka’ – aquele toque de bola envolvente e eficiente, que torra a paciência de certos torcedores – do Barça e da seleção La Roja, que depois de ganhar a Euro 2008, levantou a Copa do Mundo 2010 e agora a Euro 2012. Um feito inédito.

Se bem que nos acachapantes 4×0 da final sobre a Itália, o torcedor cantou mesmo o “ôôôôô” de “Seven Nation Army”, do White Stripes, o ‘rock das torcidas’.

Iniesta, Villa e Busquets no estúdio com os irmãos Muñoz, do Estopa | http://www.estopa.com

Continuar lendo “Só dá Espanha!”

A Europa é azul! O Chelsea é o novo campeão da Champions League.

Flâmula do dia: Chelsea
Flâmula do dia: Chelsea

O clube comandado por Roman Abramovich nos bastidores e por Di Matteo no campo entrou neste sábado para a galeria dos campeões europeus. O Chelsea saiu perdendo contra o Bayern (por acaso e competência o dono da casa), empatou com Drogba, viu Cech pegar um pênalti batido por Robben no 1º tempo da prorrogação, e virou nos pênaltis.
Como se defende bem o Chelsea de Di Matteo, ex-meio-campista de times como o Zürich, a Lazio e o próprio Chelsea! Defesa faz parte do jogo… Também, com um gigante como Cech no gol, fica tudo mais fácil… Parabéns a esses heróis e aos brasileiros David Luiz e Ramires (decisivo nas semifinais com o Barça) pelo primeiro título da Liga dos Campeões do Chelsea. Merecido.

No começo do mês, os azuis de Londres já tinham conquistado a FA Cup, a tradicional Copa da Inglaterra, ao derrotar o Liverpool. Aliás, o clube de Abramovich ganhou quatro das últimas seis FA Cups, já na “era Abramovich”, magnata russo do petróleo, que contrata e manda embora com a mesma facilidade. Nesse período, os Blues também faturaram três campeonatos ingleses (o bi da Premier League em 2004-05 e 2005-06 e depois em 2009-10).
O Chelsea jogou no 4-2-3-1 da moda com : Cech; Bosingwa, Cahill, David Luiz, Cole; Mikel, Lampard; Kalou (Torres 83), Mata, Bertrand (Malouda 72); Drogba.
O Bayern Munich também usou o 4-2-3-1: Neuer; Lahm, Tymoshchuk, Boateng, Contento; Schweinsteiger, Kroos; Robben, T Muller (Van Buyten 85), Ribéry (Olic 96); Gomez.

Gols: Thomas Müller (37 do segundo tempo) e Drogba (43 do 2º tempo).
Veja dentro do post a lista atualizada dos campeões da Copa/Liga dos Campeões, desde a temporada 1955-56. Continuar lendo “A Europa é azul! O Chelsea é o novo campeão da Champions League.”