Minelli Futebol Clube

O blog Fut Pop Clube teve o prazer de participar de um bate-papo promovido pelo MemoFut (grupo que discute literatura e memória do futebol), no último sábado, com o multicampeão Rubens Minelli, treinador com passagens pelo Palmeiras, Lusa, Internacional, São Paulo, Al-Hilal, Atlético Mineiro, Grêmio, Corinthians, Paraná, Santos, Coritiba e muitos outros.  Minelli ganhou quatro grandes títulos nacionais (três consecutivos), outros seis estaduais de primeira divisão, mas espera “até hoje” (83 anos) um convite para treinar a seleção brasileira… No encontro mensal do MemoFut, realizado no auditório Armando Nogueira do Museu do Futebol, no Pacaembu, o ex-ponta-esquerda do Ypiranga, do Nacional da Barra Funda, do Taubaté e do São Bento contou casos e causos de sua curta carreira de jogador profissional e da longa e vitoriosa passagem como técnico.

A flâmula acima é do América de São José do Rio Preto, onde Minelli começou pra valer na profissão de técnico de futebol, treinando a equipe principal, que sob seu comando foi campeã da segunda divisão paulista em 1963 e campeã do interior em 1964. Depois de passagens pelo Botafogo de Ribeirão, de novo América, Sport Recife, Francana e Guarani, Minelli voltou ao Palmeiras, onde tinha treinado equipes de base antes do convite de Rio Preto. Continuar lendo “Minelli Futebol Clube”

Canhoteiro

“Em rede” com a Coluna de Música do Fut Pop Clube

Logotipos novos da ‘Coluna de Música’ pela artista plástica Lais Sobral

Dica do site Memória Futebol. Há exatos 80 anos, em 24 de setembro de 1932, nasceu José Ribamar de Oliveira, “um anjo torto / um Canhoteiro / um São José de Ribamar…”. Ídolo do São Paulo Futebol Clube nos anos 50, campeão paulista em 1957, Canhoteiro era considerado  o “Garrincha da ponta-esquerda”. Rápido, habilidoso, goleador, dono de forte chute que explica o apelido – “lá vai a bola bala de canhão / seu pé direito é a bomba que distrai”. “Canhoteiro” é um dos gols de placa da MPB boleira, verdadeiro gol de ouro das músicas sobre futebol, baile de bola de Fagner (que é Fortaleza) e do santista Zeca Baleiro, em linha de passe com Fausto Nilo e Celso Borges, gravada no CD “Raimundo Fagner & Zeca Baleiro” (Indie Records, 2003).  

A bela canção começa com uma “sensacionalíssima” narração de um gol de falta de Canhoteiro contra o XV de Piracicaba, cortesia do locutor esportivo Braga Júnior. Continuar lendo “Canhoteiro”

Camisas Castelhanas do Grêmio

http://www.grêmio.net

Fiquei sabendo desta ação via site da “Placar”. O Grêmio e sua fornecedora de material esportivo (Topper) promoveram o lançamento de uma coleção de camisas em homenagem aos ídolos argentinos e uruguaios do tricolor gaúcho. A linha “alma castelhana” está em fase de pré-venda e chega às lojas depois de 20 de outubro. Confira dentro do post um pouco mais das camisas castelhanas do Grêmio, em homenagem a jogadores como o argentino Scotta (autor do 1º gol da história do Brasileirão, se a gente contá-la a partir de 1971) e os uruguaios Ancheta e Hugo De León.

Continuar lendo “Camisas Castelhanas do Grêmio”

É “Santástico”!


A seção Nas Bancas informa: o número 11 da “Santástico”, a revista oficial do Santos, vem com uma curiosa reportagem de capa: a legião de times com nome (e às vezes distintivo também) inspirado no Peixe no mundo todo. A reportagem assinada por Rafael Miramoto, da assessoria de imprensa do alvinegro praiano, cita 24 clubes no mundo – nove no Brasil – a partir de pesquisa do fanático torcedor Wesley Miranda e dos dois Guilhermes (Guarche e Nascimento) do Centro de Memória e Estatística do Peixe. Muito legal! Continuar lendo “É “Santástico”!”

Coleção Ídolos Imortais | “Os Dez Mais do Atlético Mineiro”


O goleiro Kafunga, o zagueiro Luisinho, o meio-campo Toninho Cerezo, os artilheiros Mário de Castro, Guará, Ubaldo, Dario (o Dadá Maravilha), Reinaldo e Marques, e o ponta Éder. São “Os Dez Mais do Atlético Mineiro“, no livro do jornalista Eduardo Murta, lançamento da Maquinária Editora. Para chegar aos “dez mais” do Galo, foram colhidos os votos de um grupo de torcedores famosos, como é de praxe na coleção Ídolos Imortais da editora. Continuar lendo “Coleção Ídolos Imortais | “Os Dez Mais do Atlético Mineiro””