Um museu tricolor

Homenagem do site oficial do tricolor (www.saopaulofc.net) aos 50 anos do título mundial do pugilista Eder Jofre, campeão na categoria peso galo em 18/11/60 pela Associação Mundial de Boxe

Atualizando em 18/11/2010: nos 50 anos do primeiro título mundial do pugilista Eder Jofre, atleta e torcedor do São Paulo Futebol Clube, o site do tricolor paulista prestou homenagem, com essa imagem acima na home page e um perfil do campeão. Parabéns, champ!

FOTOS SCAN COLOR -0006 L-RESUma dica de passeio para o torcedor tricolor é o Memorial do São Paulo F.C., inaugurado em 1994, dentro do estádio.

Campeões MundiaisLogo de cara, o Memorial faz homenagem aos atletas tricolores que foram campeões mundiais pela Seleção Brasileira: De Sordi, Mauro e Dino Sani (1958), Bellini e Jurandir (62), Gérson (70), Zetti, Muller e Leonardo (94), Cafu (94 e 2002), Rogério Ceni, Belleti e Kaká (2002) – além do treinador Vicente Feola, campeão do mundo em 58.

Grandes ídolosSPFC é São Paulo Futebol Clube, claro, mas atletas tricolores também foram grandes campeões em outras modalidades. Como Eder Jofre (campeão mundial de boxe) e Adhemar Ferreira da Silva (1927-2001), bicampeão olímpico no salto triplo nos Jogos de 1952 (Helsinque) e 56 (Melbourne, já como atleta

do Vasco). Adhemar e Eder Jofre estão na galeria dos grandes ídolos da história do São Paulo, assim como o craque Leônidas da Silva, o “homem de borracha”, o eterno Diamante Negro, artilheiro da Copa de 38, que jogou no São Paulo na década de 40.

En 1º plano, o sapato de pregos usado por Adhemar, na Olimpíada de Helsinque. É ouro, Brasil!
En 1º plano, o sapato de pregos usado por Adhemar, na Olimpíada de Helsinque. É ouro, Brasil!

As duas estrelas douradas do escudo tricolor representam os dois recordes mundiais de Adhemar no salto triplo – 16m22 em 1952 e 16m56 no Pan do México, em 1955.

À esquerda, luvas e calção usados na luta que deu Mundial peso pena a Éder Jofre em 73. O cinturão do canto direito é do Mundial peso Galo, 1961
À esquerda, luvas e calção usados na luta que deu Mundial peso pena a Éder Jofre em 73. O cinturão do canto direito é do Mundial peso Galo

É claro que as conquistas tricolores no futebol são muito lembradas, com troféus desde as origens do clube, na década de 30. Está no Memorial a taça do Paulistão de 1931, conquistado pelo São Paulo da Floresta. E como eram gigantescas as taças do Paulistão nas décadas de 80, 90… Ou os troféus dados aos vencedores de torneios espanhóis como Ramón de Carranza e Teresa Herrera…

as copasClaro que os seis campeonatos Brasileiros,  as Libertadores, os Mundiais e as Recopas estão em destaque.

maiores ídolos

Tem camisas históricas, medalhas de vários esportes, troféus gigantescos como alguns torneios espanhóis de verão tipo Ramón de Carranza e Teresa Herrera e certas edições do Paulistão… ou pequeninas como os dos Brasileiros de 77, 86 e 91 – a polêmica “taça das bolinhas”.

A tal "taça das bolinhas"
A tal “taça das bolinhas”

A visita ao Memorial agora faz parte do roteiro do programa Passaporte FC. Informações sobre visitas ao Memorial com a Passaporte FC através do telefone: (11) 3739.5222 ou pelo e-mail: atendimento@passaportefc.com

 

Leia também:

 

Um comentário sobre “Um museu tricolor

  1. já fui sim, muito bom. só nós temos um museu destes. o jerome valcker poderia conhecer lá. capaz de reclamar depois do espaço dado aos trofeus mundiais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.