“Um Homem a Mais”, na Mostra de Cinema de São Paulo.


Doze anos antes de “A Grande Beleza”, o diretor napolitano Paolo Sorrentino e o ator Toni Servillo trabalharam juntos em “Um Homem a Mais” (L’uomo in Piú, 2001), em cartaz na 40ª Mostra de Cinema de São Paulo. poster40Servillo faz o papel de um cantor popular, Antonio Pisapia, xará de um jogador de futebol. O zagueirão atua no time (não identificado) de camisa grená da sequência acima, com cenas de jogo filmadas no estádio San Paolo, onde na vida real quem joga é o Napoli. O primeiro longa de Sorrentino acompanha em paralelo a decadência dos dois Antonios, o cantor e o jogador, que tenta começar como treinador – planejando táticas num campinho de subbuteo– depois de ver sua carreira nos gramados abreviada por uma ‘entrada criminosa’, num treino!

Um Homem a Mais” – e este título tem a ver com tática de futebol, como quem assistir vai perceber – passa de novo nesta terça-feira, 2 de novembro, às 16h, na sala 2 do Espaço Itaú de Cinema do shopping Frei Caneca (confirme por telefone antes de sair porque há alterações de última hora). Dentro do post, a sinopse fornecida pelo site oficial da Mostra, mostra.org. Continuar lendo ““Um Homem a Mais”, na Mostra de Cinema de São Paulo.”

Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.

Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.

A Itália manda muito na moda, você sabe. E no que depender dos uniformes, a temporada 2015-16 do calcio vai fazer bonito.
A americana Nike veste Roma, atual vice-campeã, Inter, Atalanta e Hellas Verona. Quatro times contra dois da sua principal concorrente, a alemã Adidas, que manteve o Milan e pegou a poderosa Juventus, tetra italiana e vice europeia, dona da maior torcida da terra da bota. Com 3 squadras cada na arara, estão a italiana Kappa (Torino, Sassuolo e agora Napoli) e a espanhola Joma (Empoli, Palermo e agora Sampdoria). A fábrica italiana Macron manda bem nas camisas do seu conterrâneo Bologna, de volta à série A, e da Lazio. Também italiana, a Givova veste o Chievo Verona e o novato Carpi. A italiana Lotto continua com as lindas camisas do Genoa. Outro fabricante italiano, a HS Football, assinou com a Udinese. A marca milanesa Legea patrocina o caçula Frosinone. E a confecção francesa le coq sportif acertou (em mais de um sentido) com a Fiorentina.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Mas a Joma inventou mais nessa camisa limitada pros torcedores da Samp. Uma “camisa que encoraja”, joga junto.

Bem, depois que o Totti comemorou tirando selfie, seria bem legal se algum jogador da Doria festejasse apertando esse sonoro distintivo!
Dê uma espiada dentro do post e comente.
Quais suas camisas favoritas nesta temporada do calcio 2015-16?
E que cidade tem as camisas mais bonitas? Milão? Roma? Gênova? Verona?
Eu começo…
Continuar lendo “Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.”

Calcio Populare Club: estádio Olímpico de Roma, em tarde de curva sul fechada. Roma 1×1 Atalanta, 19/04/2015

Calcio Populare Club: estádio Olímpico de Roma, em tarde de curva sul fechada. Roma 1×1 Atalanta, 19/04/2015
DSC06837
Curva Sul fechada. Roma 1×1 Atalanta, abril de 2015.

Este slideshow necessita de JavaScript.

www.uefa.com
Cartaz da final de 2009

De cara, uma coisa chama muito a atenção do lado de fora do Stadio Olimpico di Roma. Um obelisco, com o nome do Mussolini.

O estádio Olímpico está numa área que já foi chamada Foro Mussolini, depois rebatizada como Foro Itálico e hoje pertence ao comitê olímpico italiano.
O estádio foi inaugurado em 1937 – Il Duce ficou no poder até 1945, quando foi morto-, foi rebatizado e usado nos Jogos Olímpicos de Roma (1960), na Copa do Mundo de 1990, em finais da Copa/Liga dos Campeões (1996, 2009).

E certamente será usado se Roma ganhar a indicação para outra Olimpíada (2024). Com obelisco do Mussolini, desenhos fascistas e tudo.

DSC06828
O obelisco com o nome do Mussolini, il Duce.

Hoje a capacidade é de uns 70 mil espectadores. Tanto romanistas como laziali jogam aqui, cada semana um. A média da Roma na temporada passada (2013-14, quase retrasada) foi de 40.436 torcedores por jogo. E a da Lazio, 31.905.

Visitei o Olímpico num domingo de Roma x Atalanta que ficou bem abaixo dessa média de público dos giallorossi. Isso porque a curva sul estava fechada, como dá pra ver na foto abaixo: ninguém na arquibancada atrás do gol do Atalanta no primeiro tempo.
A torcida mais radical da Roma tinha cantado algumas coisas bem feias contra um torcedor morto. Não passei por tantas barreiras policiais revistando torcedores nem quando fui à Bombonera! O clima estava pesado. E a torcida me pareceu um tanto sem paciência com alguns jogadores. Normal!

Totti abriu o placar cobrando pênalti (duvidoso).
Totti abriu o placar cobrando pênalti (duvidoso).

Totti, Il Capitano, é muito respeitado reverenciado. Foi o capitão quem abriu o placar, mas a Atalanta empatou. Dois pontos perdidos em casa que poderiam ter complicado as aspirações da Roma jogar a Champions 2015-16.
De bonito, sem dúvida, o belo hino atual da Roma – Non si discute, si ama, de 1974 – tocado antes do jogo, logo depois de um hino mais antigo.

Continuar lendo “Calcio Populare Club: estádio Olímpico de Roma, em tarde de curva sul fechada. Roma 1×1 Atalanta, 19/04/2015”

Internazionale 2014-15

https://www.facebook.com/InterOfficialPage?fref=photo
https://www.facebook.com/InterOfficialPage?fref=photo

Com este estiloso uniforme “risca de giz”, mais nero do que azzurro, a Internazionale de Milão entra na disputa da Liga Europa (Uefa Europa League), liga e Coppa italianas. A camisa 4 foi “aposentada” assim que Javier Zanetti pendurou as chuteiras, mas o time ainda tem um bocado de argentinos – especialmente no ataque.

  • >IN>: Dodô (ex-Roma), Nemanja Vidic (ex-Man United), Berni (goleiro,ex-Torino), Gary Medel (Chile, ex-Cardiff), Yan M´villa (Rubin Kazan), Pablo Osvaldo (atacante da Azzurra nascido na Argentina; foi emprestado pelo Southampton à Inter). Voltam de empréstimo: Mbaye, Obi e o goleiro Belek.
  • <OUT<: Zanneti e Chivu se aposentaram, Samuel foi para o Basel, Diego Milito (pro Racing de Avellaneda), Cambiasso foi pro Leicester City, Walter Samuel para o Basel..
  • Estrelas da companhia: Hernanes, o Profeta (ex-São Paulo e Lazio), Campagnaro e Rodrigo Palacio (vice-campeões do mundo), Icardi. Handanovic.
  • Técnico: Walter Mazzari
  • Estádio: por enquanto, a Inter joga no Giuseppe Meazza/San Siro (capacidade para 80.0074 espectadores), mas o novo dono do clube, Erick Thohir -empresário da Indonésia – já anunciou a a intenção de construir um estádio interista.

    https://www.facebook.com/InterOfficialPage
    https://www.facebook.com/InterOfficialPage
  • Em 2013-14, a média de público da Inter em casa foi de 46.246 interistas/jogo – no ranking da Pluri, a 19ª melhor média do mundo. Ocupação: 58% das cadeiras do Giuseppe Meazza.

image

  • Uniformes: confira as galerias de imagens da “maglia” 1…


e também da “maglia” 2 da Inter, com um desenho que lembra a cruz de São Jorge, do brasão de Milão.
Continuar lendo “Internazionale 2014-15”

Milan 2014-15

E tem mais gente chegando…

wpid-13-08-11_0558

Para um ano sem competição europeia, o Milan promoveu Pippo Inzaghi, que começou a carreira de treinador na base milanista. Como jogador, Inzaghi foi o segundo maior artilheiro das competições europeias de clubes e  com os rossoneri foi duas vezes campeão europeu, uma vez do Mundial de Clubes e duas da liga italiana. Esperamos que ele tenha melhor sorte na sua primeira temporada do que Seedorf, outro ídolo no gramado de San Siro. Mas precisa de muita imaginação para o atual elenco lembrar os times clássicos com os fabulosos holandeses Van Basten, Gullit e Rikjaard, ou o time de Kaká e do próprio Inzaghi, na década passada.

  • >I328778IN>: Fernando Torres (emprestado elo Chelsea), Diego López (goleiro, do Real Madrid, só depende de aprovação nos exames médicos), Pablo Armero, (Agazi (goleiro), Alex (zagueiro brasileiro, estava no PSG), Ménez (meio-campo, outro que veio do PSG), Filippo Inzaghi (técnico).
  • <OUT <: Balotelli (Liverpool)Kaká (Orlando City/São Paulo), Urby Emanuelson (Roma), Seedorf (técnico), Robinho (emprestado ao Santos).
  • Estrelas da companhia: Abbiati, Abate, De Sciglio, Adil Rami, Montolivo, Essien,Muntari, Honda, De Jong, El Shaarawy, .
  • Técnico: Pippo Inzaghi!
  • Estádio: Milan e (por enquanto) Inter mandam seus jogos no Stadio San Siro
  • Confira o rolê do blog pelo lado rossonero do Museu San Siro, parte do passeio San Siro Museum & Tour.
  • Uniformes: confira os detalhes do uniforme 1 do Milan, que ficou muito 10! No escudo, a cruz de São Jorge, parte do brasão da cidade de Milão (em destaque, ao lado) – como o uniforme dos rossoneri em 1999-2000.

    Este slideshow necessita de JavaScript.

Abaixo. a galeria de imagens do uniforme 2, branco. So nesta temporada, o escudo usado no “away kit” sera o da Casa Milan, a sede do clube.
Continuar lendo “Milan 2014-15”