Deloitte Football Money League 2017: o Manchester United é o mais rico do mundo.

Deloitte Football Money League 2017: o Manchester United é o mais rico do mundo.
https://www2.deloitte.com/uk/en/pages/sports-business-group/articles/deloitte-football-money-league.html?id=gb:2sm:3tw:4dfml:5awa:6oth:20170119080000:duk2&linkId=33517873
As receitas, em milhões de euros: https://www2.deloitte.com/uk/

Saiu a edição 2017 do Deloitte Football Money League (DFML), e a novidade é a volta do Manchester United ao #1, superando Barça e Real Madrid. Só Real Madrid e Manchester United lideraram o relatório, em duas décadas de DFML. Mas os red devils não chegavam ao topo da ‘liga do dinheiro’ desde a temporada 2003/2004 (foram 11 relatórios seguidos com o Madrid na ponta). Em 2015-16, a receita dos diabos vermelhos foi de 689 milhões de euros – cifra$ recordes. Fruto dos grandes contratos (Chevrolet, adidas), direitos de transmissão, a grana que Old Trafford movimenta em dias de jogos (e fora deles!). E olha que o Man United não ganha a Premier League desde 2012-13 e a Champions desde 2007-08.

Na nova lista dos 20 mais ricos, estão ao todo oito clubes da Premier League: os dois de Manchester, quatro de Londres – Arsenal, Chelsea, Tottenham Hotspur e West Ham – o Liverpool e o Leicester, que entrou no Top 20 pela primeira vez. Há três clubes de La Liga até o 13º lugar (Barça, Real, Atlético). Três da Bundesliga até o 14º (Bayern, Borussia, Schalke). São quatro da série A italiana (Juve em 10º, Roma, Milan, Inter), um da liga francesa (Paris Saint-Germain) e um da liga russa (Zenit). Continuar lendo “Deloitte Football Money League 2017: o Manchester United é o mais rico do mundo.”

Football Money League 2016

IMG_20160121_072332Real Madrid e Barça são os times que geram mais dinheiro no planeta bola, segundo o 19º relatório Football Money League, da Deloitte, que leva em conta dados da temporada 2014-15 – aquela que terminou com o Barça levantando mais uma Champions League.

É a 11ª vez que o Real Madrid lidera a “liga do dinheiro”. Pulou de 549,5 milhões de euros pra 577 milhões de euros, entre receita comercial, direitos de TV e o que entra em dias de jogos . O Barça passou na frente do Manchester United e do Bayern, muito por causa da temporada em que ganhou quase tudo. A receita pulou de 484,8 milhões de euros para 560,8 milhões,

Os times da Premier League dominam o top 20 (são 9) e o top 30 (são 17). A Deloitte estima que a receita do Manchester United (volta à fase de grupos da Champions 2015-16, novos contratos) pode ultrapassar os gigantes de Madri e Barcelona no próximo ano.

 

Veja o top 20 na tabela. Olha aí o Paris Saint-Germain à frente do Bayern de Munique. O estádio é bem menor que os dos outros primeiros do ranking, mas o PSG arrecada muito com o departamento comercial (297 milhões de euros, contra 263 milhões do Man United, 278 do Bayer, 247 do Madrid e 244 do Barça). As novidades em relação ao relatório anterior são Roma e West Ham no Top 20.IMG_20160121_073655

Continuar lendo “Football Money League 2016”

Price of Football

pof-logoQuanto um torcedor gasta para ver uma temporada toda do time de coração no estádio? A BBC Sport divulgou esta semana Price of Football, sua pesquisa anual sobre o custo de acompanhar um time no futebol europeu: ingresso para um jogo, carnê para a temporada toda, camisas oficiais, programas de jogos, chá e até um pedaço de torta, nos estádios britânicos (diferentes divisões, futebol feminino inclusive) e também custos para torcedores de outros 27 times europeus (da Espanha, Alemanha, Itália, Portugal, França, Noruega, Dinamarca e Suécia). O Swansea City foi o único time britânico que não quis participar da pesquisa da BBC.

Na Premier League, o torcedor do Arsenal é o que paga mais pra acompanhar os gunners no Emirates: 1.014 libras custa o carnê mais barato pra temporada e 2.013 libras o mais caro (o season ticket mais caro da liga inglesa). Custo de ingresso para um jogo só no Emirates Stadium: de 27 libras (12% abaixo da média da Premier League) a 97 libras (o ingresso mais caro do campeonato inglês).

O season ticket mais em conta é o oferecido pelo Stoke City, 294 libras, um pouco menos que o carnê de temporada mais barato pro torcedor citizen: 299 libras pra ver o Manchester City o ano todo.

Já as camisas variam de 40 libras (Bournemouth) a 60 libras (as novas do Manchester United).

Na segundona inglesa, a Championship, o ingresso pra temporada mais em conta varia de 135 (Reading) a 531 libras (Hull City).

Entre os 27 times da Europa continental pesquisados pela BBC Sport, o Barça e o Benfica apresentam os carnês mais baratos, um pouco menos de 74 libras por sócio pra acompanhar a #época completa. Enquanto isso, o torcedor da Juve paga no mínimo o equivalente a 320,90 libras pra entrar no Juventus Stadium durante toda a Serie A.

No Santiago Bernabéu, o sócio madridista paga o equivalente a 166,42 libras (no mínimo) até 1.305,99 libras (máximo) pelo carnê da temporada toda de La Liga.

No Camp Nou, chama a atenção o preço mais caro de ingresso para um único jogo: o equivalente a 275,38 libras (o mais barato custa 17,16 – certamente lá no alto do imenso estádio). Lembrando que todos os dados são da pesquisa Price of Football 2015 da BBC Sport.

Continuar lendo “Price of Football”

Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.

Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.

A Itália manda muito na moda, você sabe. E no que depender dos uniformes, a temporada 2015-16 do calcio vai fazer bonito.
A americana Nike veste Roma, atual vice-campeã, Inter, Atalanta e Hellas Verona. Quatro times contra dois da sua principal concorrente, a alemã Adidas, que manteve o Milan e pegou a poderosa Juventus, tetra italiana e vice europeia, dona da maior torcida da terra da bota. Com 3 squadras cada na arara, estão a italiana Kappa (Torino, Sassuolo e agora Napoli) e a espanhola Joma (Empoli, Palermo e agora Sampdoria). A fábrica italiana Macron manda bem nas camisas do seu conterrâneo Bologna, de volta à série A, e da Lazio. Também italiana, a Givova veste o Chievo Verona e o novato Carpi. A italiana Lotto continua com as lindas camisas do Genoa. Outro fabricante italiano, a HS Football, assinou com a Udinese. A marca milanesa Legea patrocina o caçula Frosinone. E a confecção francesa le coq sportif acertou (em mais de um sentido) com a Fiorentina.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Mas a Joma inventou mais nessa camisa limitada pros torcedores da Samp. Uma “camisa que encoraja”, joga junto.

Bem, depois que o Totti comemorou tirando selfie, seria bem legal se algum jogador da Doria festejasse apertando esse sonoro distintivo!
Dê uma espiada dentro do post e comente.
Quais suas camisas favoritas nesta temporada do calcio 2015-16?
E que cidade tem as camisas mais bonitas? Milão? Roma? Gênova? Verona?
Eu começo…
Continuar lendo “Collezione Serie A: as #maglias dos times italianos para 2015-16.”

Catedrais da bola: San Siro | Giuseppe Meazza.

Catedrais da bola: San Siro | Giuseppe Meazza.

1026092_512965008752288_1848091139_o
É uma das catedrais da bola, embora os dois clubes que joguem no estádio queiram casas próprias. O San Siro, que os interistas preferem chamar de Giuseppe Meazza, vai receber em 28 de maio de 2016 a sua quarta final de Liga/Copa dos Campeões da Europa. Justo num ano que nem Milan nem Inter estão na Champions!
1279058_545063065542482_1983927860_o

E quem foi Giuseppe Meazza? Um atacante revelado pela Inter, por volta de 1927, mas que também jogou no rival Milan e na Juve. E com a Squadra Azzura foi bicampeão mundial, em 1934 e 38!
Continuar lendo “Catedrais da bola: San Siro | Giuseppe Meazza.”