Uma coleção de camisas centenárias no programa “Tresloucados”

Já falamos aqui da nova versão dos “Loucos por Futebol” (saudoso programa da ESPN Brasil), o “Tresloucados”, um programa veiculado no You Tube com três dos “loucos”, o Celso Unzelte, o PVC e o Marcelo Duarte. O “Tresloucados” cresce com a presença de um convidado, como o Luiz Romano, que coleciona camisas de futebol… só de clubes centenários!  Veja o programa com o seu Luiz Romano, um dos últimos de 2015.

Que legal! E o Luiz Romano ficou bem com a camisa do Fernando Prass!

Posts relacionados:

São 50 edições do “Tresloucados” no ar (para ver todos, clique aqui). Que esses loucos tenham vida longa na rede também!

Continuar lendo “Uma coleção de camisas centenárias no programa “Tresloucados””

Estreia “Ídolo”. Filme sobre Nilton Santos, o “Enciclopédia do Futebol”.

facebook.com/filmeidolo/
facebook.com/filmeidolo/

Boa semana pra quem gosta de filmes sobre futebol. O festival Cinefoot volta a São Paulo… e o filme sobre Nilton Santos, “Ídolo”, de Ricardo Calvet, estreia nesta quinta-feira em seis cidades. Além de gravações feitas com o próprio Enciclopédia do Futebol na clínica onde estava internado, o documentário tem depoimentos de Zico, Junior, Evaristo de Macedo, Zagallo, Amarildo, Carlos Alberto Torres, PVC, Luis Mendes, João Havelange, Just Fontaine, Dino Sani, Mengálvio, Coutinho, Pepe, Gerson e da jornalista Sandra Moreyra, que era botafoguense como o pai, Sandro, amigo de Nilton Santos e Garrincha.

Eu ainda fiz onze gols, proibido de passar do meio de campo. Eu não invejo o dinheiro que eles ganham, eu invejo a liberdade que tem um lateral de fazer hoje.” – Nilton Santos

Belo tributo ao bicampeão mundial, que morreu em novembro de 2013. Veja dentro do post os 13 cinemas que exibem “Ídolo” na semana de estreia, em São Paulo, Brasília, Recife, Fortaleza, Juiz de Fora e, claro, no Rio.
Continuar lendo “Estreia “Ídolo”. Filme sobre Nilton Santos, o “Enciclopédia do Futebol”.”

A estrela sobe

Botafogo dsc022901 (1)Flâmula do Botafogo, o primeiro time da Série B 2015 a garantir vaga na elite do futebol brasileiro em 2016. O América-MG está quase lá. E o Vitória também está perto de voltar. Santa, Sampaio, Náutico, Bahia, Braga e Paysandu sonham com uma das 3 vagas restantes.

O título da Série B pode parar em General Severiano no sábado, depois do jogo contra o Santa, no Nilton Santos (Engenhão).

O dia em que o clube da estrela solitária subiu novamente também foi o de uma notícia muito triste, a morte da jornalista Sandra Moreyra, torcedora do Botafogo, que lutava contra o câncer há 2 anos.

O clube lamentou a notícia e decretou 3 dias de luto.

Continuar lendo “A estrela sobe”

Botafogo, 111 anos de futebol!

facebook.com/BotafogoOficial
facebook.com/BotafogoOficial

O Blog Fut Pop Clube saúda o Botafogo de Futebol e Regatas, pelos 111 anos de bola. A história do Glorioso começa em 1894, com a fundação do Club de Regatas Botafogo. Em 12 de agosto de 1904, surgiu o Electro Club, voltado para o futebol, mas o nome durou pouco mais de um mês. Por conselho de dona Chiquitota, avó de um dos fundadores do Electro Club, o nome mudou pra Botafogo Football Club.

Ora, morando onde vocês moram, o clube só pode se chamar Botafogo”, disse Dona Chiquitota. Fonte: site do Botafogo.

O Botafogo Football Club (campeão carioca de 1907, 1910, 1912, 1930, 1932-33-34-35) e o Club de Regatas Botafogo se uniram em 8 de dezembro de 1942, como Botafogo de Futebol e Regatas, nome definitivo do clube que revelou pro mundo craques como Garrincha e Nilton Santos. Continuar lendo “Botafogo, 111 anos de futebol!”

Só dá Lalá! Lamartine Babo escreveu os hinos populares de Fla, Flu, Bota, Vasco, do seu Mecão e de mais 6 times.

Post inspirado pela publicação nas redes sociais do Flamengo, que em 9 de julho comemorou os 70 anos do hino popular do rubro-negro (“Uma vez Flamengo, Sempre Flamengo”). Segundo o site do Fla, a composição de Lamartine Babo foi gravada pela primeira vez em 1945 por Gilberto Alves.
11695860_1160904207260287_8252526293578446658_n
Sem dúvida, é um lindo hino, que caiu na boca do povo. Mas  – confirma o site do Fla – oficialmente o hino do Mengo é a marchinha composta pelo ex-goleiro dos anos 1910 Paulo Magalhães (aquela que diz “Flamengo, Flamengo, Tua Glória é Lutar”). Agora, o que o torcedor que acompanha bem o futebol do Rio está careca de saber é que Lamartine Babo também compôs hinos para os rivais Fluminense (“Sou tricolor de coração…”), Vasco (“Vamos todos cantar de coração…”) e Botafogo (“Botafogo, Botafogo, campeão desde…”). Para o seu time de coração, o America – hino que muita gente considera o mais bonito da safra (“Hei de torcer, torcer, torcer…” adaptação da canção americana “Row Row Row”). Para o São Cristóvão, pro Bangu. Para os tradicionais times do subúrbio Bonsucesso, Madureira e Olaria e até pro Canto do Rio, lá da querida Niterói.  Onze hinos, quase que de uma canetada só! Lamartine Babo topou o desafio de Heber de Boscoli, do programa de rádio  “Trem da Alegria” (programa que passou pelas rádios Mayrink Veiga, Globo, Tupi, Mundial e novamente Mayrink). Um hino por semana, segundo o Dicionário Cravo Albin. No palco iluminado do futebol carioca da metade dos anos 40 em diante, só deu Lalá no gogó do torcedor.

E com uma homenagem a Lá Lá Lá, Lamartine, a Imperatriz Leopoldinense foi campeã carnaval carioca em 1981. O enredo se chamou “O teu cabelo não nega (Só dá Lalá)”.

Continuar lendo “Só dá Lalá! Lamartine Babo escreveu os hinos populares de Fla, Flu, Bota, Vasco, do seu Mecão e de mais 6 times.”

#Geraldinos no CINEfoot 2015

Atualizado para o CINEfoot SP 2015

Cartaz do filme “Geraldinos”: https://www.facebook.com/geraldinosdoc

Dez anos do fim da geral no Maracanã! O documentário Geraldinos passou no festival É Tudo Verdade e é uma das atrações do CINEfoot. O filme de Pedro Asbeg e Renato Martins ganhou a Taça CINEfoot de longa-metragem na edição carioca e agora tenta a dobradinha na seleção paulista do festival.

O da poltrona pode ver o filme sobre os da geral em 28 de novembro, às 21h, no Espaço Itaú de Cinema – rua Augusta.
Continuar lendo “#Geraldinos no CINEfoot 2015”

Começa o 6º festival @CINEFoot, no Rio!

http://www.avalon.me/distribucion/catalogo/messi
http://www.avalon.me/distribucion/catalogo/messi

O filme de Álex De La Iglesia sobre o craque do Barça e da Argentina é o cartaz da sessão de abertura da 6 edição do CINEfoot no Rio, dia 21 de maio, 20h30, Espaço Itaú de Cinema, Praia de Botafogo.

Cena do filme
Cena de “Messi” :avalon.me/distribucion/catalogo/messi

O diretor basco fez uma mescla de atores recontando a infância e a chegada de Léo a Barcelona com documentário, com arquivo e depoimentos – destaque para as imagens do Messi molequinho, quando era uma Pulguinha, driblando todo mundo e fazendo cada golaço! Um filme que tem tudo pra agradar aos fãs de Messi, do Barça e, especialmente, do Newell’s Old Boys. Deixa no ar a sensação que Lionel Messi encerra a carreira nos leprosos, como o time rubro-negro rosarino é apelidado. De La Iglesia reúne em mesas de um restaurante amigos de infância, professoras de Messi e celebridades da bola, como Cruyff, Cesar Luis Menotti, Jorge Valdano, Iniesta, Piqué, Mascherano, Alejandro Sabella. Messi adulto fala pouco. “El flaco” Menotti dá um show! Veja o trailer.


O sexto CINEfoot no Rio de Janeiro vai até 26 de maio. Em setembro, o festival passa em São Paulo, Belo Horizonte e Recife (10 a 14/9).
A edição carioca tem 49 produções brasileiras e estrangeiras e recebeu 156 inscrições para as mostras competitivas. Vai ter sessões especiais para filmes de futebol do Chile, em homenagem à sede da Copa América. Outro país homenageado será a República Tcheca, com um filme-tributo ao Dukla Praga F.C.

O CINEfoot lembra também dos 10 anos do fim da geral no Maracanã, com o premiado curta “Geral” (de Anna Azevedo), antes de “Messi”, e “Geraldinos“, na msotra competitiva de longas.

No último dia de festival no Rio, estreia o filme “95”, sobre os 20 anos do título brasileiro do Botafogo. Os santistas não devem querer nem passar perto do Espaço Itaú de Cinema da Praia de Botafogo, em 26 de maio, às 18h…

“95” é um filme oficial do Botafogo sobre o título brasileiro

Veja os longas e curtas que concorrem à Taça CINEfoot em 2015 dentro do post.
Continuar lendo “Começa o 6º festival @CINEFoot, no Rio!”

Para o alto e #Avanti: programa de fidelidade do Palmeiras passa de 100 mil sócios.

facebook.com/avantipalmeiras
facebook.com/avantipalmeiras

O Avanti, o bem-sucedido programa do tipo sócio-tordedor do Palmeiras, tem 100.781 associados (e contando…), no momento em que termino este post, em 10 de março de 2015. É o vice-líder no #Torcedômetro, do Movimento por um Futebol Melhor.  O Inter lidera o ranking nacional, com impressionantes mais de 130 mil sócios. Colorados como os encarnados, adeptos do Benfica que fazem o time da águia Vitória liderar o ranking mundial de sócios – os torcedores que pagam uma mensalidade ao time de coração e ganham uma série de vantagens – especialmente descontos ou até tarifa zero – para ir ao estádio empurrar o time. O Corinthians passou o Grêmio: 83.356 x 81.012. O Cruzeiro vem em quinto: 68.932. O Santos em sexto, com 57.470 sócios. O Flamengo manteve o sétimo lugar: 54.460, à frente do São Paulo, que tem 52.333 no seu programa Sócio-Torcedor. O do Galo está em nono lugar, com 40.287.  Em 10º, o Bahia24.021. Na cola dele, Fluminense, o 11º, com 23.528.  O Sport, 12º, 18.685. O programa de fidelidade do Vascão só está em 13º: 15.818.Chapecoense, 14º lugar, 11.258. O ‘caçula’ Joinville aparece em 15º: 10.537. E o Botafogo é aṕenas o 16º (10.332) – dados de 10 de março de 2015, ok? Confira os demais aqui.

Manchester United, Inter de Milão e Borussia que se cuidem com a expansão do programa de fidelidade do Palmeiras.

Confira abaixo a campanha #CadaUmÉOnze, lançada em 2015 pelo Inter para manter a liderança do torcedômetro, e claro, encher o cofre e o Beira-Rio.

Continuar lendo “Para o alto e #Avanti: programa de fidelidade do Palmeiras passa de 100 mil sócios.”

Camisas do Futebol Carioca

Aproveito o domingão de Rio 450 para indicar um livro bacana que saiu pela Maquinária Editora, na época da Copa do Mundo. “Camisas do Futebol Carioca”, do museólogo e designer Auriel de Almeida.
10474284_664145250339520_6267279434029323753_n
São reproduzidas mais de 700 camisas de times cariocas e do estado do Rio, inclusive de clubes que não existem mais e das seleções estaduais. Sim, claro, tem Botafogo, Fla, Flu, Vasco, América, mas tem muito mais, até 2014, é verdade. Uma joia para quem pesquisa ou tem interesse pessoal pelo futebol do Rio e do Brasil. Belíssima pesquisa do Auriel de Almeida, que é colaborador da RSSSF Brasil, grupo que pesquisa resultados e estatísticas do futebol.
Continuar lendo “Camisas do Futebol Carioca”