De letra: o estande do Fluminense na Bienal do Livro.

Sugestão e produção: Sérgio Duarte, do programa Rock Flu

Dica do Sérgio Duarte, do programa Rock Flu. O Fluminense vai ser o primeiro clube de futebol a ter um estande na Bienal do Livro, no Riocentro, que começa nesta quinta-feira e vai até 8 de setembro. Lá no estande tricolor, vão rolar lançamentos, relançamentos, homenagens e bate-papos com jornalistas e escritores (programação completa no site do clube).

Olha só que grande dama do teatro, cinema e TV do Brasil gravou um convite para o canal do Flu no You Tube.

A Bienal também terá um Placar Literário, para debater a literatura boleira. Curadoria do jornalista João Máximo. 10!
Continuar lendo “De letra: o estande do Fluminense na Bienal do Livro.”

Uniformes centenários. Tema do 10º Encontro de Colecionadores de Camisas de Futebol.

Uniformes centenários. Tema do 10º Encontro de Colecionadores de Camisas de Futebol.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O encontro de colecionadores de uniformes de futebol promovido pelo pessoal do site Minhas Camisas já vai para a décima edição, no outro sábado, 24 de agosto, entre 10h e 17h, no foyer externo do Museu do Futebol, no Pacaembu. Vai ter um varal temático, sobre camisas centenárias. No slideshow acima, uniformes dos centenários do Náutico e do Espanyol de Barcelona. Abaixo, as camisas comemorativas do Juventude (RS) e da Internacional de Limeira (SP), que completam 100 anos neste 2013.

Dentro do post, o flyer do 10º Encontro de Colecionadores de Camisas de Futebol.
995790_10153092845510165_1334179585_n

Links úteis:

Uma decisão de cinema.

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Neymar deve ter, nas últimas duas quarta-feiras deste mês, sua primeira decisão no futebol espanhol (não considerando o troféu Joan Gamper). Barcelona – campeão da liga nacional – e Atlético de Madrid – campeão da Copa do Rei – abrem a temporada disputando a Supercopa de España. São duas partidas, a primeira em Madrid (21 de agosto, no Vicente Calderón) e a segunda em Barcelona.  E essa segunda partida, em 28 de agosto, será transmitida do Camp Nou ao vivo para uma rede de 33 cinemas no Brasil (18h de Brasília). O Barça de Messi, Neymar, Xavi, Iniesta e companhia enfrenta o Atlético de Madrid do ex-blaugrana David Villa e dos brasileiros Filipe Luís, Miranda e Baptistão (que se destacou no Rayo Vallecano). Mais detalhes dentro do post.
Continuar lendo “Uma decisão de cinema.”

Livro conta a história das camisas de alguns dos maiores times da Europa

Publicado em julho de 2013

Historia_camisas_europa_300_CMYK
Você sabia que durante a Segunda Guerra, o Bayern de Munique (que tinha presidente e técnico judeus) foi obrigado a usar o escudo do Partido Nacional Socialista, dos nazistas?
Por que o FCB do distintivo do Barça virou CFB entre 1939 e 1974?
Em que período da vida política italiana a Internazionale de Milão virou Ambrosiana e usou uma camisa branca com a cruz vermelha símbolo da cidade, depois relançada em 2007?
Você sabia que o durante o período fascista na Itália, o Milan (nome da cidade de Milão em inglês, em homenagem aos fundadores do clube) foi obrigado a “italianizar” o nome, para Milano, e teve que ostentar um distintivo fascista em amistosos internacionais?
E que o Corinthian inglês (que inspirou nome e camisa do Corinthians Paulista) também influenciou a escolha da camisa, branca, do Real Madrid, em 1902?
E que o Arsenal, fundado em 1886, só começou a usar o tradicional uniforme vermelho com as mangas brancas em 1933?
Quando o Manchester United adotou seu uniforme vermelho?
Quais eram as cores do Liverpool, quando foi fundado, em 1892?
Que clube inglês influenciou o uniforme “bianconero” da Juve, depois que a Vecchia Signora usou uma ‘malha rosa’, em seus primeiros passos?
“Blue is the colour, football is the game”. Mas em que ano o Chelsea, fundado em 1905, adotou o azul-royal?
Tudo isso está no livraço “A História das Camisas dos 10 Maiores Times da Europa” (Panda Books), de Mauricio Rito e Rodolfo Rodrigues, que acaba de chegar às livrarias.
Cada mudança importante no “manto” dos clubes citados, desde o ano de suas fundações, é mostrada pelas ilustrações de Mauricio Rito e pesquisa de Rodolfo Rodrigues, no padrão de lançamentos anteriores da Panda, como “A História das Camisas dos 12 Maiores Times do Brasil” e “A História das Camisas de Todos os Jogos das Copas do Mundo”. Mais de 1.400 camisas foram reproduzidas – já tem os uniformes da temporada 2013/2014, como as cores da ‘senyera’ no uniforme 2 do Barça. Detalhes como mudanças de escudo, de fornecedores de material esportivo e patrocinadores não são esquecidos. Há ainda um capítulo especial sobre as decisões da Copa/Liga dos Campeões, desde 1956 – com o desenho dos uniformes usados pelos finalistas, claro!

Veja o flyer da noite de autógrafos dentro do post.
Continuar lendo “Livro conta a história das camisas de alguns dos maiores times da Europa”

Maracanã, 7 da noite. Noite ‘N’ de Neymar?

Ou será que vai dar “I” de Iniesta?
O torcedor e a imprensa blaugrana sorriem com a perspectiva de uma final de um torneio de seleções com quase todo um time do Barça em campo. Falta Messi, de férias na América do Sul. Descanso merecido. Ele precisa, mesmo.
Gostaria de aproveitar este post sobre um dos personagens da decisão para um desabafo que está entalado desde a venda de Neymar para o Barça. Foi emocionante a apresentação do jovem brasileiro, diante de milhares de torcedores do novo clube, mas percebi que muita gente por aí saudou a chegada do topetudo ao Camp Nou como ‘agora, sim”. Como se o ex-clube de Neymar não fosse imenso também. Já ouvi comentarista dizendo que ele já tá jogando melhor. Peraí, Neymar nem estreou pelo Barça. Só se for por ter tirado das costas o estresse de uma negociação, em que deixa a terra natal e um clube querido pelo novo Velho Mundo.

A propósito, está nas bancas o número 2 do gibi “Neymar Jr”, com o traço e a graça da grife Mauricio de Sousa. Já pensam numa versão em castelhano ou catalão?
CAPA_NJ_002.indd
Continuar lendo “Maracanã, 7 da noite. Noite ‘N’ de Neymar?”

Clássicos Futbox: Brasil x Itália

Brasil e Itália decidiram as Copas de 1970 e 1994. Nas duas ocasiões, a seleção Canarinho levou a melhor sobre a Azzurra. No ano do tetra, foi apertado, só nos pênaltis. Mas no tri, foi um chocolate: 4×1. Olha só a animação stop-motion feita pelo portal Futbox para o quarto gol, do capitão Carlos Alberto Torres.


Fonte: http://www.futbox.com/pt/animacoes

E que golaço do Futbox. O portal é uma enciclopédia ilustrada do futebol. Bate um bolão com ilustrações sobre a história dos clubes, dos dérbis (os grandes clássicos), dos principais troféus, do Brasileirão 2013 e da Copa das Confederações. A animação do gol do capita Carlos Alberto é uma da lista de gols históricos das Copas do Mundo, que podem ser conferidos neste link: http://www.futbox.com/pt/animacoes

Dentro do post, os créditos dessa animação. Dez,não?

Continuar lendo “Clássicos Futbox: Brasil x Itália”

#Metegol. 29 de novembro nos cinemas brasileiros, como “Um Time Show de Bola”.

1044247_336264579837803_1316348137_n


Tenho a impressão que a venda de pebolins vai disparar no mundo todo! S e n s a c i o n a l o novo trailer da animação 3D “Metegol”, do oscarizado diretor Juan José Campanella. A estreia na Argentina será em 18 de julho. “Metegol” será “Futbolín” na Espanha e “Foosball” nos EUA. Aqui no Brasil poderia ser “Pebolim”, “Totó”, “Fla-Flu”… Mas vai ser “Um Time Show de Bola”. Segundo o site IMDB (fantástica base de dados sobre cinema na rede), “Metegol / Um Time Show de Bola” entra em campo… err, entra em cartaz em 29 de novembro. Juan José Campanella é diretor dos ótimos “O Filho da Noiva” e “O Segredo dos Seus Olhos” (que tem uma cena de tirar o fôlego no estádio do Huracán, em Buenos Aires) e “Clube da Lua” – todos com o ator Ricardo Darín. E o roteiro de “Metegol” é baseado no conto “Memórias de un Wing Derecho”,do escritor Roberto Fontanarossa, um torcedor maluco pelo Rosario Central.  Continuar lendo “#Metegol. 29 de novembro nos cinemas brasileiros, como “Um Time Show de Bola”.”