Semifinales

As copas nacionais na Europa vão chegando a seus momentos decisivos. Hoje foram sorteadas as semifinais da Copa do Rei. Nas próximas duas semanas, o Barça (eliminou o Athletic) pega o Valencia (passou Las Palmas) e o Sevilla (deixou o Mirandés pra trás) enfrenta o Celta de Vigo (eliminou o Atlético de Madrid).
sorteo_semifinales_acopla_640x406
Representadas aí quatro comunidades: Galícia, Andaluzia, Comunidade Valenciana e Catalunha.  Partidas de ida:

  • Quarta-feira, dia 3: Barça x Valencia, no Camp Nou
  • Quinta-feira, dia 4: Sevilla x Celta, no Ramón Sánchez Pizjuán

Depois do carnaval, a volta:

Agora quem dá a bola

Agora é a Kappa que veste o Santos, se bem que num modelo de parceria diferente.

12622254_975037999231426_4861078964323396268_o
FOTOS: Ivan Storti | Santos FC

Nas lojas, a camisa 1 que encontrei não tem a marca vermelha da nova patrocinadora, Royal Air Maroc. Deve fazer sucesso com o torcedor. Na camisa 2, menos listras, beeeem mais largas. Muitos santistas devem torcer o nariz pra essa mudança. Pelo menos o número parece bem legível. Tudo muito justo, como é moda. Segundo o site do clube, a empresa italiana desenvolveu os uniformes e a empresa paulista SPR Sports vai distribuir os produtos. “Neste novo modelo de gestão, o Santos trocará os tradicionais royalties pelo lucro da comercialização, ou seja, o clube será sócio principal do que for arrecadado.”, disse o presidente Modesto Roma Jr ao Santosfc.com.br/.

Continuar lendo “Agora quem dá a bola”

Camisas do Grêmio 2016

No 1×1 deste sábado contra o Danúbio Fútbol Club, de Montevidéu, o Grêmio e a Umbro lançaram os novos uniformes 1 e 2 do tricolor gaúcho.
640x480
No primeiro tempo, os gremistas conheceram a tradicional camisa 1, sempre bela. Tem gola V. Clique em qualquer imagem para abrir a galeria.

No segundo tempo, a camisa 2. Confira a galeria. Continuar lendo “Camisas do Grêmio 2016”

Football Money League 2016

IMG_20160121_072332Real Madrid e Barça são os times que geram mais dinheiro no planeta bola, segundo o 19º relatório Football Money League, da Deloitte, que leva em conta dados da temporada 2014-15 – aquela que terminou com o Barça levantando mais uma Champions League.

É a 11ª vez que o Real Madrid lidera a “liga do dinheiro”. Pulou de 549,5 milhões de euros pra 577 milhões de euros, entre receita comercial, direitos de TV e o que entra em dias de jogos . O Barça passou na frente do Manchester United e do Bayern, muito por causa da temporada em que ganhou quase tudo. A receita pulou de 484,8 milhões de euros para 560,8 milhões,

Os times da Premier League dominam o top 20 (são 9) e o top 30 (são 17). A Deloitte estima que a receita do Manchester United (volta à fase de grupos da Champions 2015-16, novos contratos) pode ultrapassar os gigantes de Madri e Barcelona no próximo ano.

 

Veja o top 20 na tabela. Olha aí o Paris Saint-Germain à frente do Bayern de Munique. O estádio é bem menor que os dos outros primeiros do ranking, mas o PSG arrecada muito com o departamento comercial (297 milhões de euros, contra 263 milhões do Man United, 278 do Bayer, 247 do Madrid e 244 do Barça). As novidades em relação ao relatório anterior são Roma e West Ham no Top 20.IMG_20160121_073655

Continuar lendo “Football Money League 2016”

Dica de leitura: “Guardiola Confidencial”.

3-4-3? 4-3-3? 4-1-4-1? Para Pep Guardiola, essas nomenclaturas de sistemas táticos de futebol são como números de telefone. E o treinador odeia a expressão tiki-taka, ficar tocando a bola apenas por tocar. Quer ganhar, sempre, e do seu jeito de jogar futebol. No livro
10984102_894088160627793_2447121546588417667_nGuardiola Confidencial (Herr Pep, na premiada versão original),  o jornalista Martí Perarnau conta que o treinador catalão atirou no lixo um jornal que destacou uma declaração de Lotthar Matthaus (“o tiki-taka chegou à Bavária”). Martí Perarnau mergulhou na primeira das três temporadas de Guardiola no comando do Bayern, teve acesso total aos treinos e bastidores, em troca do compromisso de só revelar depois que a temporada 2013-14 acabasse. “No livro, você pode escrever tudo o que ver e criticar tudo o que quiser, mas durante a temporada não conte fora o que descobrir dentro do Bayen”, disse Guardiola. Em 2015, o livraço de Perarnau ganhou edição brasileira por uma nova editora, a Grande Área. O título aqui é Guardiola Confidencial. 408 páginas, R$ 44,90. Continuar lendo “Dica de leitura: “Guardiola Confidencial”.”