Futebol ao cair da tarde – uma bela tarde com jogo do Nacional no estádio Centenario.

DSC07410

Publicado no começo de novembro de 2015

Este slideshow necessita de JavaScript.

Montevidéu – O Nacional chegou à 11ª “fecha” (rodada) do torneio Apertura 2015 do campeonato uruguaio na liderança, mas o Bolso deu uma derrapada na partida de sábado, contra o Racing Club de Montevideo, em posição intermediária na tabela.DSC07402

Jogando com sua belíssima segunda camisa, vermelha, parecida com esta da temporada 2014, o tricolor de Montevidéu abriu o placar com Santiago Romero no primeiro tempo…DSC07403

e chegou a fazer 2×0 com Sebastián Fernández logo no começo do segundo tempo, só que o Racing mostrou atrevimento e igualou o marcador no mítico Centenario (gols de Franco Romero e Líber Quiñones). O estádio  recebeu apenas 7 mil torcedores (minha fonte aqui é o Ovación, caderno esportivo do jornal El País, de Montevidéu). Mas a torcida da “banda del Parque” deu show, cantando o tempo todo, mesmo no finalzinho, com o empate amargo, pra empurrar  o time.


Um olho no jogo, outro na tribuna Colombes, onde fica a torcida tricolor.

DSC07425
Com o empate, o Nacional deu ao arquirrival Peñarol a possibilidade de assumir a liderança do Apertura 2015, no domingo, o que realmente aconteceu, na semana antes do grande clássico uruguaio, entre tricolores e aurinegros.

A “estreia” do Fut Pop Clube no Centenário, o primeiro giro do blog no estádio da final da Copa de 1930 em dia de jogo, foi na tribuna Olímpica, onde fica a torre que é um cartão postal de Montevidéu. O ingresso nesse setor custou 300 pesos uruguayos para não sócios do Nacional. Uns 50 reais.

Montevidéu, 31 de outubro de 2015. @FutPopClube
Uma manutenção não faria mal ao Centenario. Montevidéu, 31 de outubro de 2015. @FutPopClube

Dentro do post, a ficha técnica de Nacional 2×2 Racing.

  • Nacional: Esteban Conde; Damián Eroza, Sebastián Gorga, Diego Polenta, Alfonso Espino; Santiago Romero (Matías Cabrera), Gonzalo Porras, Mathías Abero; Rodrigo Amaral (Ignacio González); Sebastián Fernández e Iván Alonso. Técnico: Gustavo Munúa.
  • Racing: Jorge Contreras; Franco Romero, Ignacio Ithurralde, Darwin Torres, Juan Manuel Díaz (Líber Quiñones); Ignacio Nicolini (Leandro Ezquerra), Ernesto Dudok, Jesús Trindade; Juan Pablo Rodríguez; Jean Pierre Barrientos (Diego Zabala) e Jhonathan Ramis. Técnico: Darío Larrosa.

Estádio: Centenario.

Trio de arbitragem: Pablo Giménez, Mauricio Espinosa e Raúl Hartwig.

Gols: Santiago Romero (NAC) 37´; Sebastián Fernández (NAC) aos 5´ do segundo temp; Franco Romero (RAC) aos 13´ e Líber Quiñones (RAC) 40´ do segundo.

Amarelos: Ignacio Nicolini (RAC) e Líber Quiñones (RAC).

Fonte: http://www.nacional.com.uy/mvdcms/uc_8962_1.htmlDSC07405

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s