Que bonito é…

  • o show das torcidas brasileiras quando Corinthians, Flamengo, Internacional, São Paulo e Cruzeiro jogam em casa na Libertadores.
  • a jogada do Barcelona no gol da vitória sobre o Málaga, que garantiu a liderança na liga espanhola (bolão de Xavi para Daniel Alves, na linha de fundo, cruzamento para Messi encostar). O Real Madrid vem bufando, logo atrás.
  • a raça de Tévez na vitória de 4×2 do Manchester City sobre o líder inglês, o Chelsea, em pleno estádio Stamford Bridge. O City ganhou e o rival United festeja. O Chelsea agora só tem um ponto acima do Man United e três mais que o Arsenal.”Tem jogo” na Premier League, que vai pegar fogo.

QUE DESAGRADÁVEL…

  • O “clima” entre John Terry e Wayne Bridge antes do jogo Chelsea x Manchester City.
  • A fratura na perna direita do galês Ramsey, do Arsenal.

QUE FINAL…

Livro: “Os 11 Maiores Camisas 10 do Futebol Brasileiro”

Nesta terça-feira, 13 de abril, às 18h30 na livraria Cultura do Conjunto Nacional, o jornalista Marcelo Barreto lança o livro “Os 11 Maiores Camisas 10 do Futebol Brasileiro” (de uma série da editora Contexto, que começou com “Os 11 Maiores Técnicos…”, do Noriega). Marcelo Barreto está preparado para a polêmica, para motivar muita conversa de bar. Ele explicou à CBN que antes de mais nada a lista não trata de quem usou a camisa 10, mas jogou como “10”, na posição consagrada por Pelé, Zico, Riva, Ademir da Guia etc. O autor do livro já explica aos vascaínos que apesar de Roberto Dinamite ter jogado com a 10, era um típico “9”, preservando o grande ídolo de São Januário para um futuro livro sobre “os 11 maiores centroavantes”.

E quem foram os onze “camisas 10” eleitos pelo livro? Continuar lendo “Livro: “Os 11 Maiores Camisas 10 do Futebol Brasileiro””

As Copas de 1930, 34 e 38

Cartaz da Copa de 1930

Só para lembrar que neste sábado começa Brasil nas Copas, série de 8 palestras no Museu do Futebol, em parceria com o MemoFut.  No primeiro sábado, Max Gehringer – que adora pesquisar futebol e Copas – fala dos Mundiais disputados antes da Segunda Guerra: 1930 (deu Uruguai, em casa); 1934 (deu Itália, em casa) e 1938 (deu Itália de novo, na França). A palestra vai das 10 às 12h e é de graça. O Museu, você sabe, fica no estádio do Pacaembu. Confira a programação completa da série Brasil nas Copas aqui.

A amarelinha. E os “Gaúchos Canarinhos”.

O clássico visual amarelo, com detalhes em verde, calção azul e meia branca, foi criado pelo desenhista gaúcho Aldyr Schlee, que venceu um concurso do jornal Correio da Manhã. Tema do documentário Gaúchos Canarinhos, da produtora Estação Elétrica. Dá para ver o trailer no YouTube ou no site da produtora, que também fez um filme sobre o Renner, campeão gaúcho de 1954 (Papão de 54).

Liga Europa

Flâmula do Panathinaikos, que eliminou a Roma da Europa League

O Panathinaikos, da bela flâmula ao lado, é um dos 16 classificados para as oitavas da Europa League, ou Liga Europa. O clube da endividada Grécia tirou a Roma da competição. Agora vai pegar o Standard de Liege, da Bélgica. Os outros pegas das oitavas:

Hamburgo x Anderlecht;

Rubin Khazan x Wolfsburg, de Josué e Grafite;

Atlético de Madrid x Sporting, no confronto ibérico;

Benfica x Olympique de Marselha;

Lille x Liverpool;

Juventus de Turim (eliminou Ajax) x Fulham, e

Valencia x Werder Bremen.

Como se vê, vários clubes que já foram finalistas ou mesmo faturaram a Copa/Liga dos Campeões, prima mais rica e tradicional entre as competições interclubes da Uefa. A Liga Europa pode parecer um prêmio de consolação pra quem fica fora da Champions, mas os jogos dessa fase mata-mata foram disputados, com bom nível técnico. E as torcidas comparecem, lotando os estádios. Afinal, vale taça.

Brasil nas Copas, no Museu do Futebol.

Começa neste sábado a série de 8 palestras Brasil nas Copas, parceria do Museu do Futebol com o MemoFut, que vai até 29 de maio. Os temas foram divididos assim: Copas do Pré-Guerra (1930, 34 e 38); Complexo de Vira-Lata (50 e 54); O Bicampeonato (58-62); A Volta por Cima (66/70); Nos Tempos da Ditadura (74-78); A Era Telê (82-86); A Era Dunga (90-94-98) e As Copas do Século XXI (2002-2006-2010). Segundo José Renato Santiago, do MemoFut, o objetivo não é se limitar às estatísticas e números da Seleção Brasileira, mas apresentar também as curiosidades futebolísticas e sociais que envolveram o Brasil e as Copas. Confira aqui quem vai participar de cada palestra e as datas… Continuar lendo “Brasil nas Copas, no Museu do Futebol.”

“Futebol Brasil Memória”

Ao pesquisar sobre o futebol no Brasil, me deparei com Futebol Brasil Memória – De Oscar Cox a Leônidas da Silva (1897-1937). O livro  do jornalista Claudio Nogueira foi lançado tempos atrás pela editora Senac Rio. E é uma boa dica para ficar sabendo mais sobre o começo do futebol no Rio de Janeiro, o conflito amadorismo x profissionalismo, a relação com a cultura e a música, o racismo. E pensar que já teve cartola que abriu mão de craque para não ficar com dois negros no ataque do time…