Partida 927 (e última) por La Liga no Vicente Calderón.

Partida 927 (e última) por La Liga no Vicente Calderón.

Atualizado

Calderón, 2014.

O Atlético de Madrid se despediu hoje do seu estádio Vicente Calderón, justamente numa partida contra o Athletic – lá atrás, em 1903, foram torcedores do clube de Bilbao que fundaram o Atlético de Madrid, inclusive com as mesmas cores; o primeiro uniforme dos dois clubes era azul e braco, só depois viraram #rojiblancos. 3×1 para o time da capital.

Só por La Liga, foram 927 partidas no estádio de Manzanares. No sábado, 27 de maio, o Calderón rojiblanco ainda recebe a final da Copa do Rei, entre Barça e Deportivo Alavés. No domingo, 28, uma partida entre mitos #atléticos.

Dois brasileiros estão no Top 10 dos artilheiros do Atleti no estádio, inaugurado em 1966. Veja a lista dos dez maiores goleadores (Fonte: Mundo Deportivo):

Continuar lendo “Partida 927 (e última) por La Liga no Vicente Calderón.”

O Palmeiras, com todo o cartaz.

Poster do filme "Palmeiras - O Campeão do Século". Estreia: 22 de setembro de 2016.
Poster do filme “Palmeiras – O Campeão do Século”. Estreia: 22 de setembro de 2016.

O Palmeiras está com o maior cartaz. Não só lá no alto do Brasileirão 2016, como em cinemas de Sampa, São Bernardo, Ribeirão e Jundiaí, a partir desta quinta, 22 de setembro. “Palmeiras – O Campeão do Século”, o segundo filme do jornalista Mauro Beting, dirigido a quatro mãos com Kim Teixeira (produtor executivo da estreia de Beting, 12 de Junho de 1993), conta os 102 anos de história do alviverde, da fundação como Palestra Itália e o primeiro título paulista ao último pênalti da Copa do Brasil 2015, passando é claro pela Copa Rio 1951 (o mundial do Verdão), o fim do jejum e a Libertadores de 99. É mais uma produção sobre futebol da Canal Azul (o próprio  12 de Junho de 1993100 Anos de Seleção Brasileira e vários filmes sobre outros times)

Confira o trailer:

A partir de 22 de setembro de 2016 nos cinemas:

  • Espaço Itaú Pompeia – Shopping Bourbon
  • Cinépolis – São Bernardo Plaza Shopping
  • Cinépolis – Iguatemi Ribeirão Preto
  • Cinépolis – Jundiaí Shopping

Ficha técnica: Continuar lendo “O Palmeiras, com todo o cartaz.”

Álbum de figurinhas do Palmeiras

002762PBB_0
Saiu um álbum de figurinhas do Verdão: Palmeiras – Centenário de Glórias é um lançamento da Panini. São ao todo 400 cromos adesivos (100 metalizados ou em tecido) pra preencher o álbum de 66 páginas.

Caricatura de Julinho Botelho
Caricatura de Julinho Botelho

Palmeiras – Centenário de Glórias conta a fundação do Palestra, o primeiro campo, a primeira conquista e o primeiro gol. Inclui raridades como reproduções das primeiras carteirinhas de títulos de sócio.

Tem espaço para autógrafos e fotos que o colecionador quiser acrescentar e, entre as 100 figurinhas especiais, estão a do Time dos Sonhos: caricaturas de Marcos, Djalma Santos, Luiz Pereira, Waldemar Fiúme, Roberto Carlos, Dudu, Ademir da Guia, Jair Rosa Pinto, Heitor, Rivaldo e Julinho Botelho ( veja ao lado).

Timaço!
Timaço!

Um encarte duplo de seis páginas traz o índice da publicação em formato de linha do tempo, registrando no verso a evolução dos escudos do Palmeiras. E mais: tem a história do estádio desde seus primeiros tijolos até a reconstrução total inaugurada em 2014, os grandes goleiros, as estatísticas  e todas as camisas que fazem parte da história do time, além de uma página dedicada a artistas do cartum palmeirenses.marcos(1)
002762PBB_1

Pra quem gosta da história do futebol brasileiro e tiver paciência de colecionar figurinhas, vale a pena até se não torcer pro time.
A edição simples tem capas em acabamento especial dourado e verde metálico, com o escudo em alto relevo e inclui ainda um encarte especial duplo de seis páginas. Uma versão em capa dura já está disponível, com preço sugerido de R$ 36,90 em um kit incluindo 10 envelopes (50 figurinhas).

Continuar lendo “Álbum de figurinhas do Palmeiras”

Discutindo a relação: a Seleção Brasileira e o Morumbi. Veja a lista dos jogos.

10464313_588986841222679_4006644258918849428_nA Seleção Brasileira e o público paulistano parecem viver uma eterna “D.R.” quando se encontram no Morumbi, pelo menos dos anos 70 ou 80 pra cá. Se o gol demora, pode ter certeza, lá vem vaia. Nos últimos anos, goleiros e centroavantes ouviram gritos de “Rogério! Rogério” e “L u í s F a b i a n o !”. Técnicos não foram poupados. Parreira ouviu “Olê, olê, olê, Telê, antes da Copa de 1994″. Mano Menezes ouviu um grito de adeus no feriado de 7 de setembro de 2012, na ‘goleada de um a zero’ sobre a África do Sul.. Por mais de uma vez, o rigoroso público paulistano não perdoou nem um símbolo como a bandeira nacional.
Mas às vezes basta a Seleção marcar um gol para rolar aquele chatinho”eu  / sou brasileiro/  com muito orgulho / com muito amor”.
O certo é que em 28 jogos, desde 1963 (o Morumbi foi inaugurado em 1960 e ampliado em 1970), marcaram gols pela Seleção no estádio nomes como Pelé (bem no dia da despedida do escrete canarinho, em 1971) Pepe, Jairzinho, Leivinha, Roberto Dinamite, Reinaldo, Rivellino, Sócrates, Zico, Tita, Careca, Bebeto, Romário, Rivaldo, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Adriano, Luís Fabiano e, agora, Fred. Ao todo, foram 18 vitórias, 9 empates e apenas uma derrota, na primeira partida.
Vamos à lista! Para este post, contei com a preciosa ajuda de Michael Serra, do arquivo histórico do São Paulo FC, a quem agradeço por mais uma gentileza.

  1. Brasil 2×3 Argentina, Copa Roca, 13/04/1963. Pepe marcou os dois gols da Seleção
  2. Brasil 4×0 Peru, amistoso, 4 de junho de 1966. Duas vezes Lima, Paraná e Pelé.
  3. Brasil 5×0 Chile, amistoso, 22 de março de 1970. Duas vezes Pelé, 2 vezes Roberto Miranda e Gérson.
  4. Brasil 0x0 Bulgária, amistoso, 26/04/1970.
  5. Brasil 1×1 Áustria, amistoso, 11/07/1971. Pelé marcou, num de seus jogos de despedida da Seleção.
  6. Brasil 3×0 Iugoslávia, Minicopa, 02/07/1972. Marcaram Leivinha (duas vezes) e Jairizinho.
  7.  Brasil 2×0 Romênia, amistoso, 17/04¹974. Edu e Leivinha.
  8. Brasil 0x0 Áustria, amistoso, 1º de maio de 1974.
  9. Brasil 1×0 Bulgária, amistoso, 23/01/1977. Roberto Dinamite.
  10. Brasil 2×0 Seleção Paulista, amistoso, 25 de janeiro de 1977 (*). Gil e Palhinha marcaram.
  11. Brasil 1×1 Seleção Paulista, amistoso, 16 de junho de 1977 (*). PC Caju marcou pro Brasil.
  12. Brasil 3×1 Polônia, amistoso, 19/06/1977. Paulo Isidoro, Reinaldo e Rivellino.
  13. Brasil 5×0 Ajax, amistoso, 21/06/1979 (*). Duas vezes Sócrates, 2 vezes Zico, Toninho.
  14.  Brasil 2×0 Bolívia, Copa América, 16/08/1979. Tita e Zico.
  15. Brasil 1×1 Polônia, amistoso, 29/06/1980. Zico.
  16. Brasil 1×1 Tchecoslováquia, amistoso, 03/03/1982. Gol de Zico.
  17. Brasil 0x0 Argentina, amistoso, 17/06/1984.
  18. Brasil 1×1 Bolívia, Eliminatórias 30/06/1985. Gol de Careca.
  19. Brasil 6×0 Venezuela, Eliminatórias, 20/08/1989. Marcaram: Careca (4), Silas e Acosta contra.
  20. Brasil 2×0 Equador, Eliminatórias, 22/08/1993. Bebeto e Dunga.
  21. Brasil 3×2 Equador, Eliminatórias, 26/06/2000. Rivaldo (2 vezes), Antônio Carlos.
  22. Brasil 3×1 Argentina, Eliminatórias, 26/07/2000. Gols: Alex e Vampeta (2).
  23. Brasil 1×0 Colômbia, Eliminatórias, 15/11/2000. Gol: Roque Júnior.
  24. Brasil 1×1 Peru, Eliminatórias, 25/04/2001. Gol do Brasil: Romário.
  25. Brasil 3×1 Bolívia, Eliminatórias, 05/09/2004. Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Adriano marcaram para o Brasil.
  26. Brasil 2×1 Uruguai, Eliminatórias, 21/11/2007. Duas vezes Luís Fabiano.
  27. Brasil 1×0 África do Sul, amistoso, no 7 de setembro de 2012. Gol de Hulk.
  28. Brasil 1×0 Sérvia, amistoso – o último antes da Copa, 06/06/2014. Gol: Fred.

Continuar lendo “Discutindo a relação: a Seleção Brasileira e o Morumbi. Veja a lista dos jogos.”

“12 de Junho de 93 – O Dia da Paixão Palmeirense”.

Publicado em junho de 2013, durante o festival CINEfoot, e atualizado em novembro.

Reprises na terça, 11/11,  às 15h30, na ESPN Brasil e 22h na ESPN.
Reprises na terça, 11/11, às 15h30, na ESPN Brasil e 22h na ESPN.
https://www.facebook.com/12dejunhode93ofilme
https://www.facebook.com/12dejunhode93ofilme

Drama. Humor. Provocações. Boas histórias. Depoimentos interessantes, bem amarrados. Rico material de arquivo.
O filme “12 de Junho de 93 – O Dia da Paixão Palmeirense tem tudo o que um bom documentário de futebol deve ter. Estádios lotados. Craques. Grandes decisões. Golaços.
O filme, assinado pelo jornalista Mauro Beting, pelo cineasta Jaime Queiroz e pela produtora Canal Azul, se concentra nos 16 anos da história do Palmeiras. Do Paulistão de 1976 ao de 1993, já com o patrocínio da Parmalat, e o sofrido jejum entre essas conquistas. Destaca também que 2 anos antes de começar esse jejum, o Palmeiras deixou o rival Corinthians mais três anos na fila, ao vencer a decisão do estadual de 1974. Ainda eram os tempos de Ademir da Guia, divino camisa 10 reverenciado no começo do documentário, Dudu, Leivinha e Luís Pereira. Com a venda dos dois últimos para o Atlético de Madrid (onde viraram ídolos) e o fim da carreira de Dudu e Da Guia, o Palmeiras teve que se reformular. E teve cada elenco… que o bom humor dos entrevistados, muito bem escolhidos, não deixa escapar.

Claro que os palmeirenses vão se emocionar com as lembranças das grandes vitórias e  também dos anos de sofrimento.

Mas “12 de Junho de 93 – O Dia da Paixão Palmeirense” não deveria ser curtido só pelos alviverdes, não. Deveria ser visto por todos que gostam de futebol emoção, talvez até por alvinegros que já tenham superado as feridas de 74 e 93. Aqui está boa parte da história do nosso futebol, na década dos últimos grandes campeonatos paulistas. Palmas.

Abaixo, um teaser divulgado na página da produtora Canal Azul no You Tube.

Continuar lendo ““12 de Junho de 93 – O Dia da Paixão Palmeirense”.”

Academia de imortais

https://www.facebook.com/AllianzParque
https://www.facebook.com/AllianzParque

Um gol do Palmeiras e da W Torre, construtora responsável pela nova arena alviverde, Allianz Parque. Um timaço de onze grandes ídolos da história do Verdão (até o fim da década de 80) vai ver os jogos no novo estádio de camarote. O setor Academia Allianz Parque de Imortais fica no quarto andar da arena, ainda em obras. Uma demonstração de respeito e carinho aos ídolos. 🙂

Leivinha, Ademir da Guia, César Maluco (os três na foto abaixo), Oberdan Cattani, Dudu e Luís Pereira já estão escalados. Faltam cinco imortais. O torcedor palmeirense pode votar em até cinco ídolos que defenderam o Verdão até 1989 e que merecem ter um espaço vitalício na Academia de Imortais”.  Cadastre-se e vote aqui: http://allianzparque.com.br/site/votacao.asp

https://www.facebook.com/AllianzParque
https://www.facebook.com/AllianzParque

O próximo post tem a ver com alguém que treinou várias dessas feras daí de cima…

(500) Jogos Com Ele: Marcos!

Publicado em 18 de agosto de 2010

Foto: Fábio Menotti/divulgação Palmeiras
Foto: Fábio Menotti/divulgação

Goleiro do penta. Goleiro da Libertadores alviverde. Um dos dez mais do Palmeiras no livro do Mauro Beting. Um dos 11 maiores goleiros do futebol brasileiro do livro do Menon. Marcos, Marcão. São Marcos para os muitos. 500 jogos pelo Palmeiras nesta quinta-feira, contra o Vitória. Apenas Ademir da Guia, Leão, Dudu, Waldemar Fiúme, Valdemar Carabina e Luís Pereira atuaram mais pelo Palestra, meu! Mas eram outros tempos… E olha que o Marcos sofreu com contusões… Vai ter camisa comemorativa, bonecos… O site do Palmeiras já está em festa para o ídolo alviverde dos últimos 11 anos. Tem entrevistas e números. Entre eles, um que me chama especial atenção. Segundo o www.palmeiras.com.br, Marcos já catou 33 pênaltis! Parabéns, Marcos! Ele merece, ele merece!
Por falar em Palestra, neste sábado, 21 de agosto, o MemoFut dedica ao Palmeiras uma reunião aberta ao público no auditório do Museu do Futebol. Entre 9h e 12h, haverá um bate-papo com Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Verdão, o jornalista Mauro Beting e o ex-meia Leivinha (ex-Lusa, Palmeiras, onde foi ídolo, bicampeão brasileiro 72/73 e campeão paulista em 72 e 74, Atlético de Madrid -campeão espanhol NA temporada 76/77 – e São Paulo). Sessão de perguntas e respostas. Oportunidade para mostrar e ver memorabilia alviverde… De graça. Aberto ao público. Vai bombar.
LINKS: