Álbum: Santos 100 anos

002361RCABRO glorioso alvinegro praiano e a Panini lançaram o álbum de figurinhas Santos 100 anos.A fundação, o primeiro jogo, a Vila Belmiro, o esquadrão, o jogo que parou uma guerra, as várias gerações de Meninos da Vila estão nos cromos (alguns até em tecido; outros em papel couchê).
O álbum custa R$ 5,90 e cada pacotinho, 90 centavos. Já está nas bancas de São Paulo. Confira algumas imagens.

Tecido_Santos_FC_004
SFC, 1940: figurinha em tecido
Figurinha em tecido com o logo do centenário do Santos
Figurinha em tecido com o logo do centenário do Santos
Neymar por Mauricio de Souza: figurinha em papel couchê
Neymar por Mauricio de Sousa: em papel couchê
Figurinha do Pelezinho em papel couchê
Figurinha do Pelezinho em papel couchê

Continuar lendo “Álbum: Santos 100 anos”

“I´m Forever Blowing Bubbles” ou o West Ham dá exemplo de como lembrar de um ídolo.

IMG_20130225_173308Já imaginava que o jogo West Ham vs Tottenham Hotspur, esta segunda-feira, pela Premier Lague, teria homenagens a Bobby Moore, capitão dos Hammers e da seleção inglesa em suas maiores conquistas, que morreu há 20 anos, de um câncer  no intestino (veja também post anterior).
O que eu não imaginava é que seriam tantas homenagens!!! A Fox Sports mostrou os herdeiros de Bobby Moore no gramado de Boylen Ground, um monte de netos correndo, imagem do eterno capitão no telão, os torcedores montaram painéis humanos, no minuto 6 de jogo houve uma celebração. Seis era o número da camisa dele.
O site e o Facebook do West Ham foram tomados pelas menções ao capitão. Para quem gosta de programas impressos de jogos (autênticas revistas, algo que é hábito lá fora e não pega aqui), como o nosso amigo na blogosfera do Futebol de Campo, aí vai a dica do programa especial em homenagem ao Bobby Moore, também disponível para baixar. São 100 páginas!

whufc.com
whufc.com

Um exemplo de como tratar os ídolos para os clubes brasileiros!
O título deste post é uma referência a uma canção americana de quase um século, que virou hino dos torcedores do West Ham: “I´m Forever Blowing Bubbles” – inclusive ela é cantada no filme Hooligans (Green Street Hooligans), com o ator Elijah Wood.
Bolhas sobrevoaram o gramado de Boleyn Ground na partidaça isolada da Premier League nesta segunda-feira. Noite de confronto entre West Ham United e Tottenham; o goleiro finlandês Jaaskelainen x Gareth Bale. Jogo disputadíssimo, com duas viradas, milagres do goleiro local e no fim vitória dos visitantes. Muito boa esta Premier League.
Continuar lendo ““I´m Forever Blowing Bubbles” ou o West Ham dá exemplo de como lembrar de um ídolo.”

Rolê do Fut Pop Clube pela loja oficial do Palmeiras

O blog Fut Pop Clube teve a oportunidade de visitar neste domingo a Academia Store, a loja oficial do Palmeiras, recentemente inaugurada na rua Augusta, 2.078, nos Jardins, zona sul de São Paulo – fica em frente ao Cine SESC, entre as alamedas Itu e Jaú. É bem montada. Tem alguns itens de memorabilia, que dão à Academia Store uma cara de loja + mini museu do clube, com potencial para atrair o torcedor enquanto a Nova Arena não é inaugurada (mas já tem maquete à venda).2013-02-24 18.05.20
A loja tem painéis e camisas em homenagem a grandes ídolos do alviverde, como Ademir da Guia, o “Divino”, e SÃO Marcos.
2013-02-24 18.02.27
Entre as raridades em exposição na loja, uma camisa do Palmeiras campeão nacional em 1972, com faixa oferecida pelas Malhas Athleta e pela rádio Tupi! Continuar lendo “Rolê do Fut Pop Clube pela loja oficial do Palmeiras”

Bobby Moore, o eterno capitão

IMG_20130225_173308Nos 20 anos da morte do capitão da seleção inglesa campeã do mundo em 1966, Fut Pop Clube gostaria de fazer uma pequena homenagem a Bobby Moore, capitão do West Ham United na conquista da Copa da Inglaterra 1964 e da Recopa da Uefa, 1964-65. Primeiro, um uniforme retrô da Inglaterra de 1966 (lembrando que o English Team disputou e venceu com sua linda camisa vermelha a final contra a Alemanha).

DSC00579DSC00583
6 era o número da camisa dele, tanto no English Team, como nos Hammers. Como fica claro nesta flâmula algo retrô do West Ham.

http://www.megastore.whufc.com

Continuar lendo “Bobby Moore, o eterno capitão”

Kasabian: Britpop FC

Fut Pop Clube + Coluna de Música

45Sábado ou domingo de rodada do campeonato inglês (a Premier League) é dia de ouvir Kasabian. Como blogou o comentarista Mauro Cesar Pereira, da ESPN, o tema de abertura das transmissões e também dos intervalos da milionária liga inglesa é um som dessa bandaça de Leicester, “Fire”, do álbum “West Ryder Pauper Lunatic Asylum” (infelizmente para colecionadores como eu, o CD “físico” não está em catálogo no Brasil, mas hoje em dia é fácil ouvir na rede…). Confira uma versão ao vivo da chapante “Fire”, melô da Premier League bolada pelos britpopers do Kasabian.

Eu me interessei pelo Kasabian de prima, graças ao pique de “Club Foot”, golaço de 2004 do primeiro disco da banda. Música que está na trilha sonora de filmes e games, como o Fifa 13 e o “rival”, PES 5.


Desde o começo, aliás, o Kasabian tabelou com a indústria de jogos eletrônicos. Exemplo: está no Fifa 12 o arrasa-quarteirão”Switchblade Smiles“que liquidifica rock + eletrônica; guitarras, teclados e um baixão à la Peter Hook.

No ano passado, uma ação de marketing reuniu outra música do álbum “Velociraptor!“, a mais suingada “Re-Wired”, uma plataforma de games e um fabricante de material esportivo. Era o Kasabian Football Gaming, em que o vocalista Tom Meighan enfrentou um jogador de futebol (Darren Bent) num game meio eletrônico, meio futebol-bola, mesmo, como diria um amigo. E advinha quem venceu? “Re-Wired” tem toda cara de trilha de game, mesmo. Confira uma versão ao vivo.

O Meighan é carismático e tal, mas o capitão do time é sem dúvida o Sergio Pizzorno. Toca guitarra, teclados, compõe, se arrisca nos vocais, bate o escanteio, corre para cabecear na área – e ainda faz um golaço numa partida beneficente, como mostrou o Mauro Cesar Pereira.
Vale o clique:

Texto do Mauro Cesar Pereira que inspirou este post, cheio de vídeos maneiros, como vinhetas de abertura da liga inglesa (a atual e uma retrô, de 1970!), sons do Kasabian ao vivo e o golaço de Sergio Pizzorno no Soccer Aid. Continuar lendo “Kasabian: Britpop FC”

Telejogo

  • Deu no Sportblog, do Guardian, jornalão inglês. Um vídeo de 34 minutos que compila 35 anos de games de futebol. Deve ter sido mesmo por volta de 1978 (um pouco antes, um pouco depois) que pintou aqui no Brasil o telejogo, com games de futebol e tênis bem simples. 


Se você abrir o vídeo acima no You Tube, dá para pular para os clips dos games mais recentes das séries Fifa e Winning Eleven/PES. É impressionante como o realismo gráfico deu um salto a partir dos jogos eletrônicos lançados pra Copa de 98 ou Euro 2000. Continuar lendo “Telejogo”