Telê Santana eterno

21 de abril. Seis anos que Telê Santana nos deixou. Lá de cima, com certeza o Mestre do futebol arte deve acompanhar com alegria o futebol do Barcelona de Guardiola, do Santos de Neymar, hoje dirigido por seu pupilo Muricy Ramalho, da U de Chile…
Gostaria de lembrar de um documentário e de um livro sobre o ponta franzino do Fluminense – daí o apelido “Fio de Esperança” – que virou técnico campeão pelo Flu, Galo, Grêmio, São Paulo campeão de tudo entre 1991 e 94. Onde não levantou título, deu show de bola – Palmeiras 1979, Seleção Brasileira da Copa de 1982 e, em menor grau, do Mundial de 1986.
Saiu em vídeo pela Imovision o documentário Telê Santana – Meio Século de Futebol-Arte, dirigido pelas jornalistas Ana Carla Portella e Danielle Rosa. Tive o prazer de ver uma exibição em cinema do doc, na mostra CineFoot, no ano passado. Depoimentos de montão: Cafu, de quem Telê pegou muito no pé para aprender a cruzar a bola, Roberto Dinamite, Juvenal Juvêncio, Leonardo, Wanderley Luxemburgo, Marcelinho Carioca, Muller, o pupilo Muricy Ramalho, Palhinha, Raí, Renato Gaúcho, Serginho Chulapa, Sócrates, Zetti, Zico e muitos outros. Confira o site e o Facebook do filme.
A outra dica vai para uma reedição, uma oportuna reedição: Fio de Esperança-Biografia de Telê Santana é o emocionante livro do jornalista André Ribeiro, agora pela editora Cia dos Livros e com nova capa, que você pode ver ao lado. André Ribeiro é o autor de Diamante Negro – Biografia de Leônidas da Silva, também relançado pela Cia dos Livros. Tem 512 páginas e vale cada 59 reais e 90 centavos.

Canhoto de bilhete da final do Paulistão 92
Canhoto de bilhete da final do Paulistão 92

Publiquei no post anterior a galeria de títulos oficiais do Barcelona na Era Guardiola. Já são 13, em 16 disputados. Nest post, gostaria de lembrar do maior responsável por um futebol elogiado por Pep Guardiola: Telê Santana. E olha que aqui vão só os títulos da chamada Era Telê no São Paulo Futebol Clube. Entre 14 de outubro de 1990 (primeiro jogo da segunda e mais conhecida passagem do mestre pelo tricolor do Morumbi) e 27 de janeiro de 1996, foram dez grandes conquistas, fora as taças de torneios amistosos e de verão, alguns tradicionalíssimos, como o Teresa Herrera e o Ramón de Carranza.

    • GALERIA DOS TÍTULOS DE TELÊ SANTANA NO SÃO PAULO – TORNEIOS OFICIAIS
Libertadores, sua linda!
  1. Campeonato Brasileiro de 1991
  2. Campeonato Paulista de 1991
  3. Taça Libertadores da América de 1992
  4. Mundial Interclubes 1992
  5. Bicampeão Paulista de 1992
  6. Bicampeão da Taça Libertadores da América em 1993,
  7. Recopa Sul-Americana de 1993,
  8. Supercopa dos Campeões da Libertadores em 1993
  9. Bicampeão Mundial Interclubes de 1993;
  10. Bicampeão da Recopa Sul-Americana de 1994
  • OUTROS TORNEIOS
  • Taça Cidade de Barcelona, Espanha: 1991, contra o Espanyol
  • Torneio / Troféu Teresa Herrera, em A Coruña, Espanha: 14 e 15 de agosto de 1992. O SPFC eliminou o Peñarol nos pênaltis e depois goleou o Barça. 4×1.
  • Torneio / Troféu Ramón de Carranza, em Cádiz, Espanha: 28 e 29 de agosto de 1992. O SPFC derrotou o Cádiz e goleou o Real Madrid.
  • Torneio Cidade de Santiago de Compostela, Espanha: 26 e 27 de junho de 1993. O tricolor goleou o Tenerife com a estreia de um “tal” de Rogério Ceni no gol e depois venceu o River Plate nos pènaltis.
  • Torneio Jalisco, México: 9 de agosto de 1993.
  • Taça Cidade de Barcelona, Espanha: 1º de setembro de 1992, contra o Espanyol.
  • Copa Cidade de Santiago, Chile: 12 e 14 de fevereiro de 1993.
  • Taça Cidade de Los Angeles, Estados Unidos: 7 de agosto de 1993.
  • Taça Club Atlético San Lorenzo de Almagro, Argentina: 20 de fevereiro de 1994.
  • Troféu Achilie e Cesare Bortolotti, em Bérgamo, Itália: 19 de agosto de 1995. Contra o Atalanta. 2×2 no jogo e 9×8 nos penais.
  • Copa dos Campeões Mundiais, 28 de julho de 1995, em Uberlândia. Venceu o Santos nos pênaltis.

Fontes:

Dificilmente o torcedor são-paulino verá o time levantar tantas taças num período de pouco mais de 5 anos como na Era Telê, especialmente como em 92 e 93, não?
Quem tiver sugestões, acréscimos ou correções pode entrar em contato com o blog pelo espaço de comentários.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.