Da série A-3 para a A-2

A caminho do show do Manu Chao, domingo em Araraquara, no encerramento da Virada Cultural Paulista_2010 (assunto da minha Coluna de Música), ouvi no rádio que o Red Bull Brasil (de Campinas) ficou com o título da série A-3 do campeonato paulista, ao derrotar a Ferroviária. Mas a tradicional Ferroviária – que já formou grandes times na primeira divisão paulista – conseguiu também o acesso à série A-2 (na verdade, a Segundona estadual), juntamente com outra equipe de tradição no interior, o XV de Novembro de Piracicaba, e o Palmeiras-B. Portanto, aqui vão os parabéns aos caçulas da série A-2 paulista em 2011: Red Bull Brasil, a “Ferrinha“, o “Nhô Quim” (o Quinzão) e o “Verdinho” (o Palmeiras-B).

Livro: “Os Donos do Mundo”

Acaba de sair o novo livro do jornalista Luís Augusto Simon, o Menon, agora a 4 mãos com Rubens Leme da Costa: “Os Donos do Mundo – Pela Primeira Vez a História de Todos os Campeões Mundiais Contada com Detalhes” (editora Leitura, de BH). Da Copa de 1930 à de 2006. Com perfis das feras de cada Mundial e depoimentos. Nada menos do que 500 páginas!

Internazionale: tríplice coroa!

Flâmula da Internazionale, campeã da Europa pela terceira vez, ao bater o Bayern por 2×0 em Madrid, no Santiago Bernabéu (veja post anterior). Dois gols de Diego Milito, revelado pelo Racing campeão argentino em 2001 (o “Principito” -devido a uma certa semelhança física com o cracaço uruguaio Enzo Francescoli – jogou também na Genoa e no Zaragoza antes de chegar à Inter). A squadra nerazzurra consegue uma rara tríplice coroa: campeã italiana (pela 5ª vez seguida), campeã da Coppa da Itália e da Champions League. Parabéns aos canarinhos Júlio Cesar, Maicon, Lúcio e Thiago Motta. Missão difícilíma para qualquer adversário sul-americano apontado pela Libertadores no Mundial de Clubes, quando a Inter também tentará seu tri. Embora o técnico multicampeão José Mourinho (se é que ele não ficará por Madri) já tenha declarado seu desprezo pelo Mundial de Clubes.

Mas o sábado é da Inter, “campioni al cubo”, como diz a capa do site Inter.it, que exibe um grafismo com os 18 scudettos (títulos italianos), seis Coppas da Itália e, agora, três copas europeias nerazurri.

* Pela primeira vez, um time que entrou com 11 jogadores “estrangeiros” se sagrou campeão europeu. A Internazionale faz jus ao nome…

* QUEM GANHOU A TRÍPLICE COROA NA EUROPA?

Campeonato + copa nacional + Copa/Liga dos Campeões:

1967 – Celtic Glasgow

1972 – Ajax (também campeão mundial, ou da Copa Intercontinental, se você for europeu…)

1988 – PSV Eindhoven

1999 – Manchester United (também campeao mundial)

2009 – Barcelona (também campeão mundial)

2010 – Internazionale

Tour: Santiago Bernabéu e Real Madrid

Publicado em 22 de maio de 2010

O grande palco da final da Champions League 2010 !

O colossal Santiago Bernanbéu é o cenário da finalíssima da Champions League. Bayern de Munique x Internazionale. Times dirigidos por dois técnicos polêmicos: Louis Van Gaal e José Mourinho. Fut Pop Clube te convida para conhecer agora um pouco mais do estádio (que recebe uma final da principal competição europeia pela 4ª vez) e do seu milionário dono. Continuar lendo “Tour: Santiago Bernabéu e Real Madrid”

Sabadão no Museu do Futebol

O lançamento do livro Almanque dos Mundiais – Os Mais Curiosos Casos e Histórias – De 1930 a 2006, do Max Gehringer, é uma das atrações de uma reunião aberta do MemoFut, grupo que discute literatura e memória do futebol, neste sábado, a partir das 9h, no Museu do Futebol, em São Paulo. O MemoFut organiza a série Brasil nas Copas, em parceria com o Museu.

Newton César de Oliveira Santos fala às 9h15 sobre o tema de seu livro, Brasil x Argentina -História do Maior Clássico do Futebol Mundial.

Às 10h, Max Gehringer, aborda a origem do futebol no Brasil, de 1800 a 1880. Gehringer, o cara do Fantástico, da rádio CBN e da revista Época, escreveu anos atrás a Saga da Jules Rimet, para a Placar, e este ano apresenta os boletins As Copas de Max, na CBN. Dá para ver um teaser sobre o livro Almanaque dos Mundiais no You Tube. O lançamento vai de 10h40 às 13h, no bar O Torcedor, ao lado do Museu, também no Pacaembu.

A programação do sabadão no Museu do Futebol continua. No foyer externo, haverá um ponto de troca de figurinhas do álbum da Copa 2010, entre 12h e 17h! Oba! Não vale vender, só trocar, ok?

E tem mais: às 15h, Cinema no Museu do Futebol. Em cartaz, o filme Zico na Rede (leia post anterior).

E o melhor: reunião do MemoFut e filme são de graça!

E o Inter elimina o atual campeão

"Fiesta" colorada. FOTO Sergio Llamera/VIPCOMM

Primeiro tempo: em questão de minutos, os Estudiantes fizeram o placar que precisavam. Mas um golzinho salvador (mais um) no fim do jogo… e o Internacional elimina os atuais campeões da Libertadores, no alçapão do Quilmes (ver post anterior)! É o adversário do São Paulo nas semifinais da copa – depois da Copa (a do Mundo). O Flamengo está fora. Fez 2 gols no Chile, mas como tomou 3 no Maraca… E se repete uma maldição: o último campeão brasileiro a se dar bem na Libertadores seguinte foi o Vasco, em 1998, tempos de Juninho Pernambucano. Universidad de Chile x Chivas na outra semifinal.

Alçapões

Estádio do Quilmes, palco de Estudiantes de La Plata x Inter, no site World Stadiums

Este é o estádio Centenário, do Quilmes, que recebe daqui a pouco o confronto de volta entre Estudiantes x Internacional, pelas quartas da Libertadores.
Imagem do excelente site WorldStadiums.com, altamente indicado para vidrados em estádios, como eu.

E o estádio onde o Fla encara a pressão chilena. Fonte: WorldStadiums.com

O World Stadiums também tem esta foto do estádio Santa Laura, em Santiago, onde o Universidad de Chile recebe o Flamengo, logo mais. Goleiros, preparem-se. Isso é Libertadores…  Se bem que o colorado Pato Abbondanzieri deve estar bem acostumado com esse tipo de estádio já.

O tricolor avança

Olha a cara do Rogério antes... FOTO Gaspar Nóbrega VIPCOMM

A expulsão relâmpago do atacante mais letal do Cruzeiro, em vários sentidos, certamente facilitou ainda mais a classificação do São Paulo para as semifinais da Libertadores, algo que não acontecia desde 2006. Também foi na taça de 2006 a última vez que o tricolor superou um clube brasileiro em mata-mata da Libertadores (o Palmeiras, nas oitavas). Parece que agora, depois de 5 meses, Ricardo Gomes achou o time, em grande parte graças à contratação de Fernandão, um líder, um vencedor, que está fazendo muito bem o papel de pivô. E o impressionante aumento de produção de Marlos.

E depois... FOTO Wander Roberto VIPCOMM
E depois... FOTO Wander Roberto VIPCOMM

Com gols de Hernanes e Dagoberto, novamente participação direta de Fernandão num dos gols, o São Paulo repetiu o placar do Mineirão e deu o troco ao Cruzeiro, que eliminou o tricolor na mesma fase, em 2009, também com duas vitórias, uma em casa, outra fora. Resta saber se a parada para a Copa do Mundo fará bem ou interromperá a boa sequência são-paulina na Libertadores 2010. Seja Internacional ou Estudiantes ou ainda Flamengo o próximo adversário de Rogério Ceni e cia, agora é que são elas…

Campeão inédito na Copa do Brasil

FOTO: Divulgação SANTOS FC

Peixe e Leão da Barra disputarão uma inédita final da Copa do Brasil, caminho mais curto para a Libertadores 2011. Na Vila, o campeão paulista eliminou o copeiro Grêmio, dono de 4 taças da competição. O Vitória, tetracampeão baiano, atropelou o Atlético Goianiense, no Barradão. Dois jogos, no final de julho e começo de agosto. A ordem do mando de campo? Em 28 de julho, a ida, na Vila Belmiro. Segunda e última partida: 4 de agosto, no Barradão. Os twitters dos 2 finalistas: SantosFC e ECVitória.

Programão: dia de jogo

Tem novidade “nas bancas”, ou melhor, nas bilheterias e demais setores dos estádios paulistas…

Programas oficiais de dias de jogos (match day) são comuns no exterior. E agora uma mesma empresa, a G8 Sport, edita as revistas de dias de jogos em casa dos 4 grandes clubes paulistas, distribuídas “na faixa” nos estádios.
O número 3 de “Preleção”, do São Paulo, destaca o jogo de volta das quartas da Libertadores, entre o tricolor e o Cruzeiro.
Já a nova edição do Match Day do Santos aborda o desafio do Peixe na Vila, que tem que devolver a vitória gremista para seguir na Copa do Brasil.
E o Match Day/Programa Oficial do Corinthians já vai para o número 16, destacando o jogo do centenário alvinegro contra o Flu agora do Muricy, domingo, no Pacaembu.

Tomara que esses programas oficiais dos dias de jogo tenham chegado para ficar.

Que essa “ola” pegue em vários dos nossos estádios.