Derby do bem

Domingo de derby no estádio Paulo Machado de Carvalho, o quase setentão Pacaembu.

Corinthians x Palmeiras. Mas antes quero falar de Corinthians E Palmeiras. Às vésperas do clássico pelo Paulistão 2010, as diretorias dos dois grandes se reuniram e lançaram um leilão,  para ajudar as vítimas da enchente que arrasou a cidade de São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo. E olha só que maneiro. Vão ser leiloadas: uma camisa do Corinthians autografada por Rivellino e Ademir da Guia; e outra por Ronaldo Fenômeno e São Marcos. Uma do Palmeiras assinada pelo Divino e por Riva; e outra por Marcos e pelo Fenômeno. E ainda uma bola autografada pelas quatro feras!

Quem dá mais? O leilão vai até segunda-feira, ao meio dia, em sites criados pelo alviverde ou pelo alvinegro.

É bem legal que os cartolas se entendam. Meio caminho para reduzir a violência ligada ao futebol. Parabéns. Que não fique por aí.

A imagem que ilustra o post é uma dica de livro para quem se interessa pelas estatísticas do derby. Corinthians x Palmeiras – Uma História de Rivalidade, mais um trabalho de Antonio Carlos Napoleão, pela editora Mauad.

Que a rivalidade fique apenas dentro do campo, nesse derby e outros grandes clássicos deste fim de semana e no restante dos estaduais. Amém.

Uma tarde na Arena Barueri

Sessão da tarde desta quinta-feira: visita à Arena Barueri, confortável estádio na cidade da Grande São Paulo onde o tricolor paulista mandará alguns jogos enquanto o Morumbi é alugado para alguns shows (Metallica, Beyoncé, Coldplay). O São Paulo goleou o Paulista de Jundiaí por 3 a 0, em tarde muito feliz de Dagoberto.

Placar do 1º tempo: 1x0

Jogando aberto pela esquerda, fez dois gols (o primeiro, uma pintura, numa jogada individivual) e sofreu a falta que originou o segundo cartão vermelho do Galo da Japi e o terceiro gol do tricolor (André Dias tocou pro gol vazio). Estou impressionado com o abismo técnico entre os grandes e os times do interior no Paulistão 2010. Ontem o Santos não teve muitas dificuldades para fazer 5 a 0 no Grêmio Barueri, aquele que agora joga em Prudente – em noite inspirada de Neymar. Desse jeito, o campeonato estadual não prepara para Libertadores, Copa do Brasil ou Brasileirão.  É muito fraco o nível técnico da maioria dos times do interior, infelizmente.

Mas o assunto desse post é a Arena Barueri. Continuar lendo “Uma tarde na Arena Barueri”