A rodada

Num fim de semana em que o líder Palmeiras suou pra empatar com o Guaratinguetá; em que Dentinho roubou o show de Dentão, digo, Ronaldo, e de Neymar, num Corinthians e Santos de Pacaembu lotado; que o São Paulo só empatou com o Paulista em Jundiaí; que Santo André empatou em Ribeirão, e que a Lusa aproveitou, 2×0 no Ituano fora de casa, nova dança das cadeiras no G-4 do Paulistão. Palmeiras e Corinthians estão quase lá, lá nas semifinais. Tricolor, Lusa (ambos com 30 pontos), Santo André e Santos (os dois com 27), devem brigar pelas outras duas vagas. Continuar lendo “A rodada”

Nirvana gravou cover do Kiss

Chris Novoseliv (foto: acervo do fanzine Headline)
Krist Novoselic (foto do arquivo Headline)

Difícil de acreditar? O Nirvana regravou Do You Love Me, original do disco Destroyer, do Kiss. Saiu numa coletânea chamada Hard to Believe-a Kiss Covers Compilation, lançada pelo selo C/Z Records, de Seattle, em 1992. A compilação reúne outras bandas da safra grunge como The Melvins (cover de God of Thunder) e Skyn Yard.

Em algum lugar, ainda devo ter uma fita k7 com a versão do Nirvana para Do You Love Me. Gravei de programa de rádio, possivelmente algum do Kid Vinyl em FM paulistana. Bem bacana, a cover. Foi a única faixa do Nirvana lançada com um segundo guitarrista, Jason Everman, que aparece na capa de Bleach, mas não participou da gravação desse álbum. Fez alguns shows e deixou o grupo, que se consagrou como trio, mesmo.

Kiss, 35

Um das coletâneas em tributo ao Kiss
Um das coletâneas em tributo ao Kiss

O Kiss vem aí. Sete de abril em São Paulo, na arena Anhembi. Dia oito, na praça da Apoteose, no Rio. A turnê comemora os 35 anos de estrada da banda de Gene Simmons e Paul Stanley, hoje com a volta de Eric Singer às baquetas e com o guitarrista Tommy Thayer no posto de Ace Frehley. Num esquenta, vou comentar dois discos do tipo tributo à banda. O primeiro é Kiss My Ass-Classic Kiss Regrooved. Curiosa coletânea que apresenta Lenny Kravitz cantando Deuce, com Stevie Wonder na gaita. O cantor country Garth Brooks manda ver a balada Hard Luck Woman, gravada junto com o próprio Kiss. Ainda tem Anthrax, Lemonheads, Extreme e Dinosaur Jr regravando clássicos do quarteto. Se a seleção e o resultado são irregulares, como na maioria das coletâneas, a diversidade de artistas envolvidos revela a presença do Kiss na cultura pop americana.

Os 11 rapazes do Liverpool

O Liverpool não teve dó do Aston Villa e deu um banho no encerramento da 30ª rodada do campeonato inglês: 5×0, três gols de Gerrard. Os vermelhos (64 pontos) enconstaram no Manchester United (65, com um jogo a menos). Parecia que o Liverpool, simbólico campeão de inverno, não teria flôlego para acabar com o jejum de 19 anos sem título de liga. Só parecia. Depois de 4×0 no Real, 4×1 no Manchester, 5 no Aston Villa, o Liverpool tá com tudo. E indica que o final da Premier League vai ser eletrizante, como a cena musical britânica. Próximo fim de semana: o líder Manchester recebe o hoje goleado Aston Villa, a 3 pontos de uma vaga na Champions; o goleador Liverpool encara o Fulham, em Londres, enquanto o Chelsea, com 61, vai a Newcastle. Pra você, no final das 38 rodadas, quem ganha essa briga?

Nirvana em vinil

nevermindalbumcoverA página da edição brasileira da Rolling Stone destaca uma notícia de agências internacionais: três álbuns do Nirvana vão ser relançados em vinil pela gravadora ORG (Original Recordings Group). São eles o sensacional Nevermind, o In Utero e o Unplugged, lindo acústico para MTV. Já o primeirão, o pesadão Bleach, será relançado pela SubPop, célebre gravadora independente de Seattle que lançou a banda de Aberdeen.

Maiden ganha mais uma “taça”

Iron, dia 31 no Recife; 21 de abril nos cinemas
Iron, dia 31 no Recife; 21 de abril nos cinemas

Flight 666, filme sobre a turnê do Iron Maiden, ganhou o prêmio “24 beats per second” como melhor documentário musical no gigantesco festival SXSW, em Austin, no Texas. Palmas para banda, diretores Sam Dunn e Scot McFadyen e fãs (ou melhor, torcedores, como bem definiu o Vitor Birner em seu blog.) Este ano, o Maiden já tinha faturado o Brit Awards como melhor banda britânica ao vivo.
Aliás, lembrei de uma curiosidade que esqueci de inserir no texto sobre Flight 666: na Colômbia, a banda aparece usando máscaras de oxigênio por causa da altitude (2.600 metros). Os cinquentões Bruce Dickinson e o Steve Harris se movimentam bastante em duas horas de show, não tenho idéia de quanto. Agora, imagine a situação de jogadores de futebol, que correm de 5 km a 10 km por jogo, nas alturas… O Iron deixou no You Tube um trechinho de Rime of the Ancient Mariner, tirado do filme!

P.S. : Flight 666 estreia em cinemas de algumas cidades brasileiras no próximo feriadão, na madrugada da segunda, dia 20, para terça, 21 de abril, à meia noite e um. Também haverá algumas sessões na sexta, 24/04, e no sábado, 25. Consulte nos sites MovieMobz e Ingresso.com se Flight 666 passa na sua cidade. Segundo este último site, em SP o rock vai rolar em salas das redes Cinemark e UCI. 

Nas bancas

Trivela nº37

Chegou às bancas a edição de março da excelente revista Trivela. A reportagem de capa comemora: “Yes, nós temos atacantes”. As fontes ouvidas apostam em Alexandre Pato para a Copa de 2010 e Keirrison mais para 2014. Trivela também publica um interassante perfil de Edmundo, entrevista com Kléber, o gladiador do Cruzeiro, artigo sobre motivos da queda de Felipão no Chelsea e, na saborosa seção sobre capitais do futebol, a Grande Buenos Aires e seus 61 clubes. A Trivela nasceu de um site, antenadíssimo com futebol internacional.
Já a revista Brasileiros, em sua edição de fevereiro, traz franca entrevista de 16 páginas com o técnico tricampeão brasileiro, Muricy Ramalho. Caso não ache mais nas bancas, dá pra ler no site da revista.