Últimos capítulos da era Luis Enrique no Barça

Últimos capítulos da era Luis Enrique no Barça
17016867_1289466114423327_5795911409467294815_o
Esta cobrança do Messi bateria na trave.

CAMP NOU, março de 2017 – Uma notícia esperada, mas que no dia do seu anúncio pegou todo mundo de surpresa. Depois da tranquila goleada contra o Sporting de Gijón – com direito a golaços de Messi, Suárez e Neymar (numa bela cobrança de falta), Luis Enrique avisou que não será o treinador do Barça na temporada 2017-18.

//platform.twitter.com/widgets.js
Está chegando ao fim a era Lucho, que em três temporadas de contrato já conquistou oito títulos (em dez possíveis) – em 2015 o time comandado por Luis Enrique foi campeão de quase tudo:

  • La Liga 2014-2015
  • Copa do Rei 2014-2015
  • Champions 2014-2015
  • Supercopa da Europa 2015
  • Mundial de Clubes 2015
  • La Liga 2015-2016
  • Copa do Rei 2015-2016
  • Supercopa de Espanha 2016

Três ainda podem ser conquistados: La Liga Espanhola (Barça lidera com 1 ponto e 1 jogo a mais que o Rel Madrid), a Copa do Rei (decide a copa contra o Deportivo Alavés, 27 de maio, Vicente Calderón) e a Champions … bem, esta é uma missão muito complicada, já que o Barça perdeu a primeira partida das oitavas para o PSG por 4 a 0.

Aos 17:19 de cada tempo, a torcida organizada puxa o grito pela independência da Catalunha.
Aos 17:19 de cada tempo, a torcida organizada puxa o grito pela independência da Catalunha.

Estiveram no Camp Nou 56.605 espectadores, para ver Barcelona 6-1 Sporting de Gijón (onde o asturiano Luís Enrique começou a jogar).

Camp Nou, 01/03/2017. Quando está
Camp Nou, 01/03/2017. Quando está “vazio”, tem 56 mil pessoas!
Três vira...
Três vira…

Continuar lendo “Últimos capítulos da era Luis Enrique no Barça”

Xocolata (*)

* Chocolate, em catalão.

Esquecer deste sábado de #ElClásico vai ser difícil tanto para os torcedores de Barça e Real Madrid. Para os culés, torcedores do time catalão, pela estupenda vitória, de goleada, em pleno Santiago Bernabéu. Para os merengues, pela derrota doída para o arquirrival, dentro de casa. Sóóóóóó deu Barça em Madri na 13ª rodada de La Liga 2015-16. E o histórico quatro a zero ficou barato, embora o portero chileno do Barça, Claudio Bravo, tenha feito também um partidazo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com o M do trio MSN preservado, no banco, até o o decorrer do segundo tempo, o Barça de Luis Henrique correu alguns riscos, mas dominou o jogo, teve muita posse de bola (59% a 41%), e saiu na frente com Suárez em assistência de Sergi Roberto, que vem crescendo muito.

//platform.twitter.com/widgets.js
Passe açucarado de Andres Iniesta, monstro sagrado da bola, deixou Neymar em condições. Dois vira…  Continuar lendo “Xocolata (*)”

Gran Parque Central, o alçapão do Nacional.

Gran Parque Central, o alçapão do Nacional.
DSC07376
Fachada do Gran Parque Central em novembro de 2015

DSC07378
A cancha do Club Nacional de Football, que se intitula o decano do futebol uruguaio, é de 25 de maio de 1900. O Gran Parque Central foi um dos estádios da Copa do Mundo de 1930 e o Nacional também gosta de badalar o pioneirismo, como “el primer estadio Mundialista”. Em 13 de julho de 1930, EUA e Bélgica jogaram no Parque Central, simultaneamente a um jogo entre França e México em Pocitos (num estádio que não existe mais).DSC07352O Brasil jogou aqui sua primeira partida na história das Copas. Tá certo que não demos muita sorte. Perdemos pra Iugoslávia. por 2 a 1 (e contra a Bolívia, no Centenario, só cumprimos tabela).
DSC07356

DSC07355
Em 1944, o alçapão dos albos passou a ser todo de concreto. Teve outra reinauguração em 2005 – ganhou 25 camarotes, como o que leva o nome de Artime (também jogou no Palmeiras). DSC07375Em setembro de 2014, o Nacional anunciou uma nova reforma do estádio tricolor, “padrão Fifa”, de olho na Libertadores e numa possível Copa de 2030 na Argentina e Uruguai.DSC07353

Hoje o Parque Central parece ser uma rua Javari duas vezes maior. Comporta uns 26.500 tricolores. Depois da reforma anunciada ano passado, a capacidade passaria a ser de 40 mil hinchas.
DSC07364
Continuar lendo “Gran Parque Central, o alçapão do Nacional.”

Barça Supercampeão 2015. Contra um Super Sevilla.

O Barça de Luis Henrique já tinha um triplete. Champions, La Liga e La Copa (do Rei).
Agora tem a Supercopa da Uefa. E pode conquistar a Supercopa da Espanha (dois jogos contra o Athletic) e o Mundial de Clubes.

facebook.com/fcbarcelona
facebook.com/fcbarcelona

Não foi nada fácil ganhar esta Superccopa. Uma partida pra não esquecer.
Banega, de falta, abriu o placar pro Sevilla. Messi empatou e virou. De falta!
Rafinha completou jogada inteligente de Suárez. O uruguaio fez 4×1.
Acho que nem o torcedor mais vermelho do Sevilla poderia imaginar que os de Nervión fossem diminuindo, 4×2… 4×3… 4×4!

Pedro, que está mais fora que dentro do Barça, fez o gol da vitória, no finzinho da prorrogação. 5 a 4!

Um jogo pra guardar.

A Europa tem um grande supercampeão, o Barça.

E um Super Sevilla, bi/tetra campeão da Liga Europa. Bravo, Unai Emery. Boa sorte na Champions!

Continuar lendo “Barça Supercampeão 2015. Contra um Super Sevilla.”

Enquete: qual é o melhor trio, o B-B-C de Madri ou o M-S-N de Barcelona?

Que trio você prefere? O trio BBC do Real Madrid, com o galês Bale, o francês Benzema e o português Cristiano (Ronaldo)? Ou o MSN, o tridente do Barça formado pelo argentino Messi, pelo uruguaio Suárez e pelo brasileiro Neymar? Vote na enquete abaixo e/ou deixe sua mensagem no espaço de comentários deste post, à vontade. A casa é sua!

Triplete, chilena, manita.

https://www.facebook.com/fcbarcelona
https://www.facebook.com/fcbarcelona

Pelo menos três verbetes de um virtual dicionário do “futebolês” em castelhano foram contemplados hoje com o concerto do Barcelona em cima do Levante, sob a regência do maestro Lionel Messi. O 23º triplete (hat-trick, três gols num jogo só) do argentino, o golaço de chilena (gol de bicicleta, ou pelo menos meia bicicleta, vá lá) do uruguaio Suárez e a manita, a mãozinha, que representa a goleada com 5 gols. Um gol quase sem querer de Neymar abriu o caminho para a goleada com toque sul-americano.

https://www.facebook.com/fcbarcelona
https://www.facebook.com/fcbarcelona

Messi e Neymar parecem muito entrosados. O argentino e o brasileiro falam a mesma língua: a dos monstros da bola.

E o Barça conseguiu sua 11ª vitória seguida, computado La Liga e La Copa (do Rei). Marca igual a uma de Guardiola.

As estatísticas de Messi, então, são para dar e vender. Pode escolher.

300 jogos de Liga. 269 gols. Média: 0,89 por partida!

106 passes (novo recorde da Liga, ultrapassando o português Luís Figo, que você sabe, jogou no Barça e depois no Real).

O argentino marcou pelo menos um gol nas últimas 10 partidas no Camp Nou, somando 17.

Tripletes na Liga: Messi 23 x Cristiano Ronaldo 23. Di Stéfano: 22. Telmo Zarra (mito do Athletic): 22. Em todas as competições, Messi tem 31 hat-tricks. Zarra também. Continuar lendo “Triplete, chilena, manita.”

Barça 2014-15. Agora com Suárez, livre para jogar.

Atualizado em outubro de 2014

https://www.facebook.com/fcbarcelona
https://www.facebook.com/fcbarcelona

O polêmico atacante uruguaio é do Barça. Luis Suárez vai vestir a 9 #blaugrana assim que terminar a exagerada suspensão determinada pela Fifa (mordida na ombro é proibido; dar uma joelhada e tirar um colega de profissão da Copa, tudo bem?). O uruguaio fica com a camisa do chileno Alexis Sánchez, quase sempre questionado em sua passagem pelo Camp Nou, e que acaba de ser vendido para o Arsenal.

Para tentar retomar o caminho dos títulos, o Barça também investiu em goleiros. Claudio Bravo (destaque do Chile e da Real Sociedad) e Ter Stegen (Borussia Mönchengladbach) – é que Valdés não renovou e agora está sem clube; seu reserva, Pinto se aposentou. Para o meio-campo, outro que foi bem na Copa: Rakitic (Croácia, Sevilla). Vai jogar com a 4, que um dia foi de um Guardiola…

Por sinal, tentando repetir a identificação de Guardiola com o clube, para o lugar do treinador Tata Martino o Barcelona trouxe de volta um ex-jogador.
luisenriqueDSC05406
O asturiano Luis Enrique (é da bela Gijón, onde começou a jogar, pelo Sporting) vestiu sempre com raça a camisa 21 do Real Madrid, do Barça e da seleção espanhola (medalha de ouro em casa, nos Jogos Olímpicos de Barcelona, 1992). Está sendo preparado para ser técnico desde que comandou boa campanha do Barça B. Treinou a Roma e o Celta de Vigo. Boa sorte om as feras, Lucho!

Facebook do Barça
Luis Enrique no tempo de jogador: https://www.facebook.com/fcbarcelona?fref=ts
  • > IN: Luis Suárez, Claudio Bravo, Ter Stegen, Rakitic, Jéremy Mathieu (zagueiro pela esquerda, 30 anos, ex-Valencia, comprado por 20 milhões de euros; 19º francês a vestir a camisa do Barça). Vermaelen (zagueiro, Bélgica, ex-Arsenal), Douglas (lateral-direito, São Paulo).
  • < OUT: Puyol (pendurou as chuteiras), Alexis Sánchez (Arsenal), Gerard Deulofeu (emprestado ao Sevilla),Tata Martino (técnico), Alex Song (emprestado ao West Ham).
  • * Estrelas da companhia: Messi, Neymar, Iniesta, Xavi (fica!), Piquè, Alba, Sergio Busquets, Dani Alves.
  • Olho: Munir El Haddadi.
  • Técnico: Luis Enrique
  • Estádio: Camp Nou. Média em 2013-14: 72.116 culés/partida. Segundo a Pluri, é a 3ª melhor média do mundo. Mas “apenas” 73% de ocupação do Camp Nou, que hoje tem capacidade para quase 99 mil blaugranas.camp nou 018

Novo técnico, novo 9, novos goleiros, novo meio-campo… E claro que tem camisa nova. Que está maneiríssima. Veja os detalhes do uniforme 1 blaugrana dentro do post.
Continuar lendo “Barça 2014-15. Agora com Suárez, livre para jogar.”