#FebreAmarela: a seleção da Colômbia contagia, mesmo sem “El Tigre”.

Ilustração da artista plástica brasileira Lais Sobral, especialmente para o blog Fut Pop Clube, em homenagem à seleção da Colômbia.

Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

“El Tigre” é o apelido do atacante Falcao García, que lutou muito para se recuperar a tempo de disputar o Mundial no Brasil 2014. Infelizmente, não deu.

Imagine se tivesse dado tempo! A seleção “cafetera” (não se esqueça que a Colômbia é grande produtora  e exportadora de café) já está classificada para as oitavas de final.

A torcida de “Los Cafeteros” veio em peso ao Brasil. Umas 55 mil pessoas, amarelando estádios inteiros como o Mineirão e o Mané Garrincha, Tem até torcedor que usa um chapéu com um tigrinho, em reverência ao ídolo, que ficou fora da lista dos 23 na última hora, mas veio dar seu apoio aos colegas no Brasil.

A série de ilustrações da artista Lais Sobral sobre os 32 participantes da Copa já tinha terminado. Mas blogueiro tinha combinado com a artista que se Falcao García conseguisse se recuperar, ia encomendar uma segunda ilustração para a Colômbia, em homenagem a Falcao García. A torcida não funcionou, mas resolvi manter a encomenda assim mesmo.

Lembrando que o atacante colombiano tem Falcao no nome em homenagem ao brasileiro Paulo Roberto Falcão, que jogava muito no meio-campo.

E “El Tigre” também era o apelido de outro goleador, o brasileiro Arthur Friedenreich.

Então, seu Armando, podemos dizer que o colombiano tem nome e apelido de craque.
Continuar lendo “#FebreAmarela: a seleção da Colômbia contagia, mesmo sem “El Tigre”.”

“The Two Escobars” e “Diamantes Negros”. Dois filmes que incomodam, no Thinking Football Film Festival, em Bilbao.

imagen10847
imagen10712
Rose Bowl, Pasadena(CA), 22 de junho de 1994. O gol contra de Andrés Escobar, zagueiro da melhor seleção colombiana até hoje, foi como uma sentença de morte. A Colômbia chegou como uma das favoritas (Pelé disse isso) e na segunda partida foi eliminada. A barra pesou, numa Colômbia em turbulência por causa do narcotráfico. Jogadores e suas famílias foram ameçados. Na volta ao país, Andrés Escobar foi morto depois de uma discussão por causa do gol contra.
Esse é o ponto de partida do ótimo documentário “The Two Escobars, produção para a TV dos irmãos Jeff e Michael Zimbalist, que tive a oportunidade de ver na terceira quinta-feira do festival Thinking Football, promovido pela fundação do Athletic Club, em Bilbao.

O longa-metragem dos brothers Zimbalist, que costura rico arquivo de imagens com depoimentos, faz um paralelo entre a morte de Andrés Escobar com a do narcotraficante Pablo Escobar, com quem o zagueironão tinha parentesco nem ligação. E mostra como a seleção nacional colombiana foi usada tanto pelo poder do tráfico como pelo poder político constituído (claro, isso sempre aconteceu, e sempre acontecerá, em qualquer país). O que é incomum é ver jogadores de seleção visitando narcotraficantes na cadeia.

Documentário forte. Um filme que faz pensar, como a a outra atração do Thinking Football Film Festival na noite passada. “Diamantes Negros”, coprodução Espanha / Portugal dirigida por Miguel Alcantud sobre outro tráfico: o de jovens jogadores. Uma ficção com jeito de documentário.
Continuar lendo ““The Two Escobars” e “Diamantes Negros”. Dois filmes que incomodam, no Thinking Football Film Festival, em Bilbao.”

#SuperDataFifa

Quarta-feira de cinzas, superquarta do futebol internacional. A 99 dias da Copa, as 32 seleções participantes entram em campo, e alguns amistosos reúnem dois participantes do Mundial. Não é o caso do Brasil. Felipão testa a seleção brasileira contra a África do Sul no Soccer City, às 14h. Mas antes das 8h da matina tem Japão x Nova Zelândia do outro lado do mundo.
Vamos aos destaques, quando possível ilustrados pelos mascotinhos criados pela artista plástica Lais Sobral pro blog nessa série aqui.

  • 17h30 (horário de Brasília): Portugal x Camarões, em Leiria. Jogo para ver… como se sai a #equipa de Cristiano Ronaldo contra os ‘leões indomáveis’ de Camarões, que estão no grupo do Brasil. A Croácia, adversária do Brasil em Itaquera, 12 de junho, hoje visita a Suíça, às 16h30. E o México enfrenta a Nigéria, às 22h30, nos EUA, em outro amistoso interessante.

Grupo C. A Colômbia (sem Falcao García) pega a Grécia, a Costa do Marfim e o Japão.

Estrear bem contra a retranca grega é fundamental. Confira a tabela de jogos, abaixo da ilustração de Lais Sobral.

  • Colômbia x Grécia,  no sábado 14/06, às 13h de Brasília, no novo Mineirão, em Belo Horizonte.
  • Costa do Marfim x Japão, também no sábado 14/06, às 22h, na Arena Pernambuco, região metropolitana do Recife.
  • JOGO PRA IR! Colômbia x Costa do Marfim, na quinta 19/06, às 13h de Brasília, estádio Nacional Mané Garrincha.
  • Japão x Grécia,  também na quinta-feira 19/06, às 19h na Arena das Dunas, em Natal.
  • Japão x Colômbia, terça-feira 24/06, às 16h locais de Cuiabá, 17h de Brasília, na Arena Pantanal.
  • Grécia x Costa do Marfim, também nesta superterça de São João, 24/06, às 17h em Fortaleza (Arena Castelão).

Continuar lendo “Grupo C. A Colômbia (sem Falcao García) pega a Grécia, a Costa do Marfim e o Japão.”

Bem-vindos. Welcome. Bienvenidos.

Atualizado em 20 de novembro de 2013

Argélia, Croácia, França, Gana, Grécia , Portugal e México virão à Copa do Mundo. Algumas classificações foram heroicas, como a dos franceses, que em casa, reverteram o 0x2 do primeiro jogo. E a dos portugueses, fora de casa, com show de Cristiano Ronaldo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Só falta o Uruguai confirmar. O que deverá acontecer hoje à noite no Centenário lotado.

Um grupo de torcedores até organiza uma homenagem ao home que decidiu a Copa de 50. O gol de Gigghia no episódio Maracanazo será ouvido e comemorado no Centenário. Veja em http://www.youtube.com/watch?v=xqYrIFRp1Fw o comercial da promoção “El Gol de Gigghia”. https://www.facebook.com/ElgoldeGhiggia

https://www.facebook.com/ElgoldeGhiggia
https://www.facebook.com/ElgoldeGhiggia

Brasil, Itália, Alemanha, Argentina, Espanha, Inglaterra, França, certamente o Uruguai (ufa!) … presentes todos os campeões mundiais!

Dentro de campo, a Copa vai ser do caramba! Esperemos que o Brasil não dê vexame fora dos estádios. Que a polícia deixe de bater primeiro antes de perguntar.

Confira a lista dos outros 24 países que já estavam garantidos, por ordem alfabética: Continuar lendo “Bem-vindos. Welcome. Bienvenidos.”

Colômbia 2014, na arte de Lais Sobral.

ATUALIZADO EM 23/01/2014

A seleção da Colômbia fez a segunda melhor campanha das Eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2014. La Tricolor vai ser cabeça de chave em sua quinta participação em Mundiais.

Arte de Lais Sobral para o @FutPopClube : http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte de Lais Sobral para o @FutPopClube : http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

Agora sem o implacável artilheiro Radamel Falcao García, conseguirá a Colômbia treinada pelo argentino José Pekerman meter medo, como essa brilhante ilustração (meio jacaré, meio Godzilla) de Lais Sobral para o blog Fut Pop Clube? Mais uma da série que a Lais apronta aqui.

Veremos em 2014. Continuar lendo “Colômbia 2014, na arte de Lais Sobral.”

Da série “Te Vejo em 2014”

As seleções da Alemanha, Bélgica, Colômbia e Suíça virão ao Brasil em 2014. Já são 14 países garantidos. O Brasil, dono da casa, vai receber também Argentina, Austrália, Coreia do Sul, Costa Rica, Estados Unidos, Holanda, Itália, Japão e o Irã.

http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte de Lais Sobral para @FutPopClube: http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

A ilustração é da artista plástica Lais Sobral, que faz uma série sobre os países classificados para a Copa do Mundo de 2014, especialmente para o Fut Pop Clube. Continuar lendo “Da série “Te Vejo em 2014””

A Celeste, de vermelho, no Mundial de 1962.


Está no curioso livro “A História das Camisas de Todos os Jogos da Copa do Mundo” (Panda Books), de Paulo Gini e Rodolfo Rodrigues, atualizado até a Copa de 2006. O Uruguai usou uma camisa vermelha (às vezes, é a cor da número 2 da Celeste; atualmente, a camisa reserva é branca) pela primeira vez numa Copa do Mundo na sua estreia no Chile, em 1962. Explica o livro “A História das Camisas de Todos os Jogos da Copa do Mundo” que o uniforme vermelho da Celeste surgiu em 1932, num amistoso contra a rival alviceleste, a Argentina; e que no Sul-Americano de 1935, o Uruguai jogou sempre de vermelho – e levou o que hoje é a Copa América. Continuar lendo “A Celeste, de vermelho, no Mundial de 1962.”