Mostra Futecine: cinema e futebol em Porto Alegre

Falei aqui recentemente do festival alemão 11 mm, que rolou em Berlim. E do CINEfoot, que chega a sua terceira edição no fim de maio no Rio e em São Paulo. Fiquei sabendo pelo twitter da editora Livros de Futebol e pelo globoesporte.com da Mostra Futecine – Convergência de Paixões, que começou na terça 24 vai até quinta-feira, 3 de maio, em Porto Alegre. Continuar lendo “Mostra Futecine: cinema e futebol em Porto Alegre”

“À Procura de Eric” x “Gol!”

Manchester United x Newcastle (Old Trafford, 16h de Brasília) completam nesta segunda-feira a 1ª rodada da Premier League 2010/11. Partida que marca a volta dos toons ou Magpies (apelidos do Newcastle) à elite do futebol inglês. Podemos imaginar um duelo virtual entre dois filmes. À Procura de Eric / Looking For Eric, filmão divertido de Ken Loach, com um eterno ítolo do ManUtd, o bad boy Eric Cantona, surpreendente no papel … dele mesmo! Está entre os meus filmes favoritos de futebol. Já a película Gol! O Sonho Impossível é uma boa sessão da tarde (distribuída pela Touchstone, braço da Disney), que começa a contar a saga (fictícia) de um jovem boleiro mexicano, Santiago Munez, que cruza a fronteira do México, começa a jogar nos EUA e ganha uma chance no Newcastle… canjas de Alan Shearer, craques e técnicos da Premier League que os toons enfrentam no filme. Maravilhosas tomadas aéreas de Newcastle e do estádio St James´ Park. No fim, aparecem David Beckham, Raúl, Zidane – galáticos que passaram pelo Real Madrid… já sabe, né? Na continuação, Goal II – Living the Dream, o destino do personagem Santiago é o … Bernabéu! Faz sentido.

Meus filmes favoritos sobre futebol

Publicado em 8/7/2010

À Procura de Eric/Looking for Eric (Sixteen Films/californiafilmes.com.br)

Os filmes sobre futebol são um dos assuntos preferidos do Fut Pop Clube. Lamentavelmente essas produções não conseguem fazer grande sucesso de bilheteria no Brasil. Bom, depois da mostra Cinema e Futebol, que rolou em fevereiro, no cinema da USP, mais recentemente do CineFoot, Festival de Cinema de Futebol, no Rio, SP e POA, que teve até taças, e da extensa programação especial do Canal Brasil, também chamada Mostra Cinema e Futebol, depois da Coleção Copa, da Abril, chegou a vez de o Fut Pop Clube lançar sua “Copa de Filmes”. Uma série de posts, com indicações de bom cinema boleiro. Convidei algumas pessoas para dar dicas de documentários e  ficções, nacionais ou estrangeiros, longas ou curtas – mas sempre sobre futebol! Eu começo!
Documentário nacional: “João”, doc de André Iki Siqueira e Beto Macedo sobre João Saldanha, “o comentarista que o Brasil consagrou”, que nunca escondeu que era comunista, mas mesmo assim foi escolhido pela CBD técnico da Seleção Brasileira durante a ditadura. Classificou o Brasil para a Copa de 70, mas foi trocado por Zagallo antes do Mundial. Vi “Joao” na sessão de abertura do CineFoot e achei espetacular. Informativo, divertido e muito bem editado.

Já saiu em DVD o filme sobre a 1ª Copa do Mundo que a Seleção conquistou
"1958 - O Ano em que o Mundo Descobriu o Brasil"

Também gostaria de citar nessa categoria de documentários nacionais “1958 – O Ano em que o Mundo Descobriu o Brasil”, filme de José Carlos Asbeg sobre a a nossa primeira taça do mundo. Passa neste sábado, 10 de julho, véspera da final da Copa do Mundo 2010, na sessão É tudo Verdade do Canal Brasil. “1958…” saiu em DVD e já foi assunto do blog.

  • Ainda gostaria de mencionar a excelente minissérie “Futebol”, de Arthur Fontes e João Moreira Salles, que passou anos atrás no canal GNT, em coprodução com Videofilmes. Em três programas com qualidade de cinema, “Futebol” acompanhava meninos que sonhavam com a bola, as dificuldades de jogadores então em começo de carreira como Lúcio e Iranildo e um dia na vida de um ex-craque, Paulo César Caju, figura. Uma pena que não esteja em circulação em DVD ou na TV, pelo menos não que eu saiba.
  • Mais recentemente, “Um Artilheiro no Meu Coração”, sobre Ademir Menezes.

Documentário internacional: maradona-por-kusturica1Excelente opção poderia ser o “Maradona” de Kusturica, recentemente lançado em DVD pela Europa Filmes. Mas voto em “Comunismo e Futebol” (“Communism and Football”, produção da rede de TV BBC que vi em 2008/2009 no Sportv). Fala de Streltsov, jogador que poderia ser o “Pelé russo”, em 1958, mas foi mandado para campos de trabalho forçado, Grocsis, e do estranho jogo entre Alemanha Ocidental x Alemanha Oriental). E outra produção semelhante da BBC, “Football and Fascism“:”Fascismo e Futebol”, também, exibido tempos atrás pelo Sportv, mostra como Mussolini, Hitler e Franco usavam o esporte.
ano-em-que-meus-pais-poster011Ficção nacional: são excelentes as opções. A minha preferida é “O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias”, de Cao Hamburger, que se passa na época da Copa de 70. Ditadura, descobertas infantis, futebol tricampeão, de rua, de várzea e de botão são panos de fundo para uma história sobre amizades. Entre um pequeno aprendiz de goleiro (o filme quase se chamou “Vida de Goleiro”) e o homem que o acolhe, a vizinha espevitada, o jovem que foge da polícia. Quase que o equivalente ao oscarizado “O Segredo dos Seus Olhos” no cinema brasileiro. Atuações nota 10.
Outro filme em que o elenco dá banho de bola é “Linha de Passe”, de Walter Salles Jr e Daniella Thomas. Uma mãe batalhadora, corintiana praticante, vai junto com a Fiel e tudo, e as peripécias de seus quatro filhos por São Paulo. Por outro lado, tem algo de linguagem de documentário e cenas de futebol espetacularmente filmadas. Um jogo real, um clássico Majestoso: São Paulo 0x1 Corinthians. Campeonato Brasileiro de 2008.

Também gosto muito dos dois “Boleiros”, de Ugo Giorgetti. Especialmente o primeiro, com o subtítulo “Era uma vez o Futebol“.

"Eric", o carteiro, com Eric, o Cantona. www.californiafilmes.com.br
"Eric" e Eric. http://www.californiafilmes.com.br

Ficção internacional: agora não tem para ninguém. Ken Loach e Eric Cantona, o bad boy do futebol francês e do Manchester United, na cabeça. O engraçadíssimo “À Procura de Eric” abriu a Mostra de Cinema de São Paulo em 2009 – e não é que o Cantona não se sai mal, no papel dele mesmo? Uma pena que não ficou muito tempo em cartaz. Também é muito interessante e bem feito “O Milagre de Berna”, que reconta a final da Copa de 1954.

Curta-metragem nacional/ficção: “Barbosa”, de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, baseado no livro Anatomia de uma Derrota, de Paulo Perdigão. O personagem de Antônio Fagundes volta na tempo até o Maracanazo da Copa de 50. Veja ou reveja Barbosa no site Porta Curtas.
Curta-metragem nacional/documentário: atualmente o meu favorito é o curta “Juventus Rumo a Tóquio”. Guardo ainda na memória a emoção da primeira sessão, numa sala de cinema que parecia quase a rua Javari.

Nos próximos dias, os favoritos dos convidados do blog… Continuar lendo “Meus filmes favoritos sobre futebol”

Eric Cantona em “À Procura de Eric”.

Eric Cantona em “À Procura de Eric”.
"Eric", o carteiro, com Eric, o Cantona. www.californiafilmes.com.br
“Eric” e Eric. http://www.californiafilmes.com.br

O filme do inglês Ken Loach que abriu a 33ª Mostra de Cinema de SP entrou em cartaz em novembro de 2009. “À Procura de Eric” é um filme leve e divertido, que toca na questão social dos trabalhadores na Inglaterra. Mas posso falar? Mesmo que você odeie futebol e não tenha a menor ideia de quem é Eric Cantona ou de quantos títulos ingleses, europeus e mundiais o Manchester United conquistou, vale a pena experimentar. E se gostar de futebol inglês então… Continuar lendo “Eric Cantona em “À Procura de Eric”.”

“À Procura de Eric”

califórnia filmesSerá que o filme do inglês Ken Loach com hilária participação do Eric Cantona (também produtor executivo) conseguirá atrair um público que não tem a mínima ideia de quem foi o marrento jogador francês, ídolo do Manchester United na década de 90? Tomara! Vi A Procura de Eric na sessão de abertura da Mostra de Cinema de São Paulo, no Auditório Ibirapuera e gostei muito. Futebol, paixão pelo Manchester United (e até pelo FC United, dissidência do clube fundada por torcedores insatisfeitos com a venda do ManU para o investidor Malcolm Glazer), gols e lances bonitos de Cantona se encaixam -sem forçar a barra- no drama sobre o carteiro Eric, ainda apaixonado pela primeira mulher, e cria sozinho dois adolescentes. Claro, é torcedor fanático do Manchester United. Continuar lendo ““À Procura de Eric””

Gol da Mostra de Cinema

poster_MOSTRA 33 A 33ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começou com uma sessão só para convidados do filme “À Procura de Eric”, de Ken Loach, que tem o controverso ex-jogador francês Eric Cantona (fez fama com a camisa 7 vermelha do Manchester United) como ator, no papel dele mesmo. Mas não é documentário, não é um filme só sobre futebol, que entra como pano de fundo no drama do carteiro Eric, separado da mulher, que cria 2 adolescentes. Foi aplaudido na sessão de abertura. A Mostra traz, entre centenas de filmes, algumas películas que já mencionei aqui no Fut Pop Clube. A obra de Emir Kusturica sobre Maradona e os documentários O Poder do Soul/Soul Power e  A Todo Volume (It Might Get Loud) – com os heróis da guitarra Jimmy Page, The Edge e Jack White. Continuar lendo “Gol da Mostra de Cinema”

Cantona e Maradona na tela

maradona por kusturicaCargo de treinador da Argentina na gangorra nos próximos dias, que decidem as últimas vagas sul-americanas pra a Copa do Mundo  (diretas ou via repescagem). Como a vida de Maradona, personagem do filme de Emir Kusturica que passou no Festival do Rio e chega a outros cinemas em 20 de novembro, via Europa Filmes.

E se o Festival do Rio teve “Maradona”, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa com uma comédia dramática que tem o polêmico ex-jogador francês Looking for EricEric Cantona no papel dele mesmo. “À Procura de Eric (Looking for Eric)”, de Ken Loach. Será o filme de abertura da Mostra, daqui a duas semanas: 22 de outubro, no Auditório Ibirapuera. É uma ficção, onde um carteiro chamado Eric está com a vida toda ferrada e passa a receber conselhos do amigo imaginário: o xará Cantona, que vestiu a camisa 7 do Manchester United 184 vezes (a 1ª numa vitória contra o Manchester City em 92) e marcou 82 gols. O francês deve aparecer por aqui para a Mostra. Continuar lendo “Cantona e Maradona na tela”