Um 2 de outubro alvinegro

A foto – clássica, que acho que não posso reproduzir aqui – é uma das mais antigas lembranças da infância do boleirinho nerd e ruim de bola, de 7 anos, que começou a ler jornais devorando as páginas de esporte. A ponto de decorar, do goleiro ao ponta-esquerda, o time-base dos quatro maiores do futebol paulista, mais a Portuguesa (que naquele tempo brigava sempre pelos títulos estaduais) e o Guarani. A foto da perna quebrada do centroavante Mirandinha, numa partida do São Paulo contra o América, em São José do Rio Preto, é outra que não sai da retina.

O rei, vestido com uma não menos clássica camisa de listas brancas e pretas, está de braços abertos como o Cristo Redentor, e de joelhos se despede do gramado da Vila, de onde saiu para conquistar o planeta bola.

Estou falando desta foto aqui.

Em dois de outubro de 1974, esse rei, Pelé, se despediu da Vila Belmiro. Aquele Santos 2×0 Ponte Preta (que então usava uma camisa branca e calção preto) foi o último jogo oficial do atleta do século XX pelo Santos, numa partida de Campeonato Paulista, competição que conquistou 10 vezes ou com a camisa branca ou com essa maravilhosa camisa listrada, que hoje eu leio, ainda falta à coleção do Museu Pelé, Santos. 

https://www.facebook.com/santosfc
https://www.facebook.com/santosfc

Página dedicada a Pelé no site – todo remodelado – do Santos Futebol Clube: http://santosfc.com.br/pele/

O Rei merece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s