Elevador

Este slideshow necessita de JavaScript.


Foi dramática a última rodada da série B, na definição do campeão da Segundona e também da última vaga para a elite. Mesmo com a derrota para o Oeste de Itápolis, no interior de São Paulo, o Joinville conquistou o título. Campeão Brasileiro da série B 2014. É que a Ponte Preta mais uma vez “bateu na trave” e só empatou com o Náutico, na Arena Pernambuco. Um golzinho a mais e a Macaca finalmente conquistaria seu primeiro título. Mas o importante é o acesso, como no caso do gigante Vasco, que ficou apenas com o terceiro lugar. Hoje, perdeu pro Avaí, que começou a rodada em 6º e acabou em 4º, comemorando a volta à Série A depois de 3 temporadas. Joinville e Avaí vão fazer companhia ao Figueirense e o futebol catarinense pode ter quatro times na elite do Brasileirão em 2015, se a Chapecoense se segurar (o Criciúma já caiu).

América Mineiro, Boa Esporte e Atlético Goianiense ainda sonharam com o acesso na rodada. Quem sabe daqui a um ano? Continuar lendo “Elevador”

Catedrais da bola: Camp Nou.

Catedrais da bola: Camp Nou.
Impressionante o panorama do Camp Nou lotada durante o dia. FOTO Marta Becerra / FCB | www.fcbarcelona.com
FOTO Marta Becerra / FCB | http://www.fcbarcelona.com

Publicado em 29 de novembro de 2014, 115º aniversário do Barça

Verso de flâmula comemorativa dos 50 anos do Camp Nou, em 2007

Camp Nou – campo novo, em catalão-

A estátua do ídolo Kubala na frente do Camp Nou

foi desenhado pelos arquitetos Francesc Mitjans Miró e Josep Soteras Mauri, com colaboração de Lorenzo García – para substituir o velho campo de Les Corts, erguido em 1922 e sucessivamente ampliado, mas que ficou pequeno na era Kubala. O novo campo começou a ser construído em 1954 e ficou pronto em 1957. Foi inaugurado em 24 de setembro de 1957, num amistoso entre o Barça e uma seleção de jogadores de Varsóvia. Os donos da casa ganharam por 4 a 2 e o brasileiro Evaristo de Macedo fez um dos gols. A arena era oficialmente chamada de Estadi del FC Barcelona até a temporada 2000/2001 – quando, enfim, o nome mais querido pela torcida foi oficializado. É Camp Nou e pronto, ponto.
A capacidade atual do estádio é de 99.354 pessoas, segundo a página sobre o Camp Nou no site do Barça.

São dois
São dois “marcadores” (placares) como este do alto, atrás dos gols…
... e mais dois como este, nas laterais.
… e mais dois como este, nas laterais.

Metro: Linha 3. Estação: Les Corts.
O Camp Nou recebeu a abertura da Copa do Mundo de 1982 (veja post sobre o Mundial), a final do futebol nos Jogos Olímpicos de 1992, as finais da Copa / Liga dos Campeões da Europa em 89 e 99, da Recopa 72 e 82, Copa de Feiras de 64 e das Copas do Rei de 1963, 70 e 2010 (deu Sevilla).

Continuar lendo “Catedrais da bola: Camp Nou.”

O dia do fico

Tem um comercial de um fabricante de relógios que começa com uma atleta correndo e a narração. “Na teoria, você corre com as suas pernas”.
O plano seguinte é aberto, percebemos que ela usa próteses para correr, é uma paratleta. 
O narrador continua: “na teoria, você toca guitarra com os dedos”.
E a tela mostra Jimi Hendrix, o pai da matéria (né, Osmar?), mandando ver uma autêntica #fellatio nos lábios, digo, nas cordas de sua imortal Fender Stratocaster (veja aqui o comercial “Don’t Crack Under Pressure”).

Se o comercial tivesse sido feito aqui no Brasil, quem sabe se bolado pelo Rui Branquinho ou outro publicitário tricolor, bem que poderia continuar: “na teoria, o goleiro joga com as mãos”. E mostrar Rogério Ceni anotando um golaço de falta e/ou jogando com os pés, como um líbero.

O goleiro que joga tão (ou mais) com os pés quanto com as mãos (e olha que também ‘cata’ muito, como tem provado nesta temporada, aos 41 anos!) disse hoje ao povo que fica.

Menos de 48 horas depois da queda na semifinal da Copa Sul-Americana, numa bizarra decisão por pênaltis, em pleno Morumbi, diante do bom time do Atlético Nacional, da Colômbia, que decidirá a taça com o River Plate, Rogério renovou com o São Paulo até agosto de 2015.

Objetivo: aquele brilhante objeto do desejo dele, meu, seu… e vamos falar sério? De todo torcedor do Brasil e da América do Sul. La Copa Libertadores!

FONTE: http://saopaulofc.net/
FONTE: http://saopaulofc.net/

Contrato do líder renovado, o desafio do técnico Muricy e da diretoria do tricolor é reforçar o elenco – que em 2014 desperdiçou pontos quando não deveria e em 2015 não terá mais Kaká – para não repetir a sôfrega campanha da Libertadores 2013, quando quase foi eliminado na fase de grupos e deu azar de cair no mata-mata de novo com o Galo forte e vingador de Cuca, que seria o campeão.
Isso, pra avançar na copa… porque pra ganhar, vai ter que se reforçar muito bem e recuperar aquele espírito de 1992, 93 e 2005.

O goleiro-artilheiro tido como ‘fominha’ já mostrou que pode ser generoso, ao passar a faixa de capitão para outros jogadores… ao assumir a paternidade do Henrique, o filho fora do casamento…  Dito isso tudo, posso mandar um pedido pro Rogério: deixa o Denis jogar o Campeonato Paulista, vai! Continuar lendo “O dia do fico”

“40 Dias com a Campeã da Mundo: Histórias e Bastidores da Alemanha no Brasil”. É o livro de Gustavo Hofman.

 

Convites_40dias-01_web (2)Este foi pé quente! O jornalista Gustavo Hofman cobriu Die Nationalmannschaft no último Mundial para os canais ESPN. Agora, Hofman está lançando “40 Dias com a Campeã da Mundo: Histórias e Bastidores da Alemanha no Brasil” (Via Escrita, 136 páginas, R$ 35).  Uma espécie de diário de bordo da seleção alemã, da concentração, em Santa Cruz Cabrália, à grande final, no Maracanã.

Pelas contas do colecionador Domingos D’Angelo, já são 290 livros sobre futebol só neste ano de Copa do Mundo por aqui.

Confira quando e onde vão ser as noites de autógrafos de “40 Dias com a Campeã da Mundo”. Continuar lendo ““40 Dias com a Campeã da Mundo: Histórias e Bastidores da Alemanha no Brasil”. É o livro de Gustavo Hofman.”

Galo na cabeça

Atlético Mineiro
Flâmula do Clube Atlético Mineiro, campeão da Copa do Brasil 2014, em cima do arquirrival.

O Galo que garantiu boa parte da Copa nas viradas sobre o Corinthians e o Flamengo.

O legal é que a torcida do Cruzeiro saudou o seu time, que acaba de ser bicampeão brasileiro.

2014, ano do 1×7 no Mineirão (lavada tomada por uma seleção que ignorou destaques da Raposa e do Galo), ano de Minas no futebol do Brasil. Raposa bicampeã nacional. Galo campeão da Copa do Brasil pela primeira vez (também conquistou a Recopa sul-americana). Até o Tombense garantiu o título da Série D (quarta divisão) e o acesso  à Série C.
Abaixo, a lista dos campeões da Copa do Brasil.
Continuar lendo “Galo na cabeça”

Taca le PAUL… McCartney, #OutThere, Allianz Parque, #Sampa, 25/11/2014.

Taca le PAUL… McCartney, #OutThere, Allianz Parque, #Sampa, 25/11/2014.

O primeiro megashow… a primeira noite de rock and roll no novo estádio do Palmeiras, a arena Allianz Parque, diante de umas 45 mil pessoas.
Alto (não muito) e bom som. Bem equalizado, pelo menos lá na frente.
Precisa de um acordo com o Metrô, que fecha à meia noite.

Coluna de Música | J.R. Lima

Foto: MARCOS HERMES / divulgação Foto: MARCOS HERMES / divulgação

poster

Oito dias por semana, eu.. você… nós esperamos por este show. Tão ou mais esperado que a chuva que, enfim, desabou sobre “Sampa” e o moderno estádio do Palmeiras, que Paul McCartneyajudou a “batizar”, menos de uma semana depois da partida inaugural, em que o time da casa perdeu para o Sport Recife, por 2×0. É o Allianz Parque, mistura do nome da empresa que comprou os “naming rights” da mais nova arena do país e Parque Antarctica, nome original da praça de esportes que já foi chamada também de estádio Palestra Itália e já foi tema até de “graphic novel”. Local onde nomes como Legião Urbana, Metallica e Iron Maiden já deram show, além da duas versões da divinas Academias alviverdes e do esquadrão dos tempos em que o Palmeiras era patrocinado pela Parmalat. Tomara que muitos outros shows lotem esse estádio –…

Ver o post original 991 mais palavras

Flâmulas da rodada

DSC03268 Flâmula do Cruzeiro
Flâmula do Cruzeiro

Flâmula do Cruzeiro, justíssimo campeão brasileiro pelo segundo ano seguido, faltando ainda duas rodadas para o fim do BR 2014. Bi tetra. A Raposa ganhou a Taça Brasil de 1966 e o primeiro Brasileirão da era dos pontos corridos, em 2003. Ano em que ganhou a sua tríplice coroa. Estadual, Brasileirão e Copa do Brasil.

Para repetir a tríplice coroa também em 2014, o Cruzeiro precisa superar uma vantagem de 2×0 do arquirrival. Garantia de emoções na quarta-feira, no Mineirão, numa histórica final nacional entre os dois grandes de Minas. Uma final que valoriza o formato da Copa do Brasil. E que mostra que há espaço para os dois formatos. Brasileirão por pontos corridos e Copa do Brasil em sistema mata-mata.

Parabéns, Cruzeiro! Incrível a marca de Dagoberto, campeão brasileiro pela quinta vez. Primeiro, em 2001, pelo Atlético Paranaense. Depois, Dagol foi bicampeão pelo São Paulo, em 2007 e 2008, e agora bi pelo Cruzeiro.

Continuar lendo “Flâmulas da rodada”