image

image

BILBAO – No último domingo, conferi in loco a partida do meio-dia da liga espanhola: o Athletic venceu o Valencia por 1 a 0, golaço de Muniain, que acabou com uma longa seca de gols. Partidaça, muito bem disputada, com emoção e muitas chances de gol – desperdiçadas em parte por causa das atuações dos goleiros. O Athletic do Loco Bielsa começou bem, especialmente pela ponta esquerda, com Ibai Gómez. Aliás, na Europa se joga bastante pelas pontas. O que não é sinônimo de gols. No segundo tempo, o Valencia voltou bem melhor. E esteve perto de abrir o placar. Tanto que o goleiro do Athletic foi “o cara” da partida. O navarro Iraizoz, que andou sendo questionado e até barrado, fez várias ótimas defesas (só uma saída em falso). O próprio Bielsa reconheceu que o Valencia jogou melhor.
image

image

38 mil pessoas quase lotaram La Catedral, como o velho e belo estádio de San Mamés é chamado.
image

Chamou a atenção da imprensa basca a quantidade de crianças nesta partida do meio-dia – o que no Brasil é muito comum, inclusive em partidas noturnas. Por outro lado, na liga das estrelas se vê muitas senhoras nos estádios (no Brasil, se vê mulheres jovens nas arquibancadas). E a torcida, que participa e reclama bastante, me pareceu mais educada, pelo menos no setor em que fiquei, perto do campo e em frente ao marcante arco de San Mamés. “Fuera! Fuera!”, gritam para o árbitro, depois de uma decisão que favorece o visitante. No Brasil, seria o filho daquilo. E o jogador adversário é brindado com o coro de “tonto, tonto…”. Torcida que ajudou bastante o Athletic a aguentar a pressão depois de achar o gol. Comum ver casal de torcedores, um de cada time. Como o jovem casal que ficou atrás de mim na longa fila pra comprar ingresso, no sábado. Ele, Athletic. Ela, Valencia. Deu pra perceber que o uniforme 2 do Valencia – com as cores da senyera- caiu no gosto do clube levantino. Vestiam esse colorido uniforme os integrantes da “barra” do Valencia, que chegaram e ficaram cercados pela polícia basca o tempo todo, num canto do estádio. Enfim, “partidazo”. Excelente atmosfera para o futebol no centenário San Mamés, que verá sua última partida de liga em 29 de maio, contra um rival local do Valencia, o Levante. Um dia eu volto pra conhecer o novo San Mamés, que está sendo erguido ao lado.
image

Assim que possível, subo as fotos da partida que tirei com minha câmera, incompatível com a unidade volante do Fut Pop Clube, de onde vos digito.
image
image

Um comentário sobre “Hora do brunch: Athletic 1×0 Valencia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.