“O Dia do Galo”. Em cinemas de Minas Gerais – e estádios da América.

O Dia do Galo
“O Dia do Galo”: 4 de novembro de 2016, às 22h, Canal Brasil. facebook.com/odiadogalo

Estreou em BH, Contagem, Sete Lagoas, Uberlândia e Montes Claros, o filme O Dia do Galo, sobre a rotina de 10 atleticanos na conquista da Copa Libertadores atleticana. A de 2013. A do “Eu Acredito”. A do “caiu no Horto, tá morto”, embora no terreiro do Mineirão, o Galo também tenha feito milagres.
Confira o trailer dentro do post. Continuar lendo ““O Dia do Galo”. Em cinemas de Minas Gerais – e estádios da América.”

Galo sem Ronaldinho Gaúcho.

Poucos dias depois da conquista da Recopa Sul-Americana 2014, terminou o caso de amor entre Ronaldinho Gaúcho e o Atlético Mineiro.
Uma relação que deixou frutos. Campeão mineiro (2003), da Libertadores 2003, da Recopa. 28 gols em 88 jogos.

  • Escudo<OUT<: Ronaldinho Gaúcho, Fernandinho, Richarlyson, Neto Berola, Otamendi.
  • >IN>: Maicosuel
  • Estrelas da companhia: Victor, Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva, Diego Tardelli, Jô, Luan, Guilherme
  • Técnico: Levir Culpi
  • Estádio: o Galo manda seus jogos geralmente no Independência e ocasionalmente no Mineirão – caso das finais da Libertadores 13 e Recopa 14.
  • Uniformes: os autuais uniformes 1 e 2 foram lançados pela Puma em março.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo “Galo sem Ronaldinho Gaúcho.”

De 1 a 23, os números dos jogadores que tentam o hexa em casa.

ARTE Lais Sobral | www.flickr.com/photos/lais-sobral/
ARTE Lais Sobral | http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
  1. Jefferson (Botafogo)
  2. Daniel Alves (Barça)
  3. Thiago Silva (PSG)
  4. David Luiz (o zagueiro do Chelsea acertou com o PSG)
  5. Fernandinho (Manchester City)
  6. Marcelo (Real Madrid)
  7. Hulk (Zenit)
  8. Paulinho (Tottenham)
  9. Fred (Fluminense)
  10. Neymar (Barça)
  11. Oscar (Chelsea)
  12. Julio Cesar (Toronto)
  13. Dante (Bayern de Munique)
  14. Maxwell (PSG)
  15. Henrique (Napoli)
  16. Ramires (Chelsea)
  17. Luiz Gustavo (Wolfsburg)
  18. Hernanes (Internazionale)
  19. Willian (Chelsea)
  20. Bernard (Shakhtar)
  21. Jô (Atlético Mineiro)
  22. Victor (Atlético Mineiro)
  23. Maicon (Roma)

Continuar lendo “De 1 a 23, os números dos jogadores que tentam o hexa em casa.”

Victor, Victor, Victor!

Victor, herói da classificação atleticana para as semifinais da Libertadores FOTO  Bruno Cantini | http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/
Victor, herói da classificação atleticana para as semifinais da Libertadores FOTO Bruno Cantini http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/
A máscara é da franquia Pânico. Mas quem apavorou foi o goleiro com o prenome do Frankenstein: Victor. FOTO Bruno Cantini  http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/
A máscara é da franquia Pânico. Mas quem apavorou foi o goleiro com o prenome do Frankenstein: Victor. FOTO Bruno Cantini http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/

“Vencer, vencer, vencer, esse é o nosso ideal”, canta o hino do Atlético (veja mosaico da torcida na foto abaixo). “Victor, Victor, Victor”, podemos dizer hoje. A defesa que Victor Leandro Bagy fez aos pés de Piceño já tinha valido por um gol. O que dizer do pé (esquerdo) quente que impediu o gol de pênalti (mal cobrado) pelo ótimo Riascos? Se o Galo de Kalil, Cuca, Ronaldim, Réver, Jô, Tardelli, Bernard e cia for campeão da Libertadores pela primeira vez, esse moço de Santo Anastácio (extremo oeste de São Paulo), que começou no Paulista e defendeu o Grêmio por 4 anos, não pode ser esquecido. Herói! São Victor.

Mosaico da torcida do Galo. FOTO  Bruno Cantini | http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/
Mosaico da torcida do Galo. FOTO Bruno Cantini http://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/

Continuar lendo “Victor, Victor, Victor!”

Balanço do Brasileirão 09

Adriano: campeão, artilheiro, bola de prata e de ouro. FOTO Maurício Val VIPCOMM

O ano em que o Rio de Janeiro vibrou com a escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2016 terminou bem para o futebol carioca. Flamengo campeão da Série A. Vasco campeão da Série B. Fluminense (numa reação espectacular) e Botafogo de salvaram do rebaixamento. Só não é bom se acostumar a frequentar essa zona. Olha o caso do Náutico. Há anos, ficava no cai não cai. Em 2009 caiu. Com ele, o arquirrival Sport. Sinal amarelo para o futebol do Nordeste, com 2 dos 4 clubes rebaixados da Série A para a B. Dos 4 que sobem da Segundona, só o Ceará é do Nordeste (fará companhia ao Vitória). Acho que os clubes do Nordeste deveriam deixar as rivalidades um pouco de lado, se reunir e procurar soluções. Será que não valeria a pena voltar a ter uma Copa Nordeste, diminuindo o nº de datas dos estaduais? É só uma ideia, pessoal. Continuar lendo “Balanço do Brasileirão 09”