Alexia

fcbarcelona.com/football/feminine/women-a/
fcbarcelona.com/football/feminine/women-a/

A jovem catalã Alexia Putellas Segura, ainda vai fazer 22 anos agora em fevereiro de 2016, mas desde 2014 é a musa inspiradora de uma canção de um mega grupo brasileiro, o Skank. Já ouviu Alexia”, faixa que abre o álbum “Velocia”? É ela que o Samuel Rosa está, digamos, cantando. A letra fala de uma Barceloneta blaugrana (numa referência à praia mais conhecida da capital catalã) e narra, em bom português, um golaço de Alexia em 2013.

Capa da Revista Barça, janeiro de 20016 (reprodução)
Capa da Revista Barça, janeiro de 20016 (reprodução)

A lourinha que joga com a camisa 11 azul e grená agora saiu na capa da revista oficial do Barça, edição de janeiro de 2016, ao lado do Piqué. Infelizmente a revista é exclusiva dos sócios do clube (porque se vendesse por aí, seria show!). Esta edição mais recente, com Piqué e Alexia na capa, dedica páginas e mais páginas ao time feminino do Barça – que aliás é tetracampeão espanhol.

Dentro do post, confira uma performance do Skank tocando “Alexia” e o golaço da camisa 11, na final de 2013 da Copa de La Reina (versão da Copa do Rei pro futebol feminino). As garotas blaugranas venceram o Transportes Alcaine Prainsa Zaragoza, por quatro a zero.

Continuar lendo “Alexia”

Tecladista do Skank e jornalista lançam livro sobre o tri do Cruzeiro

Henrique Portugal, do Skank, e o jornalista Bruno Mateus, estão lançando “Tricampeão Brasileiro”. A sessão de autógrafos é nesta quinta-feira, 23 de janeiro, das 18h30 às 20h30, na loja do Cruzeiro ao lado da sede Barro Preto, em BH.

http://www.cruzeiro.com.br/
http://www.cruzeiro.com.br/

Continuar lendo “Tecladista do Skank e jornalista lançam livro sobre o tri do Cruzeiro”

O santo guerreiro do samba-rock

Coluna de Música + Fut Pop Clube
16

Este este este este este é/Zé Pretinho/ Zezé…

15219_366848486769850_857745890_nGostaria de aproveitar o dia de São Jorge, o santo guerreiro, padroeiro de tanta gente, de tantos times de futebol, para lembrar de um discão do Jorge Ben Jor, era Jorge Ben mesmo. “A Banda do Zé Pretinho” chegou para animar a festa em 1978 via Som Livre. Está fora de catálogo – meu exemplar é um LP de vinil, recentemente achado numa feirinha de discos em Sampa.
O álbum, que Ben dedica “ao mais Flamengo” e “ao mais anti-Flamengo”, está cheio de referências ao futebol, especialmente no lado A.
“Troca-Troca”, por exemplo, é uma canção sobre as trocas com que o ex-presidente do Fluminense, Francisco Horta, agitava o futebol carioca (“fez voltar ao Rio de Janeiro/a época de ouro da capital do futebol”). E de quebra, reforçava sem gastar nada a Máquina Tricolor na segunda metade dos anos 70.
O clássico “Cadê o Penalty” (aqui respeito a grafia inglesa do encarte) foi regravado pelo Skank, na sua estreia pelo selo Chaos/Sony Music, no começo dos anos 90.

Penalty, penalty, penalty, penalty, penalty/Cadê o penalty/que não deram pra gente/no primeiro tempo…

“Era uma Vez 13 Pontos” narra o destino que um trio de sortudos vai dar para o prêmio da loteria esportiva, fechando um irrepreensível lado a. Continuar lendo “O santo guerreiro do samba-rock”

Ao Vivo no Mineirão

Maraca sessentão, Morumba cinquentão, Mineirão 4.5 … Já vi nas lojas o CD duplo do Skank no Mineirão – da série Multishow Ao Vivo. O especial gravado no estádio que é orgulho do Skank, de atleticanos, americanos e cruzeirenses (e fez 45 anos em setembro) já passou no canal 42 do cabo. O DVD não demora. Coomo não demora pra rolar o clássico da MPB boleira: Continuar lendo “Ao Vivo no Mineirão”

“O distintivo na camisa do uniforme…”

Pego carona no clássico de Samuel Rosa e Nando Reis, É uma Partida de Futebol, do 3º CD do Skank, Samba Poconé, para abrir dois links para mais duas páginas interessantes para quem gosta de uniformes de futebol, em especial do Fluminense e do Palmeiras.   O site oficial do tricolor tem uma seção fartamente ilustrada com as camisas do Fluminense, de 1903 até o ano passado (dica veio por e-mail de um tio tricolor). Para os palmeirenses, reproduzo uma dica do Blog da Redação do UOL Esporte: é o Maglia Verde, publicado pelo alviverde Erick Magario, do… Japão!  Raridades que ajudam a contar a história visual do Verdão.
LINKS INTERESSANTES:
– Fluminense.com.br/Uniformes
– Maglia Verde
– Livro A História das Camisas dos 12 Maiores Times do Brasil
– site Minhas Camisas
– clip de É uma Partida de Futebol no site do Skank

Juan Pablo Sorín

sorín 1Títulos, bom futebol, raça, carisma e identificação com a camisa de um time. O ala argentino Sorín alcançou tudo isso em suas passagens pelo Cruzeiro. Por isso, a Raposa dá exemplo e vai fazer uma bela festa para a despedida do ídolo dos gramados. Quarta-feira que vem, 4 de novembro, o Mineirão recebe um amistoso entre Cruzeiro e Argentinos Juniors (primeiro clube/time de coração de Juampi), mais show do Skank e pelada entre artistas e celebridades. Continuar lendo “Juan Pablo Sorín”

Jogo rápido com o PVC.

Continuação da entrevista com o jornalista Paulo Vinicius Coelho, o PVC, autor dos livros Bola Fora, Os 50 Maiores Jogos das Copas do Mundo e Jornalismo Esportivo.

FUT POP CLUBE- PVC, como todo mundo que vai ao “Loucos por Futebol” participa do teste do produto com nome ligado ao futebol que o Marcelo Duarte encontra, quem visita o Fut Pop Clube tem que preencher uma fichinha. É jogo rápido.

livro do PVCAlgum jogo da Copa 2006 entraria numa nova edição do livro “Os 50 Maiores Jogos das Copas do Mundo”?

PVC –  Portugal 1 x 0 Holanda, por ser o jogo com maior número de cartões da história das Copas. E Itália 2 x 0 Alemanha, pela dramaticidade da prorrogação.

Qual o maior jogo que você já viu, ao vivo ou em vídeo?

PVC –  Puxa vida… O jogo do ladrilheiro, Flamengo 2 x 1 Vasco, em 1981, é um jogo fantástico na minha memória. Aí, revi. Foi ruim.

Acho que o maior jogo foi Itália 4 x 3 Alemanha, em 1970.

E QUAL FOI A MAIOR ATUAÇÃO DE UM JOGADOR PARA O PVC? FUTSAL OU SOCIETY, BOTÃO OU GAME, 3-5-2 OU 4-4-2, O QUE ELE PREFERE? E O FILME, A MÚSICA E O LIVRO SOBRE FUTEBOL PREFERIDOS PELO COMENTARISTA. CLIQUE AQUI>>>

Continuar lendo “Jogo rápido com o PVC.”