Lançamento: “Alex, a Biografia”.

Nesta terça-feira, o Alex que brilhou com as camisas do Coxa, do Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahçe ganha uma biografia, escrita por Marcos Eduardo Neves (biógrafo de Heleno de Freitas, Renato Gaúcho, Roberto Medina e Francisco Horta).

facebook.com/PlanetadeLivrosBrasil/
facebook.com/PlanetadeLivrosBrasil/

A tarde/noite de autógrafos em São Paulo é nesta terça, dia 10, a partir de 17h, na livraria Cultura do Conjunto Nacional. Continuar lendo “Lançamento: “Alex, a Biografia”.”

“Nunca Houve Um Homem Como Heleno”

A base do filme “Heleno” foi a biografia escrita pelo jornalista Marcos Eduardo Neves: “Nunca Houve um Homem Como Heleno” (agora pela Jorge Zahar), que descreve muito bem não só a glamourosa, atribulada e curta vida do temperamental craque, como o Rio de Janeiro dos anos 40, então capital federal. Continuar lendo ““Nunca Houve Um Homem Como Heleno””

Heleno de Freitas

Nunca-houve-um-homemO domingo em que foram lembrados os 50 anos da morte de Heleno de Freitas, craque nascido em Minas que virou celebridade no Rio, foi muito bom para os times cariocas. Bom, o Flamengo voltou do Mineirão com maiúsculos 3 pontos e está a apenas 2 do São Paulo,  líder pela 1ª vez em 2009.

Também se deram bem no fim de semana 3 times que Heleno de Freitas defendeu: Fluminense (mais uma vitória na tentativa de sair da “zona” 1 a o: sobre o vice-líder Palmeiras), Botafogo (importante vitória sobre o Coritiba, adversário direto lá embaixo) e Vasco (garantindo a volta à elite).

Sobre Heleno de Freitas, maldosamente chamado de “Gilda” por torcedores rivais, há uma biografia: “Nunca Houve um Homem como Heleno” (Ediouro), de Marcos Eduardo Neves. A partir desse livro, deve ser escrito o roteiro de um filme, com Rodrigo Santoro no papel de Heleno de Freitas e também produtor executivo. Vamos torcer para ver em breve a história do polêmico craque nas telas.