Flâmula do dia: Manchester City

Flâmula do dia: Manchester City
Flâmula com o escudo que o City usou entre 1997 e 2016.

Weaver, Crooks, Edghill, Wiekens, Morrison, Horlock, Brown, Whitley, Dickov, Goater, Cooke. Sob o comando do técnico Joe Royle, este foi o time do Manchester City há quase vinte anos, numa partida decisiva para sair do inferno da terceira divisão na temporada 1998-99 – a Division Two inglesa (a Premier League já era o topo da pirâmide lá, seguida pela First Division). Média de público dos sky blues ainda no velho estádio de Maine Road, na terceirona: 30 mil pessoas, segundo o site The Citizens Brasil. Ficou em terceiro… e chegou à final do play-off de acesso em Wembley contra o Gillingham, em 30 de maio de 1999. O Man City tomou dois gols depois dos 80 minutos. Diminuiu com Kevin Horlock a um minuto do fim,  empatou nos acréscimos com Paul Dickov e ganhou nos pênaltis, muito graças ao goleiro Nicky Weaver.
“Superbia in proelio” diz o mote em latim, no escudo usado entre 1997 e 2016 pelo City. Algo como “orgulho na batalha”.
Os anos 90 foram de sobe-e-desce pro lado azul de “Madchester”, enquanto o lado vermelho ganhava tudo.
O hoje bilionário City subiria de vez à Premier no final da temporada 2001/02.
Depois de dar a volta por cima, os blues de Manchester, que já tinham dois títulos ingleses de elite (1936/37 e 1967/68), ganhariam mais quatro: 2012, 2014, 2018 e agora em 2019. Esses dois últimos com o homem das oito ligas nacionais, Pep Guardiola, e compania bela.
Repare como a camisa dessa final de Wembley influenciou a camisa que o City usou ontem, na goleada sobre o Brighton, embora no away kit usado nesta campanha do bi o amarelo apareça em listras mais finas.

Segunda camisa do bicampeãọ: Man City Away Kit 18/19, via Nike.

Continuar lendo “Flâmula do dia: Manchester City”

Surpresa no Etihad Stadium: Manchester City 1×2 Basel.

Surpresa no Etihad Stadium: Manchester City 1×2 Basel.

Rolê do Fut Pop Clube 2018, matchday #4! Champions! Aliás, o tema da competição da Uefa foi vaiado aqui em Manchester.

WhatsApp Image 2018-03-08 at 07.11.56

O Manchester City passou para as quartas de final da Champions (pela segunda vez na história dos citizens), ao lado do Liverpool, Real Madrid e da Juve, que virou o mata-mata diante do Tottenham Hotspur, em pleno Wembley, depois de um primeiro tempo em que Buffon só não impediu o gol – mais um! – do habilidoso e veloz sul-coreano Son (veja post anterior). No quarto #matchday desta turnê do Fut Pop Clube pelas canchas da gringa, fui ao Etihad Stadium, em Manchester, para ver o City de Josep Guardiola jogar. E vi foi uma atuação guerreira do FC Basel, para honrar a linda camisa azul e vermelha do campeão suíço depois do 0x4 na Basileia. Claro, há que levar em consideração que Pep poupou meio time, do goleiro Ederson ao artilheiro Agüero, incluindo o cérebro do time, o belga De Bruyne.

Como em muitas das experiências anteriores em partidas de futebol no exterior, a gente fica com um olho no gramado e outro na arquibancada. E nesse quesito quem deu show também foi a torcida suíça. Espetáculo pirotécnico e 90 minutos cantando sem parar, mesmo quando o dono da casa abriu o placar.

Gol do brasileiro Gabriel Jesus – que lutou (e apanhou) 90 minutos.

Goleada à vista? Não foi isso que vimos. Vimos o campeão suíço jogando direitinho, com muita raça, e uma atuação decepcionante do líder do campeonato inglês. Empatou no primeiro tempo (Mohamed Elyounoussi, livre livre na área, quase um pênalti) e virou o segundo (Michael Lang, cara a cara com o portero chileno Bravo).

Continuar lendo “Surpresa no Etihad Stadium: Manchester City 1×2 Basel.”

… e o Man City foi o que mais gastou.

O bilionário Manchester City consumiu o equivalente a 213 milhões de euros (por exemplo, o Barça gastou 122) para aumentar ainda mais o brilho de sua ‘máquina’, sem falar na contratação do ‘piloto’ mais falado do mundo, o técnico catalão Pep Guardiola. Vai pegar fogo o Grupo C da Champions, onde o City vai pegar exatamente o Barça onde Pep surgiu pro mundo, o Celtic e o Borussia Monchengladbach.

Bravo! https://www.facebook.com/mancity
Bravo! https://www.facebook.com/mancity

IN> Claudio Bravo (goleiro bicampeão da Copa América pelo Chile, bicampeão espanhol e da Copa do Rei, em 2015 vencedor da Champions e Mundial pelo Barça). Quer saber exatamente por que Guardiola fez questão de contratar o goleiro chileno? Leia a detalhada reportagem de Adam Bate, Sky Sports. E mais, muito mais: John Stones (zagueiro, ex-Everton), Leroy Sané (ponta, ex-Schalke), Ilkay Gündogan (meio-campo, Alemanha, ex-Borussia Dortmund), Nolito (centroavante, seleção da Espanha, ex-Celta)
Na virada do ano novo, chega o ótimo atacante Gabriel Jesus, campeão olímpico, já comprado do Palmeiras. O City também contratou Marlos Moreno, campeão da Libertadores pelo Atlético Nacional, já emprestado ao Deportivo La Coruña e Oleksandr Zinchenko (Ufa), emprestado ao PSV.
< OUT : Joe Hart (emprestado ao Torino), Mangala (emprestado ao Valencia), Nasri (emprestado ao Sevilla), Wilfried Bony (emprestado ao Stoke).
Técnico: Pep Guardiola, o novo amigo do jovem torcedor citizen Braydon Bent. Vale ver a corrida no táxi do Pep…

Outras *** estrelas ***: Kompany, Zabaleta, Sterling, Agüero, Navas, DeBruyne, David Silva, Touré.

Brasileiros: Fernandinho e Fernando vão ter a companhia de Gabriel Jesus em 2017.

Elenco completo: Continuar lendo “… e o Man City foi o que mais gastou.”

E agora, Josep?

Quando a temporada 2016-17 começar, o Manchester City vai ter não só um novo escudo, como um novo técnico. E que técnico: Pep Guardiola, que está terminando seu contrato de três anos com o Bayern e já tinha anunciado que não renovaria com os bávaros. O “de Santpedor” era um sonho de consumo do rico time azul de Madchester faz tempo – lá estão camaradas de Guardiola nos tempos de Barça, o diretor executivo Ferran Soriano e o diretor de futebol Txiki Begiristain.

E vice-versa. Pep queria disputar a Premier League, assim como quer dirigir a seleção brasileira um dia.  O comunicado oficial foi divulgado nesta segunda-feira pelo City.
12640307_10156566532020455_4401052900183680722_o
Como fica o ânimo do técnico dos citizens, Manuel Pellegrini, o engenheiro, a partir de agora? E o Bayern? Seus jogadores, suas torcidas? Continuar lendo “E agora, Josep?”

Citizens do mundo

http://shop.mcfc.co.uk/

Flâmula do Manchester City, campeão da Copa da Liga Inglesa (a Capital One Cup 2013-14), ao vencer de virada o Sunderland por 3×1, no gigante de Wembley dividido em azul e vermelho. Nenhum dos jogadores do City que entraram no gramado sagrado é inglês – li isso no site da ESPN Brasil)… impressionante. #Citizens… cidadãos do mundo! Do técnico Manuel Pellegrini (chileno) e do capitão Kompany (belga) ao goleiro que atuou em Wembley, Pantilimon (romeno) à armada espanhola, que estava no banco: Jesús Navas, Javi García e Negredo. Continuar lendo “Citizens do mundo”