Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018

Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018

Foram dez jogos em cerca de 20 dias. Dez estádios diferentes, oito deles inéditos para o blog Fut Pop Clube. Abaixo, um resumo do #RolêDoFutPopClube, temporada 2018, por campos da Inglaterra e Espanha.

  • Tottenham Hotspur 2×0 Huddersfield Town FC, Wembley Stadium, 3 de março de 2018.

    Vitória do Tottenham em Wembley, 3 de março de 2018.

Conhecer Wembley era um sonho de muitos anos – infelizmente não visitei o estádio como era antes. A temporada inteira dos Spurs no estádio nacional da Inglaterra, casa oficial da seleção inglesa, proporcionou a oportunidade. Ok, não foi nenhum clássico, mas uma partida em que os lillywhites consolidaram a boa campanha na Premier League 2017-2018 com mais uma vitória, pela 29ª rodada. Fui pra ver Harry Kane e acabei assistindo ao sul-coreano Son brilhar, marcando os dois gols. Atmosfera muito bacana, que já começa no caminho entre a estação Wembley Park e o estádio. Tente resistir à oferta de programas, cachecóis, pins e até flâmulas nas bancas e mãos dos vendedores…

Wembley, 3/03/2018

O brasileiro Lucas Moura (São Paulo, PSG) entrou no final, puxou algumas bolas, mas não foi muito adiante em contra-ataques. 68.311 espectadores contribuíram para o belo espetáculo. Mais desse jogo no post anterior. Dias depois, os Spurs seriam eliminados da Champions pela Juve dentro de Wembley.

  • Crystal Palace 2×3 Manchester United, Selhurst Park, 5 de março de 2018
Selhurst Park, março de 2018.

Dois dias depois do jogo do Tottenham, ainda pela rodada 29 da Premier, FutPopClube foi ao sul de Londres numa segunda-feira à noite conhecer o estádio do Crystal Palace, numa partida emocionante contra o Man United, de José Mourinho. Vinte e oito mil pessoas no Selhurst Park, que é um alçapão – tive a sensação que aquilo é um barril de pólvora que pode explodir a qualquer momento. Panela de pressão total, tribunas grudadas no campo. Uma torcida participante o tempo todo empurrou o Palace, que abriu 2×0. Mas quando Mourinho mandou o United pra frente, no segundo tempo, o time da casa não resistiu. E perdeu de virada no finalzinho. Claro que a torcida do azul e vermelho do sul de Londres ficou p… da vida (o time vai lutar pra não cair), mas deu show a partida toda. Ouça um dos cantos:

Não sei se por ser um jogo contra o Manchester United, mas Selhurst Park confirmou todas as expectativas e até as superou. Um dos melhores ambientes futboleros encontrados nesta viagem, se não o melhor. Parabéns, Palace! Se cair, que volte logo. Mais neste post aqui.

Continuar lendo “Diário de bordo: giro do Fut Pop Clube em 2018”

Chelsea 2015-16. Rumo ao bi?

Chelsea 2015-16. Rumo ao bi?

Atualizado em 1º de setembro.

Depois de perder Drogba e Cech, o Chelsea, campeão inglês, anunciou outro grande reforço para tentar o bi inglês e a Champions de novo (pra quem acredita em superstição, voltou a ter um segundo uniforme branco). Pedro, ex-Barça. Lá, o rápido atacante entrava e correspondia, marcava gols importantes, como o que decidiu a Supercopa da Uefa, agora em agosto. O Chelsea está no grupo G da Champions, ao lado do Porto, Dynamo Kiev e do Maccabi Tel-Aviv.

Pedro deixa o Barça para trabalhar com Mouinho. IMAGEM: facebook.com/ChelseaFC
Pedro deixa o Barça para trabalhar com Mouinho. IMAGEM: facebook.com/ChelseaFC

11011782_10153575343922259_8168572666133639789_o

  • > Chegam > Pedro Rodriguez (atacante, Espanha, ex-Barça), Radamel Falcao Garcia (El Tigre, que estava no Man United, foi emprestado pelo Monaci, agora pro Chelsea),  Nathan (ex-Atlético Paranaense, emprestado pro Vitesse), Asmir Begović (goleiro, ex-Portsmouth), Danilo Pantić (comprado do Partizan e emprestado ao Vitesse), Abdul Rahman Baba (Augsburg), Papy Djilobodji (Nantes). Michael Hector foi comprado do Reading, mas continua por lá até a virada do ano.

//platform.twitter.com/widgets.js

  • < Saíram <: Cuadrado (emprestado à Juve), Petr Cech (foi pro Arsenal), Filipe Luís (voltou pro Atlético de Madrid), Drogba (Montreal Impact, da Major League Soccer), Kakuta (Sevilla), Josh McEachran (Brentford). Victor Moses foi emprestado ao West Ham. Dominic Solanke, Isaiah Brown e Lewis Baker foram emprestados para o Vitesse.  Tomáš Kalas foi emprestado ao Middlesbrough, Andreas Christensen pata o Borussia Mönchengladbach, Marco van Ginkel pro Stoke City. Christian Atsu pro Bournemouth. Mario Pašalić pro Monaco. Patrick Bamford para o Crystal Palace. O brasileiro Lucas Piazon (voltou do Eintracht Frankfurt e foi de novo emprestado ao Reading, da segunda divisão inglesa).
  • Outros brasileiros: Oscar, Ramires, Willian.
  • Outras estrelas (muitas): o ótimo goleiro Courtois, o capitão John Terry, Cahill,  Fàbregas, Hazard, o artilheiro Diego Costa (jogador de Seleção Espanhola nascido no Brasil), Matic, Azpilicueta, Cuadrado (pode sair) etc.
  • Técnico: the special one, José Mourinho.
  • O elenco dos blues, de 1 a 37:

1 – Asmir Begovic
2 – Branislav Ivanovic
4 – Cesc Fabregas
5 – Kurt Zouma
6 – Nathan Ake
7 – Ramires
8 – Oscar
9 – Radamel Falcao
10 – Eden Hazard
11 – Juan Cuadrado (emprestado à Juve)
12 – John Mikel Obi
13 – Thibaut Courtois
14 – Bertrand Traore

17 – Pedro
18 – Loic Remy
19 – Diego Costa
20 – Victor Moses (emprestado aos Hammers)
21 – Nemanja Matic
22 – Willian
24 – Gary Cahill
26 – John Terry
27 – Jamal Blackman
28 – Cesar Azpilicueta
29 – Nathaniel Chalobah
34 – Ola Aina
35 – Dominic Solanke
36 – Ruben Loftus-Cheek
37 – Jake Clarke-Salter

  • Uniformes: Adidas. Agora com novo patrocinador.

    Home kit: camiseta principal do Chelsea 15-16
    Home kit: camiseta principal do Chelsea 15-16
A segunda camisa do Chelsea para 2015-16. Branca como a do título europeu de 2012.
A segunda camisa do Chelsea para 2015-16. Branca como a do título europeu de 2012.

Continuar lendo “Chelsea 2015-16. Rumo ao bi?”