O Rio de papel e lápis – e futebol- de Cássio Loredano.

12246825_1166057730088483_2436995911566193362_n
Capa do catálogo da mostra, vendido na loja do IMS: http://lojadoims.com.br/ims/produto.cfm?id=35419

Uma passada para conhecer a sede do Instituto Moreira Salles, numa bela casa projetada por Olavo Redig de Campos e que tem jardins de Burle Marx, na Gávea, na zona sul do Rio, acabou virando uma espécie de rolê do Fut Pop Clube. Tive o prazer de visitar no comecinho de 2016 uma exposição que começou em agosto de 2015, quando a Cidade Maravilhosa fez 450 anos. “Rio, Papel e Lápis” traz o traço do caricaturista Cássio Loredano – que é torcedor do Vasco (na época da final do Brasileirão de 1974, um dos “únicos cruzmaltinos da Zona Sul”). Da sacada de um apartamento em Santa Teresa, viu o Maracanã lotado no dia da final entre Vasco e Cruzeiro (deu Vascão). “Deixamos uma vizinha Vila Isabel comemorando feérica e encontramos no Leblon um silêncio de cemitério”.

É uma exposição recomendada pra quem gosta da arquitetura do Rio – de prédios históricos que foram preservados, no meio dos espigões. São 61 desenhos, feitos por Cássio Loredano entre 2014 e 15 a partir de fotografias, e agora incorporados ao acervo do IMS (veja alguns desenhos aqui). Loredano caprichou nas fachadas das sedes do Fluminense, na rua Álvaro Chaves, do Botafogo (General Severiano), lado da avenida Venceslau Brás, e um tanto mais na do seu Vasco, em São Januário.
Também desenhou a fábrica de tecidos que deu origem ao Bangu Atlético Clube.
O caricaturista lembra que o alvirrubro chegou a usar a mesma marca da fábrica Bangu estampada no peito da camisa. Um pioneiro dos patrocínios nos uniformes.

A exposição foi prorrogada até abril. Vale conhecer!

Dentro do post, as informações do site do Instituto Moreira Salles. Continuar lendo “O Rio de papel e lápis – e futebol- de Cássio Loredano.”

Trilha sonora e quadrinhos para a grande final da Copa da Inglaterra

11214307_10152772550736502_4968279232694529883_n
facebook.com/TheFACup

A final da Copa da Inglaterra (FA Cup) fecha neste sábado a temporada 2014-15 do futebol inglês, já que no outro sábado a final da Champions terá Barça e Juve em Berlim. Arsenal e Aston Villa tem tudo para fazer uma decisão emocionante no imponente Wembley. O Arsenal do Nick Hornby ficou em 3º lugar na Premier League inglesa, se classificou novamente para Champions. O Aston Villa do Geezer Butler e pessoal do bom e velho Sabbath lutou bravamente para não cair – e conseguiu escapar, ufa! Como se não bastasse toda esse clima, a Football Association ainda aproveita para esquentar a final com um projeto chamado #FACupMusic. Sons novos das bandas Muse e Blur e do Leftfield vão estrear publicamente em Wembley. No sistema de som dessa catedral da bola e dos concertos, também vão rolar Noel Gallagher, Stereophonics, Mumford & Sons, Foo Fighters, Paul Weller, Imagine Dragons, The Vaccines, Simple Minds, Kaiser Chiefs etc. Calma gente, não é um festival. É só uma trilha sonora da final. E que trilha!

Lá fora, especialmente na Inglaterra, existem programas oficiais de cada jogo, revistas de diferentes formatos, tem gente que coleciona, que vende, revende, enfim, é um mercado. E a revista oficial da final Arsenal x Aston Villa tem a trajetória dos dois times para chegar à Wembley… em quadrinhos! Obra do ilustrador Stephen Gulbis (The Football Artist) que trabalha direto com futebol em HQs. Foi uma superdica da Trivela (leia aqui a reportagem). E o trabalho do Stephen Gulbis – espetacular – pode ser conhecido aqui, no site do artista.

Continuar lendo “Trilha sonora e quadrinhos para a grande final da Copa da Inglaterra”

Um poster reúne os ídolos de 85 anos de história do São Paulo.

http://pennarellodesign.com/
http://pennarellodesign.com/

Poster em homenagem ao São Paulo Futebol Clube,  num belo trabalho do designer James Campbell Taylor, da Pennarello Design. Imagens de ídolos da história do tricolor, desde o São Paulo da Floresta, fundado em 25 de janeiro de 1930, formam o mapa estilizado do estado de São Paulo (comum nas calçadas da capital).

São reverenciados no poster grandes nomes como Friedenreich, Leônidas, Zizinho, Gerson, Pablo Forlán, Pedro Rocha, Chicão, Waldir Peres, Dario Pereyra, Careca, Müller, Silas, Raí, Zetti, Kaká e, claro, Rogério Ceni. Ainda bem que de ídolos a história do São Paulo está cheia, porque os cartolas, ultimamente, dão vergonha!

O poster do São Paulo pode ser comprado neste link aqui, no site da Pennarello. O designer James Campbell Taylor é  inglês de Nottingham, viveu na Itália e hoje mora em Nova York. É fanático por futebol, sua história e coleciona uniformes “vintage” de clubes e seleções. Mantém um site muito bacana, o Shirt Tales, em que não só mostra as peças de sua coleção, como aos poucos vai acrescentando textos que contextualizam a história dos times e jogadores que vestiram os #mantos clássicos. James Taylor fez duas séries de ilustrações que já recomendamos aqui no blog: cartazes alternativos para todas as Copas e a série Long Play Football Club, onde imaginou capas super estilosas para discos imaginários de craques dos gramados.   Vale a pena conferir. Continuar lendo “Um poster reúne os ídolos de 85 anos de história do São Paulo.”

#LFCPostcards: designer cria cartões postais para cada jogo do Liverpool.

Publicado em 6 de janeiro de 2015

http://davewilldesign.com/
O capitão Gerrard, no cartão postal que Dave Will crou pra vitória do Liverpool contra o Ludogorets, campeão búlgaro, pela Champions 14-15: http://davewilldesign.com/

A ideia é muito bacana: resumir cada partida do Liverpool num cartão postal diferente. E a realização também: em cada arte, o designer gráfico Dave Will capricha como o capitão do Liverpool numa cobrança de falta. E o resultado é uma série de cards rica e bem variada, sempre com ilustrações e informações diferentes. Dave Will fez primeiro uma série de postais para toda a bela campanha do Liverpool na temporada 2013-2014, em que os Reds (ainda com o uruguaio Suárez) estiveram bem perto de reconquistar o título inglês. 38 jogos! Um lance altamente colecionável para os torcedores de carteirinha ou mesmo apenas simpatizantes do time, da Premier League e da arte ligada ao futebol! A jogada deu tão certo que Dave deixou de fazer os cartões só nas horas vagas, para se dedicar à sua própria empresa de design.


Na temporada 2014-2015, Dave Will continuou fazendo postais para os jogos do Liverpool tanto na Premier League como na Champions League.
O designer, que logicamente é torcedor do Liverpool desde criancinha, também fez trabalhos sobre o rival local dos Reds, o Everton.

Os cartões podem ser comprados em http://davewill.bigcartel.com/ . Alguns já estão esgotados!

O cartão preferido de Dave Will: Gerrard beiha a câmera depois da goleada contra o Man United : http://davewilldesign.com/
O cartão preferido de Dave Will: Gerrard beija a câmera depois da goleada contra o Man United : http://davewilldesign.com/

Num vídeo feito pelo LFC TV, canal de TV do Liverpool, Dave Will fala que o cartão postal que ele prefere é este daí de cima, o Gerrard de camisa branca beijando a câmera de TV, depois de marcar o 3º gol contra o Manchester United, na casa do grande rival, na temporada 13-14. Lembra da primeira vez que foi a Anfield, com a família. E diz que a grande influência para a série de cards foram posters de uma conhecida série de TV. Confira:
Continuar lendo “#LFCPostcards: designer cria cartões postais para cada jogo do Liverpool.”

Exposição virtual: 32 seleções, na arte de Lais Sobral.

Publicado em julho de 2014

Em meados de 2013, quando as seleções visitantes começaram a garantir suas classificações para o Mundial 2014 no Brasil, o Fut Pop Clube passou a publicar as ilustrações que a artistas plástica brasileira Lais Sobral criou, em homenagem a cada país participante. De junho de 2013 até a Copa, a artista inventou mascotes virtuais para todas as seleções. Foram 33 bichos, incluindo uma ilustração extra para a Colômbia. Só o leão com uma indomável juba que ela criou para a seleção de Camarões teve mais de 1.500 cliques, durante o ano.

Gostaria de agradecer publicamente à Lais Sobral, por emprestar sua arte para o Fut Pop Clube. Como comentou um repórter amigo, merecia uma exposição. Está aqui, pelo menos virtualmente. Super obrigado! Valeu muito!

Clique em qualquer imagem da galeria para ver a ilustração num tamanho maior.
Primeiro, os semifinalistas. Alemanha, Argentina, Holanda, Brasil.


Agora, quem chegou até as quartas de final. Colômbia, França, Costa Rica e Bélgica. Continuar lendo “Exposição virtual: 32 seleções, na arte de Lais Sobral.”

#FebreAmarela: a seleção da Colômbia contagia, mesmo sem “El Tigre”.

Ilustração da artista plástica brasileira Lais Sobral, especialmente para o blog Fut Pop Clube, em homenagem à seleção da Colômbia.

Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte: LAIS SOBRAL : https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

“El Tigre” é o apelido do atacante Falcao García, que lutou muito para se recuperar a tempo de disputar o Mundial no Brasil 2014. Infelizmente, não deu.

Imagine se tivesse dado tempo! A seleção “cafetera” (não se esqueça que a Colômbia é grande produtora  e exportadora de café) já está classificada para as oitavas de final.

A torcida de “Los Cafeteros” veio em peso ao Brasil. Umas 55 mil pessoas, amarelando estádios inteiros como o Mineirão e o Mané Garrincha, Tem até torcedor que usa um chapéu com um tigrinho, em reverência ao ídolo, que ficou fora da lista dos 23 na última hora, mas veio dar seu apoio aos colegas no Brasil.

A série de ilustrações da artista Lais Sobral sobre os 32 participantes da Copa já tinha terminado. Mas blogueiro tinha combinado com a artista que se Falcao García conseguisse se recuperar, ia encomendar uma segunda ilustração para a Colômbia, em homenagem a Falcao García. A torcida não funcionou, mas resolvi manter a encomenda assim mesmo.

Lembrando que o atacante colombiano tem Falcao no nome em homenagem ao brasileiro Paulo Roberto Falcão, que jogava muito no meio-campo.

E “El Tigre” também era o apelido de outro goleador, o brasileiro Arthur Friedenreich.

Então, seu Armando, podemos dizer que o colombiano tem nome e apelido de craque.
Continuar lendo “#FebreAmarela: a seleção da Colômbia contagia, mesmo sem “El Tigre”.”

Os cartazes alternativos que o designer James Taylor redesenhou para os Mundiais, de 1930 a 2014.

Publicado em junho de 2014

Brasil 1950, por James Taylor: http://pennarellodesign.com/
Brasil 1950, por James Taylor: http://pennarellodesign.com/
Brasil 2014, por James Taylor : http://pennarellodesign.com/
Brasil 2014, por James Taylor : http://pennarellodesign.com/

No começo deste ano de Mundial, o designer James Taylor – que já foi tema de post aqui no blog, quando desenhou capas de discos imaginários de superstars da bola – também bolou cartazes virtuais para todas as Copas do Mundo, do Uruguai 1930 ao Brasil 2014. Muito bons.

Veja no slide-show abaixo os pôsteres que James Taylor bolou para os anos em que o Brasil conquistou a taça do mundo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Também gostaria de destacar os virtuais cartazes do Mundial de 1938, na França… Continuar lendo “Os cartazes alternativos que o designer James Taylor redesenhou para os Mundiais, de 1930 a 2014.”