Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.

Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.
Aí, Steve Harris, o time de futebol do Iron Maiden poderia jogar com esse uniforme bolado pelo Matheus Viana…

A temporada 2017-18 do campeonato inglês começou com um jogão, sete gols, duas viradas: Arsenal 4×3 Leicester City. Aproveito a primeira rodada da Premier League da vida real para compartilhar um golaço do designer brasileiro Matheus de Souza Viana. Ele “viajou” (no bom sentido e entre aspas) criando camisas de futebol e distintivos para 20 bandas de rock inglesas, dos Beatles aos Arctic Monkeys. Saiu antes na página Idea Fixa (que me foi indicada pelo batera Vlad Rocha).

Pra começar, o designer botou uma coroa em forma de cabelo moicano, do leãozinho da Premier League, que você pode ver na imagem destacada, no alto deste post. E chegou a incluir nos “mantos sagrados” das sacrossantas bandas as marcas de fornecedores habituais de equipamento esportivo (adidas, Nike, Puma, Umbro) e até patrocinadores de peito, ligados a marcas de equipamentos musicais, como fabricantes de guitarras (Fender, Gibson, Rickenbacker, Epiphone). Demais! O campeonato de bandas imaginado pelo designer Matheus Viana tem muito classic rock entre os favoritos ao título: Beatles, Stones, Who, Queen…

Este slideshow necessita de JavaScript.

É um trabalho pessoal do Matheus Viana, um exercício criativo, sem patrocínios nem fins lucrativos, ou seja, não vão ser vendidas camisas com esse visual. Olha as ideias

A ideia é brincar com a hipótese de misturar o futebol e o rock’n’roll, pensando em como poderia ser o campeonato inglês de futebol se fosse disputado por bandas inglesas de rock”, explica o designer.

Então, vejam como seriam os visuais do triunvirato do rock pesado inglês do final dos 60 -Sabbath, Led, Purple- e o progressivo Pink Floyd, do Roger Waters, um fanático torcedor do Arsenal.

O Lemmy não estava nem aí para futebol, mas o pesado e rápido Motörhead também entra na liga virtual do Matheus Viana, além dos punk rockers do Clash (Joe Strummer é dos blues, torcedor do Chelsea) e dos Sex Pistols (John Lydon fanático gunner, Steve Jones e Paul Cook, também eram blues).

Será que nos estádios desse campeonato virtual, o fã-clube do Police adotaria “Every Breath You Take” como uma espécie de “You’ll Never Walk Alone”?

Home Kit imaginário do The Police, por Matheus Viana.

Repare nas mangas da imaginária camiseta do Joy Division – o designer Matheus Viana se inspirou na capa do discão “Unknown Pleasures”.

Mais ideias criativas dentro do post.

Continuar lendo “Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.”

Os novos uniformes do Chelsea e o Gorillaz de Damon Albarn, um Blur que é blue.

O atual campeão inglês também trocou de fornecedora. O Chelsea, que vestia adidas desde 2006, passa a usar Nike – corre que o acordo vale o dobro do que o de outro clube de Londres fisgado pela marca americana, o Tottenham Hotspur (veja post anterior). A campanha de lançamento dos uniformes 2017-18 do Chelsea teve jogadores blues como Hazard, Willian e David Luiz  e uma ajudinha do Gorillaz (o cantor Damon Albarn, também do Blur, é um fanático pelo Chelsea, o que pode ajudar a explicar um pouco daquela imensa rivalidade entre fãs de Marlene e Emilinha, digo, entre Blur e Oasis – os irmãos Gallagher são torcedores fanáticos do Manchester City).

Veja o vídeo de David Luiz “contracenando” com o 2D, o Damon Albarn do Gorillaz.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uniforme dois dentro do post:

Continuar lendo “Os novos uniformes do Chelsea e o Gorillaz de Damon Albarn, um Blur que é blue.”