Geração de ouro

Arte de Lais Sobral : http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Arte de Lais Sobral : http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

O futebol brasileiro também tem a aprender com o argentino. No plano tático, Pekerman, Bielsa (influência de Guardiola), Sampaoli, Sabella.

Na formação de jogadores. Mesmo com o êxodo de atletas, eles não param de revelar.

E no bom aproveitamento das revelações. Nove dos 23 jogadores da finalista do Mundial 2014 estavam na seleção alviceleste que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

  • Chiquito Romero, o goleiro que parou 2 pênaltis holandeses agora na semifinal.
  • Ezequiel Garay, o “Tamarista”
  • Pablo Zabaleta, o Zaba
  • Fernando Gago, o “Pintita” (boa pinta)
  • Javier Mascherano, o “Jefecito”.
  • Angel Di María, “El Fideo” (macarrão)
  • Sergio “Kun” Agüero
  • Ezequiel Lavezzi, “Pocho”
  • Lionel Messi, “La Pulga”

A semifinal das semifinais. 2002 contra 1978. Para não dar 1974 ou 1990 na cabeça.

10532561_603743519747011_5788764897780275249_n (2)Sessenta anos e um dia depois do Milagre de Berna, a vitória da Alemanha contra a Hungria favoritaça, no Mundial de 1964, na Suíça, por muito pouco não tivemos um Milagre de Salvador. A brava Costa Rica defendida por Navas resistiu 120 minutos à Laranja Mecânica de Robben, Van Persie, Sneijder e… Van Gaal! No finalzinho da prorrogação, o técnico Van Gaal substitui um goleiro por outro, só para a cobrança de pênaltis. Krul (goleiro do Newcastle), que já estava se aquecendo há um bom tempo, acertou os cantos e defendeu dois pênaltis. Van Gênio! Cillessen, goleiro do Ajax, parecia abatido. Mas saiu correndo para festejar quando a Costa Rica desperdiçou o pênalti decisivo.

Brasil x Alemanha, terça-feira, às 17h, no Mineirão. Um RT da final de 2002? Neymar fora. Mas, sim, nós podemos.

Argentina x Holanda, quarta-feira, às 17h, na Arena Corinthians. Revanche da final do polêmico Mundial de 1978? A Argentina não deve ter Di María, mas tem Messi, Higuaín (que fez uma partidaça hoje em Brasília), o papa Francisco e uma invasão azul e branca ao estádio alvinegro. E a Holanda terá o apoio da massa brasileira e o louco do Van Gaal no banco. Hoje ele ganhou.
A Alemanha já decidiu tanto contra a Holanda (1974) como contra a Argentina (1990, a pior de todas as Copas).
Tanto Brasil x Holanda como Brasil x Argentina seriam finais inéditas.
Gramde finais.
Por Neymar, vamos lá, vamos lá.

Ilustrações: Lais Sobral.

ARTE Lais Sobral | www.flickr.com/photos/lais-sobral/
ARTE Lais Sobral | http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Ilustração: LAIS SOBRAL www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Ilustração: LAIS SOBRAL http://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

Continuar lendo “A semifinal das semifinais. 2002 contra 1978. Para não dar 1974 ou 1990 na cabeça.”

Não tá fácil pra ninguém.

Raïs M’Bolhi, Mandi, Mostefa, Belkalem, Halliche (depois Bougherra),Ghoulam, Lacen, Feghouli, Taïder (depois Brahimi), Soudani (depois Djabou), Slimani. Esses argelinos seguraram a a toda poderosa Alemanha de Lahm, Schweinsteiger, Özil, Götze, Thomas Müller etc por pouco mais de 90 minutos. Se o goleiro Raïs M’Bolhi (que joga no CSKA Moscou) foi uma das ‘figuras’ da partidaça desta segunda-feira, o último da Copa no Beira-Rio, o “keeper” alemão, Manuel Neuer, só não fez defesa-escorpião. Porque jogar com os pés e com a cabeça o goleiro do Bayern jogou. Como um líbero de luvas. Goleiro-líbero! O 2×1 não diz o que foi esse jogo histórico, em que a Algéria poderia ter perfeitamente despachado a Alemanha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na galeria dos mascotinhos (copyright Lais Sobral) garantidos nas quartas de final, está o galo da França. Les Bleus tiveram dificuldades para romper a barreira Enyeama. A Nigéria só cedeu o segundo gol no finalzinho.

Vai ser um jogaço o de sexta-feira no Maracanã! Alemanha x França!

Quem sobreviver ao duelo europeu, enfrenta numa das semifinais o vencedor do confronto sul-americano, entre o Brasil, dono da casa que ainda precisa convencer, e a melhor Colômbia das Copas. Complicadíssimo.

Na outra chave, a Holanda que suou horrores para virar contra o México, pegará nas quartas de final a heroica Costa Rica. Sábado, em Salvador. Pelo menos é às 17h.

Argentina, Suíça, Bélgica e Estados Unidos disputam nesta terça-feira as últimas vagas nas quartas.

O blog aqui já achava que as oitavas seriam de enfartar, só não imaginava quanto… Continuar lendo “Não tá fácil pra ninguém.”

#Invasión argentina 2014

Maraca, 2013. FOTO @Futpopclube
Maraca, 2013. FOTO @Futpopclube

 

Poster oficial do Rio de Janeiro como cidade-sede
Poster oficial do Rio de Janeiro como cidade-sede

Mal comparando, e guardadas as proporções – até porque hoje a capacidade do Maraca hoje é bem menor – a invasão de torcedores da Argentina para ver a estreia de Messi neste templo do futebol e no Mundial 2014 lembra outra invasão, alvinegra, e paulista.
1976. 70 mil torcedores corintianos invadiram o Rio para ver a semifinal do Campeonato Brasileiro contra o Fluminense, que era uma máquina. O Corinthians (um time de operários, guerreiros, raçudos, nada galático) se classificou heroicamente para a final contra o forte Inter de Minelli, Falcão e cia, que acabou sendo bicampeão nacional.

2014. Argentinos invadem Copacabana, o Rio, e o novo Maracanã, na vitória por 2×1 sobre a Bósnia-Herzegovina. Um gol contra dos bósnios… um golaço aço aço de Messi… uma vacilada… 2×1. O jogo não foi aquela Brastemp, mas certamente este fim de semana será lembrado por milhares de argentinos até o fim dos tempos. Será que vira filme, camiseta, livro?

Marquise do Maracanã depois da reforma bilionária. Foto de 2013 do @Futpopclube
Cobertura do Maracanã depois da reforma bilionária. Foto de 2013 do @Futpopclube

Continuar lendo “#Invasión argentina 2014”

O mascotinho virtual bolado por Lais Sobral para a seleção mexicana.

Agora, esquenta. Começou a mania do álbum de figurinhas da Copa! Todo mundo quer colecionar, trocar, completar o álbum logo. Algumas lojas estão cheias de  roupas, quinquilharias e traquitanas verde-amarelas, inclusive caxirolas.

O Fut Pop Clube está quase completando a coleção. Calma, não o álbum da Panini. Mas a série de mascotinhos virtuais inventados pela artista plástica Lais Sobral em primeira mão aqui pro blog. A ilustração da semana é uma homenagem da artista ao México. Será que a seleção mexicana morde alguns pontos no grupo A, onde está o Brasil?

https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

Abaixo, uma galeria com as ilustrações que a Lais fez para o Brasil e os outros 7 campeões do mundo, reunidos pela primeira vez. Copa das Copas ou Copa do Caos?

  • A série completa pode ser vista aqui. Ou acolá.

Tabela do Grupo F: os jogos da Argentina, Bósnia, Nigéria e Irã.

A seleção da Argentina ficou num grupo com a Bósnia-Herzegovina, Irã e Nigéria. Estreia no Rio, volta para BH (onde deve ser a concentração alviceleste – oops!- na Cidade do Galo) e viaja a Porto Alegre, que certamente será invadida pelos “hermanos”.

  • Argentina x Bósnia-Herzegovina, 15/06, um domingo, às 19h, no novo Maracanã, no Rio de Janeiro.
  • Irã x Nigéria, 16/06, segunda-feira, às 16h, na Arena da Baixada, estádio do Atlético Paranaense, em  Curitiba.
  • Argentina x Irã, 21/06, um sábado, às 13h, no Mineirão, em Belo Horizonte.
  • Nigéria x Bósnia, também em 21/06, sábado, às 18h locais de Cuiabá (19h de Brasília), na Arena Pantanal.
  • Nigéria x Argentina, 25/06, uma quarta-feira, às 13h, no Beira-Rio, estádio do Internacional, Porto Alegre.
  • Bósnia x Irã, na mesma quarta 25/06 às 13h, no calor da Arena Fonte Nova, em Salvador.

Continuar lendo “Tabela do Grupo F: os jogos da Argentina, Bósnia, Nigéria e Irã.”

“El Burrito” Ortega. No traço de Lehel Kóvacs.

Ortega por Lehel Kóvacs - http://www.kolehel.com/ - especial para o @FutPopClube
Ortega por Lehel Kóvacs – http://www.kolehel.com/ – especial para o @FutPopClube

Começou o Torneio Inicial, uma espécie de primeiro turno do campeonato argentino. E um dos maiores ídolos dos “hermanos” nas últimas duas décadas não veste mais a camisa do River Plate nem de outro clube. Ariel Ortega, “El Burrito” Ortega, um driblador genial, se despediu oficialmente dos gramados em julho, diante de um  Monumental de Nuñez lotado e emocionado.

Orteguita é o tema da ilustração do designer gráfico romeno Lehel Kóvacs, feita especialmente para o blog Fut Pop Clube, depois da bela dica do Futebol de Campo. Continuar lendo ““El Burrito” Ortega. No traço de Lehel Kóvacs.”