De Springsteen a Aerosmith e Guns, os shows no Parque Antarctica e Allianz Parque.

facebook.com/colunademusica
facebook.com/colunademusica

Não é de hoje, com todo o conforto do Allianz Parque, que a praça de esportes mais antiga da capital paulista abre as portas para os shows. Em suas últimas três décadas, o Parque Antarctica – o simpático Palestra Itália – também recebeu muitos roqueiros e sambistas. Aproveito a segunda passagem dos americanos do Aerosmith pelo estádio do Palmeiras, a primeira na ‘era Allianz’, para uma relação (certamente não completa – correções são bem vindas) dos shows neste Parque do rock! Este post não seria possível sem a colaboração de Bruno Alexandre, que foi historiador do Palmeiras, e Fábio Finelli, da assessoria de imprensa Press FC. Grazie!

FEAR OF THE DARK: Bruce Dickinson ainda com cabelão no primeiro show do Iron Maiden no estádio do Palmeiras, em 1992. Foto de SERGIO CAFFÉ, especial para o fanzine HEADLINE | acervo do blog FutPopClube.
FEAR OF THE DARK: Bruce Dickinson ainda com cabelão no primeiro show do Iron Maiden no estádio do Palmeiras, em 1992. Foto de SERGIO CAFFÉ, especial para o fanzine HEADLINE | acervo do blog FutPopClube.

ERA PARQUE ANTARCTICA Continuar lendo “De Springsteen a Aerosmith e Guns, os shows no Parque Antarctica e Allianz Parque.”

Coluna de Música do Fut Pop Clube

Foto: The Ultimate Music
Foto: The Ultimate Music

Joey Belladona, o vocalista da banda Anthrax, que abre o show do Iron Maiden neste sábado, no Allianz Parque, ganhou uma camisa do time de futebol americano do Verdão, Palmeiras Locomotives. O pesadíssimo Anthrax é de Nova York e é contemporâneo da geração de bandas como Metallica, Slayer e Megadeth, com quem forma o Big 4 do thrash metal americano. Belladona, Scott Ian, Frank Bello, Charlie Benante e  Jon Donais estão na turnê do álbum For All Kings, o 11º da banda.

No  sábado, dia do show, o pessoal do Iron Maiden, headliner da noite de peso no estádio do Palmeiras, deve ganhar uma camisa do alviverde.

Continuar lendo “Anthrax alviverde”

São Prass

20151203_163402
Flâmula do Palmeiras, tricampeão da Copa do Brasil.

Ganhar um título com gol de goleiro, convertendo o último pênalti… um título como a Copa do Brasil… a terceira Copa do Brasil… a primeira conquista na nova casa. Fernando Prass já vinha se destacando na campanha palmeirense. Na decisão por pênaltis depois da segunda partida contra o Santos, que começou e terminou à toda, Prass foi herói. Defendeu uma cobrança e bateu muito bem o quinto pênalti do Palmeiras. Gol do título. Pra virar santo entre os alviverdes, não falta quase nada… Mosaico no Allianz Parque, já tinha antes do jogo final.

Parabéns ao Prass e a todos alviverdes. Parabéns, Marcelo Oliveira.

Abaixo, a lista dos campeões da Copa do Brasil.
Continuar lendo “São Prass”

Na rede: “Som das Torcidas”, primeira temporada.

O que Tim Maia (torcedor do América-Rio), o vascaíno Martinho da Vila, o flamenguista Ary Barroso, o Jack White do White Stripes e um sucesso de Bonnie Tyler têm a ver com os times da cidade de São Paulo? Músicas de artistas como esses (mais Luiz Gonzaga, Adoniran e até fado etc etc etc) foram adaptadas por torcidas paulistanas. A relação entre música popular e futebol, os hinos, os cantos,os mantras, as batidas das torcidas são assunto da série Som das Torcidas que depois de 70 podcasts chegou ao vídeo. bannermenor_SDT_estreia-730x360Cinco curtas sobre as torcidas de times paulistanos estão na primeira temporada do Som das Torcidas, que teve uma pré-estreia no CINEfoot e desde 1º de dezembro pode ser vista na íntegra no site do programa. O pessoal da Central3 começou a série visitando estádios e conversando com torcedores de Corinthians, Juventus, Palmeiras, Portuguesa e São Paulo para tratar da história, da origem e das referências das músicas cantadas nas arquibancadas. Bem legal o trabalho de pesquisa feito para os curtas por Leando Iamin, Matias Pinto e Paulo Júnior (Leandro e Paulo apresentam a versão em vídeo do Som das Torcidas). A direção dos 5 curtas é de Pedro Asbeg (premiado diretor de “Geraldinos”, “Democracia em Preto e Branco”). Que venham outras temporadas, em outras cidades, estados e, quem sabe, países!


Continuar lendo “Na rede: “Som das Torcidas”, primeira temporada.”

Uma grande decisão paulista na Copa do Brasil

Este slideshow necessita de JavaScript.

Palmeiras e Santos vão decidir a Copa do Brasil 2015, em 25 de novembro e 2 de dezembro. Sorteio da ordem do mando de campo nesta quinta-feira.

O Santos atropelou (6 a 2 no agregado) o bagunçado São Paulo, cheio de jovens na defesa, ex-atletas e jogadores que pensam jogar muito mais do que realmente jogam.

O Palmeiras avançou com emoção, nos pênaltis. O convertido por Zé Roberto no Maraca, o defendido por Prass e os desperdiçados pelo Flu no Allianz Parque. Continuar lendo “Uma grande decisão paulista na Copa do Brasil”

Parque do rock

12144821_976801659050056_4101267090093051607_nO Allianz Parque está virando mesmo um “parque do rock”. Ontem foi confirmado que o Flight 666, o avião do Iron Maiden, vai fazer uma escala em São Paulo. Em 26 de março do ano que vem, a Donzela de Ferro vai tocar pela terceira vez no estádio do Palmeiras – que agora é uma arena, assim, state of art. O Maiden esteve na versão anterior do estádio Palestra Itália (Parque Antarctica) em 1992 – excursão do discão Fear of the Dark – e em 2008, na primeira parada da ótima turnê Somewhere Back in Time.

Lembrando que o moderno Allianz Parque foi inaugurado por Sir Paul McCartney (torcedor do Everton? Ou Liverpool? Nevermind!), também já recebeu shows do vascaíno e palmeirense Roberto Carlos, do Rod Stewart (fanático pelo Celtic) e da Katy Perry e este ano vai receber ainda a banda Muse e o guitarrista David Gimour.

Todas as datas da turnê “The Book of Souls” no Brasil dentro do post. Continuar lendo “Parque do rock”

Álbum de figurinhas do Palmeiras

002762PBB_0
Saiu um álbum de figurinhas do Verdão: Palmeiras – Centenário de Glórias é um lançamento da Panini. São ao todo 400 cromos adesivos (100 metalizados ou em tecido) pra preencher o álbum de 66 páginas.

Caricatura de Julinho Botelho
Caricatura de Julinho Botelho

Palmeiras – Centenário de Glórias conta a fundação do Palestra, o primeiro campo, a primeira conquista e o primeiro gol. Inclui raridades como reproduções das primeiras carteirinhas de títulos de sócio.

Tem espaço para autógrafos e fotos que o colecionador quiser acrescentar e, entre as 100 figurinhas especiais, estão a do Time dos Sonhos: caricaturas de Marcos, Djalma Santos, Luiz Pereira, Waldemar Fiúme, Roberto Carlos, Dudu, Ademir da Guia, Jair Rosa Pinto, Heitor, Rivaldo e Julinho Botelho ( veja ao lado).

Timaço!
Timaço!

Um encarte duplo de seis páginas traz o índice da publicação em formato de linha do tempo, registrando no verso a evolução dos escudos do Palmeiras. E mais: tem a história do estádio desde seus primeiros tijolos até a reconstrução total inaugurada em 2014, os grandes goleiros, as estatísticas  e todas as camisas que fazem parte da história do time, além de uma página dedicada a artistas do cartum palmeirenses.marcos(1)
002762PBB_1

Pra quem gosta da história do futebol brasileiro e tiver paciência de colecionar figurinhas, vale a pena até se não torcer pro time.
A edição simples tem capas em acabamento especial dourado e verde metálico, com o escudo em alto relevo e inclui ainda um encarte especial duplo de seis páginas. Uma versão em capa dura já está disponível, com preço sugerido de R$ 36,90 em um kit incluindo 10 envelopes (50 figurinhas).

Continuar lendo “Álbum de figurinhas do Palmeiras”