De Springsteen a Aerosmith e Guns, os shows no Parque Antarctica e Allianz Parque.

facebook.com/colunademusica
facebook.com/colunademusica

Não é de hoje, com todo o conforto do Allianz Parque, que a praça de esportes mais antiga da capital paulista abre as portas para os shows. Em suas últimas três décadas, o Parque Antarctica – o simpático Palestra Itália – também recebeu muitos roqueiros e sambistas. Aproveito a segunda passagem dos americanos do Aerosmith pelo estádio do Palmeiras, a primeira na ‘era Allianz’, para uma relação (certamente não completa – correções são bem vindas) dos shows neste Parque do rock! Este post não seria possível sem a colaboração de Bruno Alexandre, que foi historiador do Palmeiras, e Fábio Finelli, da assessoria de imprensa Press FC. Grazie!

FEAR OF THE DARK: Bruce Dickinson ainda com cabelão no primeiro show do Iron Maiden no estádio do Palmeiras, em 1992. Foto de SERGIO CAFFÉ, especial para o fanzine HEADLINE | acervo do blog FutPopClube.
FEAR OF THE DARK: Bruce Dickinson ainda com cabelão no primeiro show do Iron Maiden no estádio do Palmeiras, em 1992. Foto de SERGIO CAFFÉ, especial para o fanzine HEADLINE | acervo do blog FutPopClube.

ERA PARQUE ANTARCTICA Continuar lendo “De Springsteen a Aerosmith e Guns, os shows no Parque Antarctica e Allianz Parque.”

Coluna de Música do Fut Pop Clube

Foto: The Ultimate Music
Foto: The Ultimate Music

Joey Belladona, o vocalista da banda Anthrax, que abre o show do Iron Maiden neste sábado, no Allianz Parque, ganhou uma camisa do time de futebol americano do Verdão, Palmeiras Locomotives. O pesadíssimo Anthrax é de Nova York e é contemporâneo da geração de bandas como Metallica, Slayer e Megadeth, com quem forma o Big 4 do thrash metal americano. Belladona, Scott Ian, Frank Bello, Charlie Benante e  Jon Donais estão na turnê do álbum For All Kings, o 11º da banda.

No  sábado, dia do show, o pessoal do Iron Maiden, headliner da noite de peso no estádio do Palmeiras, deve ganhar uma camisa do alviverde.

Continuar lendo “Anthrax alviverde”

São Prass

20151203_163402
Flâmula do Palmeiras, tricampeão da Copa do Brasil.

Ganhar um título com gol de goleiro, convertendo o último pênalti… um título como a Copa do Brasil… a terceira Copa do Brasil… a primeira conquista na nova casa. Fernando Prass já vinha se destacando na campanha palmeirense. Na decisão por pênaltis depois da segunda partida contra o Santos, que começou e terminou à toda, Prass foi herói. Defendeu uma cobrança e bateu muito bem o quinto pênalti do Palmeiras. Gol do título. Pra virar santo entre os alviverdes, não falta quase nada… Mosaico no Allianz Parque, já tinha antes do jogo final.

Parabéns ao Prass e a todos alviverdes. Parabéns, Marcelo Oliveira.

Abaixo, a lista dos campeões da Copa do Brasil.
Continuar lendo “São Prass”

Na rede: “Som das Torcidas”, primeira temporada.

O que Tim Maia (torcedor do América-Rio), o vascaíno Martinho da Vila, o flamenguista Ary Barroso, o Jack White do White Stripes e um sucesso de Bonnie Tyler têm a ver com os times da cidade de São Paulo? Músicas de artistas como esses (mais Luiz Gonzaga, Adoniran e até fado etc etc etc) foram adaptadas por torcidas paulistanas. A relação entre música popular e futebol, os hinos, os cantos,os mantras, as batidas das torcidas são assunto da série Som das Torcidas que depois de 70 podcasts chegou ao vídeo. bannermenor_SDT_estreia-730x360Cinco curtas sobre as torcidas de times paulistanos estão na primeira temporada do Som das Torcidas, que teve uma pré-estreia no CINEfoot e desde 1º de dezembro pode ser vista na íntegra no site do programa. O pessoal da Central3 começou a série visitando estádios e conversando com torcedores de Corinthians, Juventus, Palmeiras, Portuguesa e São Paulo para tratar da história, da origem e das referências das músicas cantadas nas arquibancadas. Bem legal o trabalho de pesquisa feito para os curtas por Leando Iamin, Matias Pinto e Paulo Júnior (Leandro e Paulo apresentam a versão em vídeo do Som das Torcidas). A direção dos 5 curtas é de Pedro Asbeg (premiado diretor de “Geraldinos”, “Democracia em Preto e Branco”). Que venham outras temporadas, em outras cidades, estados e, quem sabe, países!


Continuar lendo “Na rede: “Som das Torcidas”, primeira temporada.”

Uma grande decisão paulista na Copa do Brasil

Este slideshow necessita de JavaScript.

Palmeiras e Santos vão decidir a Copa do Brasil 2015, em 25 de novembro e 2 de dezembro. Sorteio da ordem do mando de campo nesta quinta-feira.

O Santos atropelou (6 a 2 no agregado) o bagunçado São Paulo, cheio de jovens na defesa, ex-atletas e jogadores que pensam jogar muito mais do que realmente jogam.

O Palmeiras avançou com emoção, nos pênaltis. O convertido por Zé Roberto no Maraca, o defendido por Prass e os desperdiçados pelo Flu no Allianz Parque. Continuar lendo “Uma grande decisão paulista na Copa do Brasil”

Parque do rock

12144821_976801659050056_4101267090093051607_nO Allianz Parque está virando mesmo um “parque do rock”. Ontem foi confirmado que o Flight 666, o avião do Iron Maiden, vai fazer uma escala em São Paulo. Em 26 de março do ano que vem, a Donzela de Ferro vai tocar pela terceira vez no estádio do Palmeiras – que agora é uma arena, assim, state of art. O Maiden esteve na versão anterior do estádio Palestra Itália (Parque Antarctica) em 1992 – excursão do discão Fear of the Dark – e em 2008, na primeira parada da ótima turnê Somewhere Back in Time.

Lembrando que o moderno Allianz Parque foi inaugurado por Sir Paul McCartney (torcedor do Everton? Ou Liverpool? Nevermind!), também já recebeu shows do vascaíno e palmeirense Roberto Carlos, do Rod Stewart (fanático pelo Celtic) e da Katy Perry e este ano vai receber ainda a banda Muse e o guitarrista David Gimour.

Todas as datas da turnê “The Book of Souls” no Brasil dentro do post. Continuar lendo “Parque do rock”

Álbum de figurinhas do Palmeiras

002762PBB_0
Saiu um álbum de figurinhas do Verdão: Palmeiras – Centenário de Glórias é um lançamento da Panini. São ao todo 400 cromos adesivos (100 metalizados ou em tecido) pra preencher o álbum de 66 páginas.

Caricatura de Julinho Botelho
Caricatura de Julinho Botelho

Palmeiras – Centenário de Glórias conta a fundação do Palestra, o primeiro campo, a primeira conquista e o primeiro gol. Inclui raridades como reproduções das primeiras carteirinhas de títulos de sócio.

Tem espaço para autógrafos e fotos que o colecionador quiser acrescentar e, entre as 100 figurinhas especiais, estão a do Time dos Sonhos: caricaturas de Marcos, Djalma Santos, Luiz Pereira, Waldemar Fiúme, Roberto Carlos, Dudu, Ademir da Guia, Jair Rosa Pinto, Heitor, Rivaldo e Julinho Botelho ( veja ao lado).

Timaço!
Timaço!

Um encarte duplo de seis páginas traz o índice da publicação em formato de linha do tempo, registrando no verso a evolução dos escudos do Palmeiras. E mais: tem a história do estádio desde seus primeiros tijolos até a reconstrução total inaugurada em 2014, os grandes goleiros, as estatísticas  e todas as camisas que fazem parte da história do time, além de uma página dedicada a artistas do cartum palmeirenses.marcos(1)
002762PBB_1

Pra quem gosta da história do futebol brasileiro e tiver paciência de colecionar figurinhas, vale a pena até se não torcer pro time.
A edição simples tem capas em acabamento especial dourado e verde metálico, com o escudo em alto relevo e inclui ainda um encarte especial duplo de seis páginas. Uma versão em capa dura já está disponível, com preço sugerido de R$ 36,90 em um kit incluindo 10 envelopes (50 figurinhas).

Continuar lendo “Álbum de figurinhas do Palmeiras”

Palmeiras 2015

facebook.com/sePalmeiras
facebook.com/sePalmeiras
  • Novidades > Marcelo Oliveira (técnico bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro). Alecsandro (o AlecGol, bom centroavante, estava no Flamengo).
  • < Saíram: Ayrton e Alan Patrick (Flamengo). Oswaldo de Oliveira (treinador).
  • Estrangeiros:  Valdívia, Cristaldo, Tobio, Allione, Mouche.
11430119_10153383859309467_6991432742589830709_o
facebook.com/sePalmeiras

Oito arenas brasileiras concorrem na votação do Stadium of the Year 2014

10842121_759810460767363_6304850053775481397_o
O site StadiumDB.com (Stadium DataBase) abriu na internet a votação do melhor estádio de 2014.

 

Entre os 32 indicados, há 8 brasileiros: seis inaugurados ou reabertos a tempo do Mundial 2014 (Arena Amazônia, Arena Corinthians, Arena da Baixada, Arena das Dunas, Arena Pantanal, Beira Rio) e mais o Allianz Parque e o estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES) – Paul McCartney fez shows nos dois últimos estádios.

O novo San Mamés – cartão postal de Bilbao – e o reformado Vélodrome, de Marselha, também estão na lista.

Já imagino que deve rolar um dérbi nessa votação…  que vai até 17 de fevereiro, Continuar lendo “Oito arenas brasileiras concorrem na votação do Stadium of the Year 2014”

Taca le PAUL… McCartney, #OutThere, Allianz Parque, #Sampa, 25/11/2014.

Taca le PAUL… McCartney, #OutThere, Allianz Parque, #Sampa, 25/11/2014.

O primeiro megashow… a primeira noite de rock and roll no novo estádio do Palmeiras, a arena Allianz Parque, diante de umas 45 mil pessoas.
Alto (não muito) e bom som. Bem equalizado, pelo menos lá na frente.
Precisa de um acordo com o Metrô, que fecha à meia noite.

Coluna de Música | J.R. Lima

Foto: MARCOS HERMES / divulgação Foto: MARCOS HERMES / divulgação

poster

Oito dias por semana, eu.. você… nós esperamos por este show. Tão ou mais esperado que a chuva que, enfim, desabou sobre “Sampa” e o moderno estádio do Palmeiras, que Paul McCartneyajudou a “batizar”, menos de uma semana depois da partida inaugural, em que o time da casa perdeu para o Sport Recife, por 2×0. É o Allianz Parque, mistura do nome da empresa que comprou os “naming rights” da mais nova arena do país e Parque Antarctica, nome original da praça de esportes que já foi chamada também de estádio Palestra Itália e já foi tema até de “graphic novel”. Local onde nomes como Legião Urbana, Metallica e Iron Maiden já deram show, além da duas versões da divinas Academias alviverdes e do esquadrão dos tempos em que o Palmeiras era patrocinado pela Parmalat. Tomara que muitos outros shows lotem esse estádio –…

Ver o post original 991 mais palavras