Campeões do CINEFoot 2011

“Apita o árbitro. Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo, torcida brasileira. Agueeenta coração”. Assim o saudoso locutor Fiori Gigliotti poderia narrar a abertura da “seleção paulista” do CineFoot, festival de cinema de futebol.

Nesta quinta, 2 de junho, a partir de 19h30, no Museu do Futebol, Pacaembu dois filmes sobre histórias de estádios: “Vivaldão, o Colosso do Norte”, sobre o Vivaldo Lima derrubado para a construção da arena da Copa, em Manaus, e uma pré-estreia de  “Primeiro Tempo”, etapa inicial do projeto Palestra Itália.doc (leia post anterior, com trailer).

Nesta sexta, 3/6, na mesma bat-hora, no mesmo bat-museu, o curta “Vila da Torres” e o longa “Soberano – Seis Vezes Campeão” (veja post anterior sobre a pré-estreia, em 2010). Programação completa aqui.

No “crepúsculo de jogo” na parte carioca do festival (no Rio, tem competição), foram anunciados os filmes vencedores. Na categoria longa-metragem, a Taça CineFoot foi para “Copa Vidigal”. Confira o trailer:


O curta-metragem que levou a Taça CineFoot para a Espanha foi “Porque Há Coisas que Nunca São Esquecidas (Porque Hay Cosas que Nunca se Olvidan)”, de Lucas Figueroa.
http://www.dailymotion.com/embed/video/xc11yq?width=320
Porque hay cosas que nunca se olvidan por laorilla 

E o vencedor do prêmio Porta-Curtas foi… “On Side”, de Jonas Amarante. Pode ser visto na íntegra aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.