Rodada Pelé. Ou rodada Obina?

Eis que o time em que Pelé adorava marcar gols se deu bem na rodada em homenagem ao rei do futebol, num domingão cheio de clássicos, aqui e lá fora. O Corinthians ganhou o derby paulistano, em tarde de Júlio César, que pegou até pensamento. O então líder Cruzeiro perdeu do Galo, em tarde/noite de Obina, que faz um hat-trick, triplete. Três vezes Obina. Mais um clássico com 4×3 no placar! Menos mal para o Fluminense, que poderia ter disparado, mas ainda conseguiu buscar o empate na Arena da Baixada, alçapão do Atlético Paranaense. Empate no Gre-Nal empatado. Derrota do São Paulo no Ceará (ver post anterior). Virada do Prudente sobre Santos, na Vila. Rodada corintiana. Mas como o Brasileirão 2010 equilibradíssimo se caracteriza por um perde-e-ganha danado, vamos ver com quantas cores se pintará a próxima rodada.

7x10. Selo comemorativo do aniversário do rei Pelé na camisa do Peixe. FOTO Ricardo Saibun FLICKR do Santos

Selo na camisa do Santos: 7×10. Boa! Por falar em 10, o que foi a goleada do PSV Eindhoven sobre o Feyenoord, no campeonato holandês? 10×0! Três gols do mineirinho Jonathan Reis, que ganha fotinho aqui no blog. Hat-trick de Jonathan Reis, triplete de Obina, o que dizer de Cristiano Ronaldo? Fez a quadra, no 6×1 do Real Madrid sobre o . Na Espanha, estão rebatizando CR de CR4…

  • Num clássico pela Premier League,  o Arsenal deu um chocolate no Manchester City, no estádio City of Manchester. 3×0. Impactante vitória fora de casa.
  • No sábado de Pelé 70, 7.0, 7×10… tive a oportunidade de ver alguns filmes/vídeos sobre o Rei.
  1. O Museu do Futebol começou a tarde exibindo Uma História de Futebol, sobre a infância do menino Dico. Emocionante.
  2. Depois, a “websérie” que promoveu o lançamento do livro Pelé 70– vários depoimentos sobre o Rei. Destaque para o episódio em que o jornalista Michel Laurence conta a história “O Autógrafo” (veja o vídeo aqui).
  3. Em seguida, devo confessar que me comovi ao ver na íntegra o institucional 1.284 – O Último Gol de Pelé. OK, já rola na internet antes da Copa 2010, parte da campanha da Vivo, patrocinadora da seleção, mas sei lá. Talçvez pela data, talvez por ver como num cinema. E é cinema, produção da )2 Filmes. Se ainda não viu esta ficção, veja aqui.
  4. Por último, um documentário feito antes da despedida do Santos. Isto É Pelé. Nos tempos de fitas VHS, foi um sucesso, mas vacilei e não comprei. Depoimento do Camisa 10 em pessoa, que até ensina a bater na bola e a cabecear, e muitos, muitos gols. Destaque para os preciosos lances das Copas de 58, 62, 66 e 70. Nem só de Pelé Eterno vive a cinematografia sobre o atleta do século.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.