Vida de Goleiro

ano-em-que-meus-pais-poster011O Ano em que Meus País Saíram de Férias faturou os prêmios de melhor filme pelo júri popular na Mostra e no Festival do Rio, em 2006.  Para mim, é um dos mais emocionantes filmes brasileiros recentes. E certamente uma das duas melhores ficções nacionais que abordam futebol, ao lado do primeiro Boleiros, do Giorgetti. O Ano em que Meus Pais quase se chamou Vida de Goleiro.
É que o menino Mauro (Michel Joelsas) jogava de goleiro nas peladas no Bom Retiro, bairro de judeus, italianos e outras comunidades em São Paulo, onde ele é deixado pelos pais, no período mais duro dos anos de chumbo. O ano é 1970. Tempos de Copa do Mundo no México, “Pra Frente Brasil”, “ame-o ou deixe-o”. Seleção = pátria em chuteiras. E que seleção foi aquela!  Vida de Goleiro, ou melhor, O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias é altamente recomendado pra quem gosta e pra quem odeia futebol. Destaque para a direção do elenco infanto-juvenil e de Germano Haiut como Shlomo.

LINKS:

Site do filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.